Quinta-feira, 26 de Maio de 2011

 

Teatro

 

"Marcha dos Ordenanças" lembra invasões francesas em Alpedrinha

 

A 29 de Maio de 2011 realiza-se em Alpedrinha, numa iniciativa do Teatro Clube de Alpedrinha, a "Marcha das Ordenanças" uma reconstituição dramática da chacina de que foram vítimas os habitantes desta terra quando invadidos pelas tropas francesas.  

Esta evocação histórica transformada em Marcha lembra a derrota sofrida pelos franceses a 01 de Fevereiro de 1811 , qundo form violentamente atacados na Serra da Maunça.

Dizem documentos históricos que "O General francês Maximilien Foy que se dirigia de Salamanca para Santarém, para se unir às tropas do General André Masséna, ao percorrer a Estrada Real ou Nova, que ligava a Enxabarda (Fundão) a Cardigos (Mação), é atacado por oitenta ordenanças de Alpedrinha, que sob o comando do Tenente-Coronel J.Grant, apoiados pelo povo das terras da Serra da Maúnça provocaram uma enorme mortante no exército francês".

Face a isto transcrevem-se as missivas do comandante inglês que relatam os violentos combates mas nunca falam da intervenção popular. Mas a tradição oral é mais forte e nada foi esquecido.

"Sede servido referir a S. Exa. o Comandante em Chefe, que ontem uma coluna do inimigo debaixo do comando do General Foy, consistindo em 3 mil cavalos e infantes, de Ciudad Rodrigo passou pela estrada nova, para se unir a Massena. Pernoitou aos 31 em Alcaria, junto ao Fundão. No primeiro deste mês tomei posto em um outeiro junto a esta aldeia, por onde o inimigo devia passar, tendo comigo oitenta ordenanças de Alpedrinha; fez-se-lhe um em dirigido fogo por duas horas, e terminou somente com a noite: o resultado foi, dezoito mortos na estrada, grande número de feridos e dez prisioneiros; vários dos feridos acharam-se mortos esta manhã, pela extrema inclemência do tempo: também se tomaram diversos carros de trigo, e considerável número de bois. Tendo mandado partidas para picar a frente e a rectaguarda do inimigo, tenho razão para pensar que ele deve ter sofrido consideravelmente antes de deixar a estrada nova; nós só perdemos somente um homem, com poucos cavalos feridos, entre eles o meu". 
  
Esta é a Carta do Tenente-Coronel J. Grant, dirigida da Enxabarda ao Coronel D´Urban, em 2 de Fevereiro de 1811

Certo é que o general Foy (Maximilien Sébastien Foy) quando a 5 de Fevereiro se reuniu a André Masséna, chegou com 1800 homens, e ordens para retirar de Portugal.

É este episódio da História de Portugal que será recordado a 29 de Maio numa encenação do Ordenanças de Alpedrinha.

 

Via Hard Musica



publicado por olhar para o mundo às 10:29 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Morreu Eusébio

Unesco consagra Dieta Med...

Morreu Nelson Mandela: A ...

Alejandro Sanz: 'A música...

Dulce Félix vice-campeã e...

Teatro, Festival de Almad...

Festim recebe Kimmo Pohjo...

Curta portuguesa entre as...

ARRISCA DEZ ANOS DE PRISÃ...

Maioria das mulheres alem...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Posts mais comentados
links
blogs SAPO
subscrever feeds

Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: