Segunda-feira, 5 de Dezembro de 2011
A proposta é de vacinar as crianças três meses mais cedo que actualmente
A proposta é de vacinar as crianças três meses mais cedo que actualmente (Paulo Ricca)
A Direcção-Geral de Saúde (DGS) quer que a primeira dose da vacina contra o sarampo seja antecipada para os 12 meses de idade, já a partir de Janeiro.

Efectuada ao Ministério da Saúde na semana passada, esta proposta já estava planeada mas avançou agora também por causa do alerta da Organização Mundial de Saúde (OMS) a propósito dos surtos de sarampo verificados em vários países europeus, com registo de nove mortes e mais de sete mil hospitalizações este ano.

Actualmente, a primeira dose da vacina contra o sarampo é dada aos 15 meses em Portugal. Por que razão é que a DGS propõe uma antecipação de apenas três meses? “As mães transmitem anti-corpos aos filhos e, se estes forem vacinados precocemente, há competição entre estes anti-corpos e os vacinais. Mas, como actualmente a maior parte das crianças nasce de mães que não tiveram sarampo, não existe essa competição, e podemos assim dar a vacina antes”, explicou ao PÚBLICO a a subdirectora-geral da Saúde Graça Freitas. “O ideal é dar o mais cedo possível, desde que a criança tenha capacidade para fabricar anti-corpos”, acrescenta. A segunda dose é dada quando as crianças vão para a escola.

Em Portugal a taxa de cobertura da vacina do sarampo é superior a 95% e por enquanto não há qualquer surto da doença - os dois casos registados este ano no país foram importados do estrangeiro. Mas “isso não significa que não haja determinadas bolsas populacionais que não estão vacinadas e, se um caso importado chegar a esses grupos, poderá originar um surto”, avisa a subdirectora-geral de Saúde.

No sábado, a OMS alertou para a necessidade de a Europa tomar medidas contra os novos surtos de sarampo. Entre Janeiro e Outubro, de acordo com o relatório mais recente da organização, foram confirmados mais de 26 mil casos de sarampo em 36 países europeus. A maior parte dos infectados são adolescentes e adultos que não foram vacinados.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 22:31 | link do post | comentar

Reprodução

 

O que fazer quando o apetite sexual está em baixa?

Ao sentir a libido em baixa, o primeiro passo é consultar um médico. Alguns alimentos também podem ser ruins e os favoráveis à libido
Ao sentir a libido em baixa, o primeiro passo é consultar um médico
Sexo é tão importante na vida de uma pessoa que até a Organização Mundial da Saúde coloca-o como um parâmetro para medir a qualidade de vida. A falta dele é um problema não só conjugal, mas também de saúde que precisa ser tratado. Existem algumas atitudes que você pode tomar para definir se o problema é físico ou psicológico, e outras que podem ajudar bastante a aumentar o apetite sexual. Leia a seguir o que você pode fazar: 

Ao sentir a libido em baixa, o primeiro passo é consultar um médico. É importante avaliar o que tem provocado a falta de interesse pelo outro. Muitas doenças podem promover este quadro. Diabetes, hipertensão, obesidade, síndromes metabólicas, endometriose e infecções vaginais podem estar interferindo na libido. Descartadas estas possibilidades, pode-se checar se situações de estresse, ansiedade ou nervosismo estão influenciando negativamente para o desempenho sexual. 

Nas mulheres, a menopausa pode ser mais uma interferência negativa para a vida sexual. A diminuição do hormônio básico da mulher, o estrogênio, pode acarretar na perda ou redução da libido. Neste casos, uma reposição hormonal pode ser a solução. Outro hormônio só que em excesso pode provocar a queda da libido é o prolactina, que tem a função de estimular a produção de leite. 

Alimentação x libido 

Comer muitos lanches de fast foods, embutidos ou alimentos com excesso de gordura ou açúcar podem interferir na saúde do corpo. Segundo especialistas, a falta de nutrientes, próprias deste tipo de alimentos, altera a produção de hormônios sexuais. 

Alimentação = libido 

Assim como têm alimentos negativos ao sexo, existem outros favoráveis. Entre os mais indicados estão as especiarias como açafrão, cravo, noz moscada, pimentas de vários tipos, gengibre, tomilho, ginseng, canela, aipo, mostarda e coentro. Se inseridas no preparo da comida podem fazer milagres. Experimente. 

Não é mito. Por conter alta quantidade de vitamina B3, o amendoim ajuda na vasodilatação sanguínea e assim contribue com o despertar para o amor. 

Para evitar a Tensão Pré-menstrual (TPM) que provoca a perda do apetite sexual, os especialistas recomendam a ingestão de alimentos com ômega 6, muito encontrado nos óleos vegetais, bem como alimentos ricos em magnésio, como é o caso das verduras. 

Os bioflavonóides, encontrados no morango, na cereja, na framboesa e na amora, são excelentes para prevenir uma série de doenças que podem afetar a libido. Eles são poderosos por ter propriedades anti-inflamatória, antialérgicas, antiviral, antitumoral, antioxidante e anti-hemorrágica. 

Para finalizar, as duas dicas básicas que intensificam o desejo sexual: atividades físicas regulares e alimentação equilibrada composta de carboidratos (de preferência integrais) proteínas (carnes magras) , frutas, vegetais e legumes. 

Pode-se também apelar por satisfazer as fantasias sexuais com o uso de roupas e lingeries diferentes ou usar acessórios específicos que ajudam a esquentar a relação sexual. Nestas horas, a criatividade também faz a diferença.

 

Via Bonde



publicado por olhar para o mundo às 21:54 | link do post | comentar

A Corque está presente nos EUA, Itália, Finlândia, Inglaterra e Japão, além de Portugal

A revista norte-americana "Wired" elegeu quatro peças de mobiliário de cortiça da marca portuguesa Corque entre os produtos mais inovadores do ano, que estão expostos numa loja temporária em plena Times Square, Nova Iorque.

 


A Corque está presente nos EUA, Itália, Finlândia, Inglaterra e Japão, além de Portugal
Os quatro produtos da Corque - uma mesa, duas cadeiras e um conjunto de bancos em cortiça - estão entre os 15 do ano dentro da categoria de "Eco e Eficiência", também disponíveis para venda através do site da revista de referência norte-americana, e para a fundadora da Corque, Ana Mestre, dá "enorme visibilidade em termos de consumidor final" nos Estados Unidos.

"A Wired é muito conhecida pela componente tecnológica, de inovação relacionada com a tecnologia, mas é interessante porque na pesquisa destes produtos, que quiseram nomear como produtos do ano, não descuraram a componente da sustentabilidade", disse à Lusa a designer e empresária portuguesa de 33 anos, que esteve em Nova Iorque a preparar a exposição das peças de mobiliário. 

"Penso que viram na Corque essa ligação entre processos tecnológicos que existem - e que olhando para as peças eventualmente passam despercebidos - integrado com a componente de sustentabilidade que tem a cortiça", adiantou. 

Preços variam entre €345 e €1450


As quatro peças da microempresa portuguesa, que tem produtos no catálogo das lojas do Museum of Modern Art de Nova Iorque, foram apresentadas em maio na semana de design da cidade, juntamente com a restante coleção da Corque, de onde surgiu o contacto com a revista "Wired".

Os preços variam entre os 345 dólares do conjunto de bancos encastráveis "Lagarta", com design da própria Ana Mestre em colaboração com Inês Pereira, e os 1.450 dólares para cada uma das mesas, uma desenhada por Pedro Silva Dias e outra por Toni Grilo.

A empresária, que criou a Corque a partir do estúdio e consultoria em design sustentável Susdesign, baseado em Lisboa, já prepara uma nova coleção e a presença na Semana de Design de Nova Iorque do próximo ano.

Considerou que o mercado dos Estados Unidos é central na estratégia de afirmação da marca nos próximos cinco anos.

"A partir da Semana do Design começamos a ter uma série de contactos de distribuidores e do consumidor final. Fomos aumentando as vendas lentamente e sustentavelmente", disse. 

Parceria com mais lojas de design


Um dos nossos primeiros agentes comerciais da Corque no estrangeiro foi um norte-americano e a recetividade dos produtos levou a empresa a apostar numa estratégia "mais autónoma", apostando agora em parcerias com mais agentes e lojas de design. 

A exposição em Times Square, em que os consumidores podem usar livremente os produtos, prolonga-se até 23 de dezembro, e dada a grande afluência àquela zona da cidade, estima-se que cerca de 50 mil pessoas visitarão a loja diariamente. 

O mobiliário da Corque figura na zona de "lounge" na "pop-up store" de dois andares, onde estão patentes outras inovações como detetores de movimento para jogos de computador, um "casulo" com sistema de som e vídeo de alta definição para uma pessoa ou um robô para fazer a limpeza da casa.

A empresa portuguesa está também presente em Itália, Finlândia, Inglaterra e Japão, além de Portugal.

A estratégia passa por consolidar a presença nos mercados existentes, mas também por uma aposta nos países escandinavos.

"Da nossa experiência, vale mesmo a pena apostar nos mercados internacionais. Mas é preciso um esforço acrescido em equipas que são pequenas, como é o caso da nossa", afirmou Ana Mestre.


Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 17:01 | link do post | comentar

Raúl Ruiz (terceiro a contar da direita) com o elenco e a equipa do filme, em San Sebastián, em Setembro de 2010
Raúl Ruiz (terceiro a contar da direita) com o elenco e a equipa do filme, em San Sebastián, em Setembro de 2010 (Foto: Vincent West/Reuters)
O muito aplaudido Mistérios de Lisboa, do realizador Raúl Ruiz, que morreu em Agosto, foi nomeado em três categorias do Satellite Award, prémios da Internacional Press Academy dos Estados Unidos. As nomeações incluem a categoria de melhor filme estrangeiro. A directora de arte Isabel Branco vai a votos nas categorias de melhor direcção artística e melhor guarda-roupa.

Estas nomeações da adaptação cinematográfica do livro homónimo de Camilo Castelo Branco surgem dias depois de o círculo de críticos de cinema nova-iorquinos, o New York Film Critics Circle (NYFCC), ter atribuído postumamente ao realizador chileno o Special Award2011.

O filme, co-produzido em 2010 pela portuguesa Clap Filmes, foi muito bem recebido tanto pela crítica como pelo cinema comercial. Na competição da IPA, cuja lista de nomeados pode ser consultada aqui, vai concorrer com mais nove filmes, cinco dos quais europeus (belga, húngaro, francês, finlandês e russo) e um deles, Nannerl, la soeur de Mozart, produzido em França em 2010, da mesma distribuidora da longa-metragem de Raúl Ruiz, a Music Box Films.

A adaptação da obra oitocentista, com argumento de Carlos Saboga e produzida por Paulo Branco, roda à volta do destino de Pedro da Silva (João Baptista), um órfão de um colégio interno que, através do padre Dinis (Adriano Luz), descobre a identidade da mãe, a condessa Ângela de Lima (Maria João Bastos).

Mistérios de Lisboa é uma da centena de obras de Ruiz. Estreou-se nos Estados Unidos quatro dias depois de o cineasta morrer a 1 de Agosto de 2011. O filme tinha feito um percurso internacional bem sucedido que lhe valera já o Prémio Louis Delluce, em San Sebastián (Espanha), e o Prémio da Crítica na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Em Portugal, a longa-metragem (4h26) estreou-se em Outubro de 2010 e foi mais tarde exibida na RTP em formato de minissérie em seis episódios.

O livro de Camilo Castelo Branco chegou a estar no top das vendas de uma Fnac de Paris, depois do sucesso internacional do filme que, dias depois da morte de Ruiz, contava já com mais de 100.000 espectadores em França.

A ligação de Raúl Ruiz a Portugal vinha dos anos de 1980. Depois de Le Territoire, La Ville des Pirates e Les Destins de Manoel, o realizador partiu para a rodagem de Mistérios de Lisboa, altura em que adoeceu, embora meses mais tarde começasse a preparar As Linhas de Torres com a mesma produtora portuguesa.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 08:58 | link do post | comentar

Domingo, 4 de Dezembro de 2011

Presentes Solidários

 

Mais informação em Presentes Solidários



publicado por olhar para o mundo às 23:49 | link do post | comentar

Mulheres que jogam online fazem mais sexo

Longe vão os tempos em que os jogos online eram apenas coisa de homens, assim como todo o universo informático e electrónico. Actualmente existem cada vez mais mulheres a jogar na Internet, sem que isso modifique o seu quotidiano, e pelo que dizem fazem ainda mais sexo que as mulheres não jogadoras.

 

Durante o mês de Outubro foi feito um estudo pela empresa Harris Interactive a pedido do site de jogos Game House e foi realizado a mais de 2000 pessoas adultas da América do Norte.

