Domingo, 17.06.12

Ciclismo,  Rui Costa conquista a Suíça

O português Rui Costa (Movistar) venceu neste domingo a Volta à Suíça em bicicleta, depois de ter conseguido manter a curta vantagem de 14 segundos sobre o luxemburguês Frank Schleck para a nona e última etapa.


Na última tirada, que ligou Nafels a Sorenberg, numa distância de 216 quilómetros, com uma contagem de montanha de segunda categoria e outra especial, o mais rápido foi o estónio Tanel Kangert, que concluiu em 5:54.22 horas.

Kangert impôs-se ao Jérémy Roy e ao italiano Matteo Montaguti, segundo e terceiro, a 02 e 31 segundos, respectivamente.

Rui Costa terminou integrado no grupo de perseguidores, no qual também seguia Frank Schleck.

 

Noticia do Público



publicado por olhar para o mundo às 20:35 | link do post | comentar

Quinta-feira, 14.06.12

Lance Armstrong enfrenta novas acusações de doping nos EUA


O antigo ciclista norte-americano Lance Armstrong enfrenta novas acusações de doping nos Estados Unidos e poderá perder as sete vitórias consecutivas que obteve na Volta à França. Para já, Armstrong foi afastado das provas de triatlo, anunciou o próprio em comunicado.


Nas 15 páginas da acusação, a agência anti-doping dos Estados Unidos (USADA) alega ter amostras de sangue de Armstrong de 2009 e 2010 que “são consistentes com a manipulação de sangue, incluindo o uso de EPO [eritropoietina] e/ou transfusões de sangue”, adianta o jornal Washington Post, que revelou o caso.

As autoridades norte-americanas acreditam que Armstrong e cinco membros da sua equipa – três médicos, um treinador e um director – estão implicados num esquema de doping entre 1998 e 2011.

A consequência imediata destas acusações para Armstrong é a proibição de participar em competições de triatlo, desporto que pratica desde que se retirou do ciclismo profissional.

Em comunicado, o ex-ciclista garante que “nunca se dopou”. “Completei 25 anos de carreira como atleta sem nenhuma mancha, passei mais de 500 testes anti-doping e nunca falhei um”, alega.

Armstrong critica a falta de imparcialidade da USADA, considerando que as acusações “não têm base” e são motivadas por testemunhas compradas por promessas de imunidade e anonimato.

Em Fevereiro, o Ministério Público de Los Angeles encerrou, sem qualquer acusação, uma investigação de dois anos contra Armstrong por suspeitas de doping.

Lance Armstrong é o único ciclista a conquistar sete vezes a Volta à França, feito conseguido entre 1999 e 2005. Conseguiu-o depois de sobreviver a um cancro nos testículos, diagnosticado em Outubro de 1996. O tratamento incluiu operações ao cérebro, visto que a doença se tinha espalhado em metástases ao cérebro e aos pulmões.

Em Julho de 2005, o ciclista anunciou um ponto final na carreira, mas acabaria por regressar em 2009 – um regresso explicado pelo atleta com a vontade de espalhar a mensagem da fundação que criou, a Livestrong, e que se empenha na luta contra o cancro.

Entre outras provas, voltou ao Tour de França, com a equipa Astana. Ficou em terceiro lugar da geral, atrás do colega de equipa e vencedor Alberto Contador, o espanhol que já em 2012 acabou por perder os títulos das voltas à França e à Itália, também devido a acusações de doping.

 

Noticia do Público

 



publicado por olhar para o mundo às 08:42 | link do post | comentar

Terça-feira, 07.02.12

Contador: “Vou continuar no ciclismo de forma limpa, como sempre”

Suspenso por dois anos pelo Tribunal Arbitral do Desporto, o ciclista espanhol garantiu que não pensa abandonar o ciclismo e reafirmou que está convicto da sua inocência.


“Vou continuar plenamente no ciclismo. Vou continuar a praticá-lo de uma forma limpa, como fiz toda a minha vida”, garantiu Alberto Contador em conferência de imprensa realizada nesta terça-feira em Madrid. O ciclista espanhol reagiu assim à sentença do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), que o condenou a dois anos de suspensão por um controlo antidoping positivo por clembuterol na Volta a França de 2010

Contador confessou sentir uma “desilusão enorme”. “Há um ano e meio que começou isto e não há um dia que não me levante e questione como posso encontrar-me nesta situação. Não o desejo a ninguém”, disse o ciclista espanhol, descrevendo como “um calvário” este ano e meio que levou à espera de uma sentença.

