Terça-feira, 10 de Maio de 2011
Conhecer o seu corpo é essencial para chegar ao orgasmo
Não reprimir desejos e manter um diálogo aberto com o parceiro são outros requisitos fundamentais para o sucesso da vida sexual
Desde que sutiãs foram queimados em praça pública, o Ponto G passou a ser estudado como parte da anatomia feminina e as mulheres conquistaram sua tão sonhada autonomia. Seu lugar na cama passou a ser questionado assim como o papel do orgasmo. Mas depois dessas revoluções sexuais, chegou a hora de promover algumas evoluções mais pessoais. Como por exemplo, conhecer tão bem a si mesma a ponto de saber o que realmente proporciona prazer, além dos rótulos, das medidas e das posições pré-estabelecidas. O orgasmo não precisa mais ser a linha de chegada de uma relação sexual. Você já pode fazer dele a sua linha de partida e ser feliz também na vida íntima. 

Do ponto de vista físico, para que o orgasmo aconteça é preciso que se cumpram alguns pré-requisitos. "O orgasmo é uma reação do sistema nervoso parassimpático aos estímulos provenientes dos órgãos genitais. Para produzir essa descarga nervosa, o estímulo genital, acompanhado com estímulo visual e imaginação são suficientes no sexo solitário. No sexo a dois, a mulher precisa estar envolvida com o parceiro ou a parceira para que possa relaxar e desfrutar o prazer dos contatos", explica o médico e terapeuta Eduardo Navarro. 

Mas buscar mecanicamente estes movimentos e estímulos físicos pode ser tão antirromântico (e antiprodutivo) que mesmo se observando todos os passos na direção do orgasmo ele acaba não acontecendo. O ideal é que a estimulação dos sentidos aconteça naturalmente pelo desejo de um em relação ao outro. 

Um estudo feito pelo Projeto Sexualidade da Universidade de São Paulo (ProSex - USP) identificou que 50% das mulheres brasileiras não estão satisfeitas com sua vida sexual. A psicoterapeuta e sexóloga Magda Gazzi tem orientado muitas mulheres em seus anos de trabalho a mudar este quadro. Segundo ela, não chegar ao orgasmo pode significar alguns problemas e é sempre bom investigar. 

"Uma relação sexual mal sucedida pode representar problemas como depressão, ansiedade, estresse, hipertensão, diabetes, doenças cardíacas, neurológicas ou endócrinas", afirma a sexóloga. 

Para Magda Gazzi, em primeiro lugar vale tentar a boa e velha 'discussão da relação'. "É importante também que os homens entendam que a resposta sexual das mulheres é mais lenta que a deles, que a pressa não é aconselhada e as preliminares são indispensáveis", ressalta. 

Buscar a satisfação sexual é investir na qualidade do seu relacionamento. Conheça atitudes que você pode incorporar no seu dia a dia: 

 Conheça o seu corpo como ninguém: saiba quais são as partes que você gosta de ser tocada, permita que seu corpo seja um instrumento de prazer para você mesma; 

 Pratique exercícios físicos: sinta-se bem fisicamente, faça a energia fluir, sinta-se atraente e aproveite para cultivar os músculos responsáveis pelo orgasmo; 

 Comunique-se durante a relação: diga o que você quer, como você gosta, pergunte como ele se sente quando lhe toca; 

 Invista nas preliminares: seja criativa, reinvente a si mesma enquanto provoca o seu parceiro com uma brincadeira nova. 

"O principal remédio para os problemas sexuais ainda é a discussão franca, aberta e sem preconceitos", destaca Magda. Assim, todos os jogos de sedução, a preocupação em criar um ambiente com velas, luzes, aromas, roupas e trilhas sonoras, tudo continua valendo como potencializadores de uma vontade que já deve estar lá - não dá para forçar - e é por ela que você deve procurar. 

Quando a sua performance na cama passa a ser um reflexo do que você e o seu parceiro estão sentindo, naturalmente o prazer vai te conduzir até o orgasmo. 
Via Bonde


publicado por olhar para o mundo às 21:06 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Morreu Eusébio

Unesco consagra Dieta Med...

Morreu Nelson Mandela: A ...

Alejandro Sanz: 'A música...

Dulce Félix vice-campeã e...

Teatro, Festival de Almad...

Festim recebe Kimmo Pohjo...

Curta portuguesa entre as...

ARRISCA DEZ ANOS DE PRISÃ...

Maioria das mulheres alem...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Posts mais comentados
links
blogs SAPO
subscrever feeds