 

Os resultado apurados pelo estudo apontam para que 45% dos jogadores online são homens, e 55% mulheres. 36% da mulheres tem idade compreendida entre 18 e 34 anos, 20% tem entre 35 e 44anos, 21% tem entre 45 e 54 anos e as mulheres com mais de 55 anos ocupam 22% da totalidade, ainda que 35% do total das mulheres que jogam online residem na zona Sul dos EUA.

 

Cerca de 42% das mulheres que jogam online socializam em média 1 vez por dia enquanto que apenas 31% das mulheres que não jogam online socializam 1 vez por dia. Cerca de 86% das mulheres que jogam online socializam nas redes sociais enquanto que isso não acontece com as mulheres não jogadoras.

 

O estudo indica também que os relacionamentos não são afectados pelas mulheres que jogam online uma vez que 64% da jogadoras são casadas ou vivem com um parceiro, enquanto 22% nunca casaram e 14% são divorciadas, separadas ou viúvas. Tudo aponta para que 7 em 10 dessas mulheres são felizes no seu relacionamento.

 

Um dos pontos que o estudo concluiu foi que a mulheres que jogam online são as que mais sexo fazem, com uma percentagem de 57% contra os 52% das mulheres que não jogam online. Das jogadoras online, 38% admite ter relações sexuais pelo menos uma vez por semana, e das jogadoras offline esse número desce para 34%.

Quanto a actividades de lazer e entretenimento, 74% das jogadoras online e 71% das jogadoras offline veêm TV. Já na prática de desporto e exerício física, o número desce, ainda sendo superior nas jogadoras online 38%, sendo 34% das jogadoras offine que praticam essa actividade.

No que toca à verdadeira motivação que leva as jogadoras online a jogar, os números indicam que:

  • 61% fazem-no para aliviar o stress;
  • 58% fazem-no para aliviar o tédio;
  • 58% fazem-no para descansar a mente;
  • 16% fazem-no para se ligar a outras pessoas.

 

Relativamente ao assunto felicidade, o estudo demonstra que que os jogos online tornam a maioria, 55%, das jogadoras felizes. Por suz vez, 50% admite que os jogos também as tornam inteligentes.

 

O estudo indica que existem mães também a jogar online, e 38% delas têm filhos com menos de 18 anos. Por sua vez esse número baixa para 28% quando se trata de mãos jogadoras offline.

Ainda de referir que 61% das jogadoras online tem joga no período entre as 20h e as 23:59h.

 

Em comentário à pesquisa, Matt Hulett, Chief Gamer da GameHouse, refere “Se todos deixássemos de ver um pouco menos de TV e jogássemos mais jogos online, talvez fizessemos um pouco mais de sexo.”

 

Fonte:

E vocês acham que em Portugal acontece uma situação semelhante? Haverá assim tantas mulheres Portuguesas a jogar online? Serão elas mais sociais? E mais felizes?

 

Via O cantinho da Programação



publicado por olhar para o mundo às 21:38 | link do post | comentar

Viagens e programas para celebrar o Natal e Ano Novo fora de casa

Passar o Natal num cruzeiro ou num hotel, ir ver os fogos-de-artifício à Madeira ou celebrar a passagem de ano a esquiar… São as primeiras propostas de uma listagem em actualização contínua dedicada a quem faz questão de passar os últimos dias do ano em viagem e em festa.

PASSAGEM DE ANO


PORTUGAL

 
Seia

Preço: 204€ por pessoa em quarto duplo. O Eurosol Seia Camelo Hotel, preparou um programa de réveillon com estadia de três noites, pequeno-almoço, jantar e festa. De 29 de Dezembro a 3 de Janeiro.
www.abreu.pt

Ofir
Preço:155€ por pessoa em quarto duplo, 160€ em triplo e 215€ em single. Inclui uma noite de alojamento no Axis Ofir Beach Resort Hotel, jantar de gala e animação com música.
www.travelwings.pt

Gerês | Em território do Lobo
Preço: 235€ para estadia de uma noite e 285€ para duas noites. Uma passagem de ano erm território do lobo, é esta a sugestão da Ecotura para quem quiser celebrar esta data de maneira diferente e em contacto com a naturza. Inclui alojamento em turismo rural, pequeno-almoço, dois dias de actividades e passeios com guias especializados pela região do Gerês. De 31 de Dezembro a 1 de Janeiro. Telefone: 963793326
http://www.ecotura.com


Madeira | Funchal

Preço: a partir de 458€ por pessoa em quarto duplo. Especial fim-de-ano no Funchal com estadia durante três noites no hotel seleccionado, pequeno-almoço, passagem aérea à saída de Lisboa e taxas. De 29 de Dezembro a 1 de Janeiro.
www.soltropico.pt

 

Cascais
Preço: a partir de 132€ por pessoa. Entre em grande estilo em 2012 alojado no Hotel Quinta da Marinha Resort. Inclui uma noite de estadia com pequeno-almoço, jantar, festa, ceia, bar aberto e animação.
www.travelwings.pt


Ericeira
Preço: desde 178€ por pessoa em quarto duplo. Estadia de uma noite no Hotel Vila Galé Ericeira  em regime de méis pensão, jantar de fim de ano e brunch no dia 1 de Janeiro.
www.cosmos-viagens.pt

Alentejo | Tróia
Preço: 310€ por pessoa em quarto duplo e 410€ em single. O programa de fim de ano no Tróia Design Hotel, contempla uma noite de alojamento, pequeno-almoço, jantar de gala show com Herman José, bar aberto após o jantar, ceia, festa com DJ e brunch no dia 1 de Janeiro. Programa especial para crianças. 
www.troidesignhotel.com


Alentejo | Vila Viçosa
Preço: a partir de 75€ por noite em quarto duplo; 90€ em estúdio com capacidade para quatro pessoas. Promoção de fim de ano na Herdade Ribeira de Borba, localizada a cerca de 5km de Vila Viçosa, a chamada "princesa do Alentejo". Válido de 30 de Dezembro a 2 de Janeiro.
www.portugal-rural.com

Alentejo | Montargil
Preço: a partir de 178,50€ por pessoa. Celebre a chegada do novo ano no CS Hotel do Lago Montargil e deixe-se contagiar pelos ritmos de outras épocas. Alojamento de uma noite, pequeno-almoço, jantar de gala, discoteca e brunch. De 31 de Dezembro a 1 de Janeiro.
www.alentejotours.pt


Alentejo | Montalegre
Preço: desde 112€ por pessoa em duplo. Instale-se no Hotel de Montalegre e festeje esta data na região do Barroso, um dos paraísos naturais do país. Uma noite de alojamento com pequeno-almoço, jantar de gala e acesso ao healh club.
www.cosmos-viagens.pt