O ciclista espanhol, único corredor em actividade que já ganhou as três grandes corridas velocipédicas (Tour 2007, Tour 2009 e Tour 2010; Giro 2008 e Giro 2011; Vuelta 2008) manifestou “total desacordo” com a sentença do TAD e disse “não poder entender” o castigo que lhe foi aplicado.

“Com a sentença na mão, o sentimento claro com que fico é de inocência, de que não tomei doping”, vincou Alberto Contador. “Estes processos não se podem arrastar tanto tempo. Para bem do ciclismo e do desporto, que a justiça funcione mais rápido”, acrescentou o ciclista espanhol, que cumprirá suspensão até dia 5 de Agosto.

“Não sei como o meu corpo vai responder a todo o stress a que fui submetido durante este tempo”, apontou Contador, que mantém a vontade de continuar no ciclismo ao mais alto nível. “É verdade que em Agosto termina a suspensão, mas tenho de analisar tudo, organizar-me. O meu futuro não depende só de mim. Quando voltar [ao activo] é claro que gostaria de disputar as melhores provas”, frisou.

Contador reforçou ainda que vai “continuar a lutar até ao final” e não descartou a possibilidade de recorrer da decisão do TAD na justiça civil. “Algo está errado na legislação antidoping”, continuou o ciclista espanhol, que quer continuar na SaxoBank quando terminar o castigo: “Será a minha primeira opção”, garantiu.

Ao lado de Contador na conferência de imprensa esteve o director desportivo da SaxoBank, Bjarne Riis. “Quando o Alberto está impedido de andar de bicicleta, o contrato não pode continuar. Isso é óbvio”, apontou o dirigente, que no entanto sublinhou a vontade de continuar a contar com o ciclista espanhol: “Como equipa continuamos a apoiar o Alberto. Ainda falta muito tempo para Agosto. Temos de nos sentar e falar sobre o futuro. Se ele tiver vontade de continuar na equipa só posso dizer que a minha intenção será a mesma, terei todo o prazer em continuar com ele na equipa”.

 

Via Público

 



publicado por olhar para o mundo às 20:03 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Segunda-feira, 06.02.12

Contador condenado e sem os títulos do Tour e Giro

O ciclista espanhol Alberto Contador foi nesta segunda-feira suspenso por dois anos pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), revela a agência AFP.


Contador foi condenado pelo controlo antidoping positivo por clembuterol na Volta a França de 2010, perdendo ainda o título conquistado nesse Tour de 2010 e ainda na Volta a Itália de 2011.

O único corredor em actividade que já ganhou as três grandes corridas velocipédicas (Tour 2007, Tour 2009 e Tour 2010, Giro 2008 e Giro 2011, Vuelta 2008) alegou ter sido vítima de uma contaminação alimentar aquando da sua terceira vitória na “Grande Boucle”.

O castigo tem em conta o período em que o ciclista esteve suspenso preventivamente (entre Agosto de 2010 e Fevereiro de 2011) e tem carácter retroactivo desde que começou o processo (25 de Janeiro de 2011) - por isso, segundo a AFP, o espanhol poderá voltar a correr no dia 6 de Agosto de 2012, o que, no entanto, o impede de participar no Tour de França deste ano e os Jogos Olímpicos de Londres.

A decisão do TAD aparece 565 dias depois do controlo positivo. A acusação (UCI e AMA) tinha solicitado para Contador o castigo máximo, dois anos de suspensão, e a anulação de todos os seus resultados desde que o dia em que acusou positivo a 21 de Julho de 2010.

Neste processo, Contador recorreu aos melhores peritos em recursos do TAD para o assessorarem juridicamente. Segundo o “El Mundo”, citando fontes próximas do ciclista, o espanhol já terá gastado perto de um milhão de euros para tentar limpar a sua imagem. 

Contador tem agora 30 dias para apelar desta decisão para um tribunal federal suíço, mas o recurso não tem efeitos suspensivos.

Esta suspensão significa também que o ciclista espanhol não participará na Volta ao Algarve deste ano, entre 15 e 19 deste mês.

 

Vía Público



publicado por olhar para o mundo às 13:33 | link do post | comentar | ver comentários (1)

mais sobre mim
posts recentes

Ciclismo, Rui Costa conq...

Lance Armstrong enfrenta ...

Contador: “Vou continuar ...

Contador condenado por Do...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags



comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Posts mais comentados
links


blogs SAPO
subscrever feeds