Alentejo | Vimeiro
Preço: desde 210€ por pessoa. O Hotel Golf Mar no Vimieiro, oferece além de uma paisagem oceânica deslumbrante, um programa de fim de ano com estadia de duas noites, pequeno-almoço, show cooking de crepes, jantar de gala, fogo-de-artifício, ceia, animação musical, animação infantil, almoço buffet de ano novo, aulas de dança e acesso à piscina aquecida. De 30 de Dezembro a 1 de Janeiro.
netviagens.sapo.pt 


Alentejo | Costa Vicentina | Passeio a pé

Preço: 260€ por pessoa. Durante dois dias explore a pé e de forma organizada uma das regiões mais bonitas do litoral português - a Costa Vicentina. O programa inclui alojamento em hotel, pequeno-almoço, um jantar, dois almoços piquenique e dois passeios pedestres. Partida de Aljezur, no dia 31 de Dezembro. 
www.papa-leguas.com 


Algarve | Ferragudo

Preço: a partir de 99 € por pessoa em quarto duplo. O programa de réveillon no Água Hotels Riverside em Ferradudo, oferece duas noites de estadia com pequeno-almoço, utilização gratuita das piscinas, jacuzzi, ginásio, sauna, banho turco e duche sensações e transporte de ida e volta até à praia da Rocha para um passeio.
www.abreu.pt

 


Algarve | Castro Marim

Preço: desde 134€ por pessoa em quarto duplo. Fique alojado no Hotel Praia Verde, em Castro Marim e descubra os atractivos desta região. Inclui duas noites de estadia, pequeno-almoço, ceia de ano novo e brunch. De 30 de Dezembro a 1 de Janeiro.
netviagens.sapo.pt

Algarve | Olhão
Preço: desde 140€ por pessoa em quarto duplo. Fim-de-ano no Hotel Real Marina em Olhão, com duas noites de alojamento, jantar e festa de reveillon com fogo-de-artifício, animação musical com DJ, ceia e brunch no dia 1 de Janeiro.
www.topatlantico.pt

Algarve | Vilamoura
Preço: a partir de 208€ por pessoa em quarto duplo. Pacote especial para comemorar o final do ano com estadia de duas noites no Crowne Plaza Vilamoura, pequeno-almoço, cocktail e jantar de gala.
www.cosmos-viagens.pt

 

OUTROS PAÍSES

ESPANHA | Esqui em La Molina
Preço: desde 372€ para uma estadia de três noites e três dias de forfait. A estância La Molina dispõe, fica situada nos Pirenéus catalães, na província de Girona e dispõe de 133 km de pistas onde a neve, natural ou artificial, nunca falta durante toda a temporada.
www.traveltool.pt


ESPANHA | Serra Nevada
Preço: desde 274€ em apartamento com capacidade para quatro pessoas. São três noites de estadia na estância de neve da Serra Nevada, com alojamento, forfait e seguro. Entradas a 27, 28, 29 e 30 de Dezembro.
www.sporski.com


ESPANHA | Granada
Preço: a partir de 750€ por pessoa em quarto duplo. Circuito em autocarro de turismo à partida do Porto e Lisboa e visitas a Granada, Úbeda, Jaén e Serra Nevada. Inclui o transporte, alojamento em hotéis em regime de pensão completa, guia e jantar especial de fim de ano. De 28 de Dezembro a 2 de Janeiro.
www.pintolopesviagens.com


FRANÇA | Paris

Preço: desde 695€ por pessoa em duplo. Festeje a sua passagem de ano na romântica capital francesa. São três noites de estadia no hotel e regime seleccionado, transporte aéreo à saída de Lisboa e taxas. De 29 de Dezembro a 1 de Janeiro.
www.geostar.pt

LETÓNIA | Riga
Preço: a partir de 1180€ por pessoa. Partida de Lisboa no dia 30 de Dezembro com destino a Riga, a maior das três capitais bálticas, com voo, taxas, estadia de três noites com pequeno-almoço, visita panorâmica da cidade e passeio a pé na zona histórica e jantar de gala de fim de ano.
www.nordictur.pt


ITÁLIA | Veneza

Preço: desde 784€ por pessoa. Pacote de fim de ano com estadia em hotel, entre 29 de Dezembro a 1 de Janeiro, na romântica e fascinante cidade de Veneza, passagem aérea à partida de Lisboa e taxas.
www.transalpino-viagens.pt


ESCANDINÁVIA | Lapónia e as auroras boreais

Preço: desde 1970€ por pessoa. Experiência fotográfica pelas paisagens silenciosas do Ártico acompanhada pelo fotógrafo Vítor Costa. Inclui duas noites em Oslo, cinco noites em Tromso em com pequeno-almoço, safari com huskies, expedição para ver as Auroras Boreais e algumas refeições. O voo não está incluído e pode rondar os 270€. De 26 de Dezembro a 2 de Janeiro.
http://www.serralves.pt/


TURQUIA | Capadócia e Istambul

Preço: desde 950€ por pessoa. Circuito de sete noites pela região da Capadócia e cidade de Istambul, na Turquia. Inclui os voos internacionais e domésticos, taxas, alojamento em hotéis e guia. Jantar opcional na Torre de Galata por 185€ por pessoa. Partida de Lisboa a 29 de Dezembro.
www.pachatours.pt


CHILE e ARGENTINA | Patagónia
Preço: a partir de 1990€ (+1100€ voos/valor indicativo) por pessoa. Viagem de 15 dias para percorrer o melhor que a Patagónia e a Terra do Fogo têm para oferecer. São várias as actividades previstas: trekking, navegação, descoberta cultural e observação de fauna e flora. Inclui voos, alojamento, guia, visita ao Glaciar Perito Moreno, navegação no Lago Pehoe e no Canal Beagle, travessia Estreito Magalhães e transportes terrestres. Partida a 26 de Dezembro.
www.nomad.pt


BRASIL | Rio de Janeiro

Preço: a partir de 2595€ por pessoa. O réveillon de Copacabana no Rio de Janeiro, um dos maiores do mundo, recebe cerca de 2 milhões de pessoas que celebram o novo ano e a paz. Junte-se a eles nesta viagem com partida no dia 30 de Dezembro e regresso a 7 de Janeiro. Inclui a passagem aérea, taxas, alojamento em hotel com pequeno-almoço.
www.tuiviagens.pt

BRASIL | Recife
Preço: desde 1609€ em quarto duplo. Partida de Lisboa com destino ao Recife, taxas, sete noites de alojamento com pequeno-almoço e jantar de reveillon.
www.travelwings.pt


EUA | Nova Iorque
Preço: desde 1725€ por pessoa. Comemore o réveillon na cidade mais cosmopolita do mundo, com passagem aérea, alojamento durante cinco noites, meio-dia de visita pela cidade. Jantar de fim de ano opcional no World Yacht por 400€/pessoa. Partida a 27 de Dezembro.
www.geostar.pt

EUA | Miami
Preço: a partir de 1220€ para uma estadia de quatro noites e desde 1595€ por pessoa se optar por ficar oito dias. Inclui transporte aéreo, taxas, alojamento e meio-dia de visita à cidade.
www.nortravel.pt

SÃO TOMÉ e PRÍNCIPE
Preço: desde 1044€ por pessoa. Dias inteiramente livres para conhecer os encantos da ilha de São Tomé e Príncipe, com praias quase desertas, florestas tropicais e gente acolhedora. Programa especial fim de ano, com partida de Lisboa no dia 29 de Dezembro, taxas e alojamento durante sete noites no hotel seleccionado.
http://www.cwt.pt/

MARROCOS  
Preço: desde 1445€ por "jipe"+duas pessoas em quarto duplo; 450€ para acompanhante adulto em quarto duplo ou triplo; 195€ suplemento em quarto single. Expedição apaixonante nas areias do Sara, em Marrocos, de 26 de Dezembro a 3 de Janeiro. Inclui reunião preparatória, ida/volta em ferry Algeciras-Tânger, alojamento em hotéis e albergues em meia-pensão, assistência médica, assistência mecânica, apoio logístico, gorjetas aos guarda-nocturnos das viaturas e cafés durante as etapas.
www.leirividatt.com

JORDÂNIA
Preço: desde 1290e por pessoa. Programa especial de fim-de-ano na Jordânia com avião à saída de Lisboa, taxas, cinco noites de estadia em Amã e duas noites em Petra em regime de meia pensão, passeio em veículo 4x4 no deserto de Wadi Rum e visitas com guia. De 27 de Dezembro a 2 de Janeiro.
www.cwt.pt


SENEGAL

Preço: a partir de 1340€ por pessoa em quarto duplo. Viagem de seis dias com passagem aérea, taxas e estadia em hotel em regime de tudo incluído em Saly, uma das maiores estâncias balneares de África. 
www.abreu.pt

ÍNDIA
Preço: a partir de 2210€ por pessoa. Se procura um fim de ano diferente, então embarque nesta viagem apaixonante pelo sul da Índia, intitulada "Contos de Kerala". Neste lugar mágico
os participantes terão diariamente workshops de escrita sobre as sua vivências. Fazem parte do itinerário as cidades de Coxim, Nunnar, Alleppey, Periyar e Kovalam, conhecido destino turístico pela sua beleza cénica, pelas areias douradas e palmeiras de coco. Inclui o voo, acompanhamento da jornalista Katya Delimbeuf, alojamento em hotéis e uma noite em barco, entradas nos monumentos e algumas refeições. De 26 de Dezembro a 1 de Janeiro.
http://www.papa-leguas.com/


NATAL


PORTUGAL

Douro: Sabrosa
Preço: desde 75€ por pessoa em quarto duplo. Estadia de 24 para 25 de Dezembro no Hotel Solar dos Canavarros, em Sabrosa. Inclui jantar e almoço de Natal, missa do Galo e chocolate quente, chá e doces.
www.soltropico.pt


DouroRio
Preço: 45€ por pessoa. A sugestão é para comemorar a noite de Natal a bordo de um cruzeiro pelo Rio Douro com a duração aproximada de três horas.
www.cenarios.pt


Covilhã | Passeio fotográfico

Preço: 20€ por pessoa, com guia, acompanhamento de fotógrafo profissional e almoço. Para os amantes da fotografia e da natureza, a Histérico- Associação de Artes, organiza no dia 10 de Dezembro o passeio fotográfico "Natal no Sobral", que tem como palcos diversos locais na bonita Aldeia de Xisto de Sobral de S. Miguel, na Covilhã. Esta passeio temático pretende dar a conhecer a região e a forma tão tradicional e original como aqui se comemora esta época natalícia. Informações: histericoartes.blogspot.com. Telefone: 962369459


Espinho | Acampar no Planetário
Preço: 30€ por pessoa. Ofereça à família e amigos uma prenda diferente e especial: "acampar" uma noite no Planetário, no Centro Multimeios de Espinho. No dia 17 de Dezembro observe o céu nocturno, faça uma "caça" às constelações, adormeça sob as estrelas e assista à chegada (antecipada) do Pai Natal. Inclui ceia e pequeno-almoço. Telefone: 227331190  
www.multimeios.pt


Albufeira

Preço: desde 50€ por pessoa em quarto duplo. Pacote de uma noite de estadia no Hotel da Aldeia, em Albufeira, com pequeno-almoço, cocktail de consoada, jantar/ceia de Natal, prenda de Natal e uma hora de ténis e mini-golfe. Válido de 24 a 26 de Dezembro.
www.webhotel.com

Lagos 
Preço: 55€ por pessoa para o jantar de Natal e 45€ para o almoço de Natal (grátis para crianças até aos 3 anos e 22,50€ dos 4 aos 12 anos), no Cascade Resort, localizado na Praia do Canavial, em Lagos. Caso pretenda ficar instalado no hotel o preço em regime de pensão completa e outros “mimos” é de 592€ /duas pessoas/três noites. Também há programa especial para jantar de fim de ano.  
www.cascade-resort.com


OUTROS PAÍSES

 

Antártida | Passagem de Drake e Península Antártida
Preço: desde 9300€ por pessoa em ocupação dupla, para as partidas de 20 e 27 de Dezembro (para outras datas há preços a partir de 6900€). Comemore o réveillon no mítico, gelado e mais remoto continente, povoado de pinguins imperador, gigantescos e luminosos icebergs, orcas e baleias corcunda e imponentes montanhas: a Antártida. Inclui voos, taxas, pensão completa a bordo do navio, palestras com especialistas sobre a região, vigilância médica, cedência de casacos e botas para as excursões e transportes de/para os hotéis.
www.rotasdovento.com


ALEMANHA | Mercados de Natal: Hamburgo e Lubeck ou Berlim e Dresden
Preço: desde 965€ para a escapada a Hamburgo e Lubeck e 980€ por pessoa se optar por viajar até Berlim e Dresden. Passeie pelas cidades e deixe-se "encantar" pelos mercados de Natal e todo o ambiente desta época. Passagem aérea de Lisboa ou Porto, taxas, alojamento com pensão completa e guia. De 8 a 11 de Novembro.
www.pintolopesviagens.com


ALEMANHA | Mercados de Natal : Salzburgo e Munique

Preço: desde 925€ por pessoa em quarto duplo. Transporte aéreo de Lisboa e Porto, taxas, circuito em autocarro de turismo, alojamento com algumas refeições e visitas guiadas a Salzburgo, berço de Mozart e Munique a capital da Baviera. De 1 a 4 de Dezembro.
www.pintolopesviagens.com


ISLÂNDIA | 
Os 13 duendes de Natal islandeses
Preço: desde 1895€ por pessoa em quarto duplo. Inspire-se na magia da Islândia e parta em "busca dos duendes" de Natal. Transporte aéreo à partida do Porto e Lisboa, taxas, circuito em autocarro de turismo, alojamento em hotéis em regime de meia pensão, guia e entradas. Inspire-se na magia da Islândia e parta em "busca dos duendes" de Natal. De 1 a 6 de Dezembro.
www.pintolopesviagens.com 

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 15:51 | link do post | comentar

Contestação já tinha saído à rua, como no Porto, em finais de Novembro
Contestação já tinha saído à rua, como no Porto, em finais de Novembro (Foto: Fernando Veludo/nFactos)
Foi um momento difícil para um ministro, mas que, segundo o próprio, não desviará o Governo do seu objectivo. O ministro Miguel Relvas foi fortemente contestado neste sábado, quando foi encerrar o congresso da Associação Nacional de Freguesias. Metade dos 1600 congressistas abandonaram a sala onde decorreram os trabalhos, em Portimão. Uma forma de virar as costas à proposta de extinção de freguesias defendida pelo Governo. No final, Relvas disse que o clima de contestação foi gerado propositadamente contra si. Uma acusação sem destinatário, dado que se recusou a identificar os autores.

Interrompido diversas vezes por vaias e palavras de contestação, segundo descreve a Lusa, o ministro da Presidência, que tutela este dossier, garantiu que a reforma administrativa do país irá para a frente. “Vamos ser claros. Esta reforma da Administração Local é uma exigência geracional e o Governo está determinado na sua concretização”, vincou Miguel Relvas (PSD), que tentou aplacar as críticas com a promessa de que a reforma “será feita com os autarcas e não contra os autarcas”. 

O governante frisou também que as mudanças que o Governo pretende imprimir na organização administrativa do país decorrem "do memorando de entendimento assinado pelo anterior Governo, num momento particularmente difícil, provocado pelo facto de não termos sido capazes de mudar no momento certo”. Uma alusão ao acordo do país com atroika, composta pela Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional, e que estabeleceu as bases para o empréstimo internacional que ajudou o país a evitar a bancarrota.

Diz a Lusa que apesar da contestação da maioria dos que ficaram na sala, o ministro revelou que o Governo está inflexível no compromisso de reduzir as 4259 freguesias actuais, “para dar escala e valor adicional às novas entidades que resultarão do processo de aglomeração”, sustentando que elas terão reforçadas a sua actuação e competência. Além disso, “esta reforma respeita o direito ao nome, aos símbolos, à História e à cultura das autarquias agregadas”, prometeu o ministro, que defendeu a redução do número de freguesias com diversos argumentos

Um deles foi o de que "há quase 1600 juntas que recebem transferências do Estado inferiores a 25.000 euros" e, no entanto, só em senhas de presença do executivo "gastam 10.000" . A questão da poupança de recursos é, porém, polémica, uma vez que os representantes da Anafre entendem que a proposta de reforma não irá poupar nem um cêntimo ao erário público. Por essa razão, o congresso deveria chumbar o plano do Governo.

Relvas entende que o país precisa de “menos órgãos autárquicos de freguesia para libertar recursos e, por outro lado, reforçar algumas competências próprias, permitindo que as novas freguesias recebam directamente do Orçamento do Estado os respectivos envelopes financeiros”.

Daí que a proposta, cujos critérios já foram condensados no Documento Verde da Reforma da Administração Local, não é uma reforma “economicista”, mas sim uma medida “para gerir o território de forma mais racional em complementaridade com os municípios”.

O ministro guardou ainda um elogio para os autarcas que já deram início "de forma espontânea" a esta reforma. Um elogio que serviria aos da Câmara de Lisboa, que aprovou a redução das 53 freguesias para 24, segundo um acordo PS/PSD.

Segundo a Lusa, o XIII Congresso Nacional de Freguesias, que começou na sexta-feira e terminou neste sábado em Portimão, contou com 1300 delegados e 500 observadores.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 15:46 | link do post | comentar

<p>TAP está em vias de privatização</p>

TAP está em vias de privatização

 

A TAP foi eleita pelos leitores da revista de turismo Global Traveler a melhor companhia aérea da Europa. Esta foi uma de 66 categorias votadas por 36 mil pessoas e que premeiam desde transportadoras a hotéis, spas ou cidades em todo o mundo.


Global Traveler é uma revista mensal, publicada nos Estados Unidos desde 2004, com uma circulação mensal de 105.201 exemplares, de acordo com os números de Junho de 2011 da entidade que verifica a circulação da imprensa naquele país, o Audit Bureau of Circulations.

A transportadora portuguesa foi ainda reconhecida com o prémio de “Melhor vinho tinto servido em Classe Executiva Internacional”, uma escolha que partiu da própria revista e feita já fora do círculo de votação dos leitores da publicação de viagens norte-americana.

A Singapore Airlines foi eleita a melhor companhia do mundo, a Emirates recebeu a distinção de melhor transportadora em primeira classe e, na categoria de melhor companhia em transporte em classe executiva, foi a British Airways que recebeu o maior número de votos (não revelados individualmente para cada categoria).

A American Airlines, que há dias anunciou um plano de reestruturação contra a falência, ganhou na categoria de melhor transportadora interna (nos Estados Unidos) em viagem em primeira classe.

Nas 34 categorias relativas a companhias de aviação (de transporte colectivo, privado), oito são europeias, contabilizando já as categorias onde, à partida, só poderiam ser escolhidas empresas europeias (o inquérito divide-se por geografias, por exemplo, entre melhor companhia da Europa, da América Central e do Sul, do México, da Austrália e Nova Zelândia, do Pacífico Sul, de África, do Médio Oriente ou do Norte e Sul asiáticos).

A TAP, em vias de privatização, reagiu neste sábado a este reconhecimento, sublinhado num comunicado citado pela Lusa a particularidade de que quem vota nesta eleição é passageiro frequente das transportadoras nomeadas. “O concurso está desde logo vedado à participação dos trabalhadores da Global Traveler ou dos membros da indústria de viagens e turismo, que por conseguinte não podem concorrer ao mesmo”, sublinha a transportadora aérea portuguesa. 

Para além das europeias TAP e British Airlines, a também britânica Virgin Atlantic Airways foi a eleita pelo melhor design interior em classe executiva, a Swiss International Air Lines escolhida pelo melhor design em primeira classe, a Scandinavian Airlines (Noruega, Suécia e Dinamarca) vencedora na categoria de melhor companhia económica, a alemã Lufthansa arrecadou o prémio de melhor transportadora transatlântica, a italiana Alitalia venceu pela melhor cozinha e a Air Partner na categoria de melhor jato privado.

A África do Sul foi eleita o melhor destino internacional, Filadélfia, nos Estados Unidos, a melhor cidade norte-americana de negócios e Barcelona a melhor cidade internacional pela mesma razão.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 10:04 | link do post | comentar

Primeira escola internacional de sexo

 

Uma sueca abriu a primeira escola internacional de sexo do mundo, em Viena, na Áustria. O objetivo do curso é ensinar os estudantes a serem bons amantes.

 

Segundo Ylva-Maria Thompson, qualquer pessoa acima de 16 anos pode se matricular em sua escola. Os estudantes que se matricularem vão viver em dormitórios mistos onde, espera-se, praticarão a lição de casa até a exaustão.

 

“Nossa educação não é teórica, mas muito prática. Ensinamos posições sexuais, técnicas de carícias e conhecimentos anatômicos”, explicou Ylva-Maria.

 

A sueca já sonhava com um empreendimento desse tipo há muito tempo. No entanto, ela já sofre com as controvérsias que sua escola vem causando na Áustria. Propagandas do negócio, por exemplo, foram banidas da televisão austríaca.

 

Via Correio do Estado



publicado por olhar para o mundo às 00:51 | link do post | comentar

Sábado, 3 de Dezembro de 2011



Ya lo intuía hace tiempo. Aunque las fotos publicadas van a seguir siendo parecidas, no así la manera de hacerlas que va a experimentar fuertes cambios debido a las nuevas tecnologías y a los nuevos descubrimientos. Nikon lanza al algo muy novedoso que creo revolucionará en mercado de los aficionados.

En la pirámide de las ventas de cámaras, las del segmento profesional ocupan la cumbre. Forman el buque insignia de las ventas pero son minoritarias; en cambio las dedicadas a los aficionados  constituyen el grueso del mercado. Las nuevas Nikon1 ocuparán un amplio nicho por encima de las compactas e incluso entraran en competencia con algunos de los modelos réflex más básicos. El usuario es alguien que quiera hacer buenas fotos sin complicaciones técnicas. ¿Sólo? Yo creo que para algunas cosas nos va a interesar también a los profesionales. Al final os lo explico.

Las Nikon 1 V1 y Nikon 1 J1 son unas cámaras pequeñas y compactas, ergonómicas, de mandos sencillos y con ópticas intercambiables. Lo más innovador es su sistema de disparo automático. Al no tener espejo pueden hacer 60 fotos por segundo. ¡Sí! No me he equivocado. 60 fotos por segundo, aunque no sea una posibilidad que vayamos a emplear muy a menudo. Y claro, las Nikon 1 destacan en sus funciones de video. Se incluye la posibilidad de capturar fotos en alta resolución mientras se graba el video, algo que en modelos anteriores no era posible. En la D90, por ejemplo, se podía hacer pero en el momento en que hacías la foto el video se interrumpía. Aquí no.


Una de las características de ambas cámaras es la velocidad increíble a la hora de hacer fotosPodemos asegurar que tienen el sistema auto foco más rápido del mundo, más rápido que las mejores cámaras profesionales como La Nikon D3 o la D700.

Lo más novedoso son los diferentes modos de disparo. Hay 4 opciones:

Imagen fija (3:2)
Aquí es donde entra en juego la fabulosa velocidad del motor. 60 ft por segundo, 30, 10 o 5. Y claro, disparo a disparo. Tener en cuenta, no obstante, que a 60 sólo podemos hacer fotos durante 1 segundo, a 30fts durante 2 s, y 5 s a 10fts.

Selector de foto inteligente.
Aprovechando la captura de tecnología previa y posterior de la cámara,el Selector de foto inteligente empieza a capturar la acción sólo tocar el botón y continúa incluso después de haber finalizado. El resultado: captura 20 imágenes en alta resolución durante ese único disparo. La mejor toma se muestra al instante en el monitor y se guardan cuatro más para que pueda seleccionar una. Muy útil para evitar los ojos cerrados durante la toma, por ejemplo.

Instantánea de movimiento.
Con un solo disparo la cámara graba simultáneamente un video a cámara lenta de un segundo y una foto fija. Algo muy útil, por ejemplo, para fotografiar y grabar a la vez el apagado de las velas de un pastel de cumpleaños.

Video
(HD: 16,9 y 8.3 en cámara lenta). El auto foco permite enfocar los objetos en movimiento y gracias a su buen sensor de imágenes y a su elevada sensibilidad ISO, puede realizar secuencias con ruido reducido, incluso con poca luz. Y también hacer fotos sin interrumpir la grabación.

Ambas cámaras vienen con un zoom de 10-30 mm f: 3,5-5,6, compacto, ultraligero, con estabilizador (VR). Como el sensor es un CMOS de 13,2 mm x 8.8 mm, el ángulo de visión efectivo es de 2,7 veces el de una cámara de formato completo, por lo que el zoom equivaldría a un 27 mm-81 mm.

Otras ópticas son el zoom 1Nikkor VR de 30-110 mm f/3,8-56 compacto. O una óptica fija, el angular 10 mm f/2,8, increíblemente plano, equivalente a un 27mm y excelente para street photography.



La Nikon 1 V1, algo mayor, tiene algo fundamental para un fotógrafo veterano como yo, un visor óptico que, claro, es electrónico. Se fabrica en dos colores, blanco y negro.



La Nikon 1 J1, algo más pequeña y sin visor óptico, se fabrica en los colores blanco, negro, plateado, rojo y rosa y las ópticas intercambiables a juego también. La cámara rosa llama profundamente la atención, os lo aseguro.




Ambas tienen una resolución de 10,1 megapíxeles, y capturan la imagen tanto en RAW como en JPEG.

Podéis ver una explicación de todo esto en el video presentado por Carlos Ormazabal, de Nikon, que es un verdadero crack. Siempre que tengo una duda se la pregunto a él.

Y un  estupendo anális, muy a fondo, de la V1 , a cargo de otro de los asistentes, Iker Morán en Quesabesde.

¿Alguna aplicación para los pros? Enseguida se me ocurrió una. Entre los accesorios de las Nikon 1 se encuentra un adaptador de montura FT1. En cierta manera las Nikon 1 siguen manteniendo la famosa montura F que conservaron desde su inicio y es lo que ha hecho que siempre haya sido fiel a la marca . Eso quiere decir que puedo utilizar mis teles de 300 y 180 mm, que con el factor de multiplicación de 2,7 se convertirían en un 810mm f: 4 y un 486mm f: 2,8 respectivamente. Sé de buena fuente que algunos conocidos fotógrafos de naturaleza ya se han puesto en contacto con Nikon, precisamente por este tema.

Via Paco Elvira


publicado por olhar para o mundo às 17:53 | link do post | comentar

A banda norte-americana Yo la Tengo, o músico britânico Lloyd Cole e o realizador Michael Moore estão entre os artistas envolvidos no lançamento de um álbum de apoio ao movimento «Occupy Wall Street».

O disco “Occupy This Album», inspirado por aquele movimento de indignados, pretende «proporcionar um hino e um grito de protesto aos manifestantes envolvidos na insurreição», referiram os produtores do álbum, citados pelo canal de televisão norte-americano CNN.

 

Os produtores revelaram que todos os lucros provenientes do disco irão beneficiar o movimento «Occupy». Metade dos lucros será doado ao «Occupy Wall Street General Fund» e o restante será distribuído entre os maiores movimentos de ocupação espalhados pelos Estados Unidos da América.

 

Entre os artistas envolvidos no álbum, que deverá ser lançado neste inverno, estão os Yo la Tengo, Devo, Ladytron, Third Eye Blind, Lloyd Cole e o realizador/ativista Michael Moore.

 

Entretanto, em solidariedade com o movimento «Occupy London», os britânicos Massive Attack lançaram o canal «Occupy Radio» no site de partilha de música SoundCloud.

 

A página tem disponíveis, para já, remisturas, inspiradas pelo movimento, de 3D, dos Massive Attack, do DJ e produtor Tim Goldsworthy e dos Horse Meat Disco.

 

Em novembro foi lançado o site www.occupymusicians.com onde milhares de músicos, entre eles Lou Reed, Laurie Anderson, Thurston Moore e Lee Ranaldo, ambos dos Sonic Youth, Tom Morello, dos Rage Against the Machine, Akil Talib, dos Jurassic 5, Marc Ribot, Kymia Dawson, Guy Picciotto, dos Fugazi e Talib Kweli expressaram publicamente o apoio aos movimentos de indignados de todo o mundo.

 

Músicos,«técnicos de som, produtores, DJ, instrumentistas, compositores e letristas», são convidados a subscrever a tomada de posição e a demonstrar o apoio a estes movimentos.

 

O site, além de tornar pública uma tomada de posição, serve também para programar pequenos concertos nos locais onde decorrem os protestos e como arquivo de áudio, vídeo e textos de artistas que apoiem os indignados.

 

Além do site criado pelos músicos, existem ainda outros de escritores (www.occupywriters.com), realizadores (www.occupyfilmmakers.com) e ilustradores (www.occupycomics.com), que manifestam publicamente o apoio aos movimentos de indignados de todo o mundo.



publicado por olhar para o mundo às 17:24 | link do post | comentar

Foi o homem que disse que o fair play é uma treta.... mas convém não exagerar.....
{#emotions_dlg.chucha}


publicado por olhar para o mundo às 16:58 | link do post | comentar

Manoel de Oliveira: a Literatura 'é muito superior' ao Cinema
O cineasta Manoel de Oliveira afirmou hoje que a literatura é «muito superior» ao cinema e assumiu-se como um «homem de fé» num encontro com o realizador brasileiro Nelson Pereira dos Santos, em Guimarães.

O primeiro encontro entre os dois realizadores foi em Paris, em 1956, durante o 'Primeiro Encontro Internacional de cineastas'. Depois encontraram-se «algumas vezes» em Cannes, França.

 

«Foi o primeiro realizador brasileiro que conheci», esclareceu Manoel de Oliveira.

 

Hoje, voltaram a cruzar-se para uma «conversa intimista» em Guimarães, a convite da Capital Europeia da Cultura Guimarães 2012.

Do cinema dos «velhos tempos» ao analógico, da Fé às «coisas da vida», estes dois realizadores contaram histórias, partilharam visões do cinema.

 

Sobre o «digital», os dois cineastas, o português com 102 anos e o brasileiro com 83 anos, afirmaram-se «agradecidos» pela introdução tecnológica no cinema.

 

«Facilita a realização», valorizou Nelson Pereira dos Santos. «É o progresso e traz conforto», além de que «ajuda o negócio», apontou o português.

 

Se para o brasileiro a génese do «cinema novo» do Brasil «está na literatura, Manoel de Oliveira encara a literatura como «algo mais».

«A literatura é muito superior ao cinema. É a máxima da expressão humana», afirmou.

 

Passando da literatura até à vida contemporânea e à religião, para o realizador português «Abel e Caim estão instalados na sociedade».

«Todos querem o poder e para o terem matam tudo o que está à frente sem dó nem piedade», explanou.

 

Questionado sobre se é um «homens de fé», Nelson Pereira dos Santos afirmou «ter fé» no «ser humano».

 

O realizador português declarou que é um homem de fé: «Não tenho outro remédio».

 

Em comum ambos têm uma motivação: «O que nos leva a trabalhar nos filmes é a fé», adiantou Manoel de Oliveira, seguindo da anuência do realizador brasileiro.

 

Refugiando-se nas «partidas da memória», o cineasta português não revelou o que «anda a fazer», apenas declarando que anda «a escrever o que vai fazer».

 

«Só temo não ter vida para fazer os meus projectos», afirmou, a uma semana de completar 103 anos.

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 10:17 | link do post | comentar

Sexta-feira, 2 de Dezembro de 2011
Quantidade ou qualidade no sexo

 

 

Muitas questões envolvem o sexo, e sempre é muito relativo e muito pessoal, como por exemplo, quando a questão é se devemos transar em quantidade, ou menos e com qualidade? Depende. O que você acha que se encaixa melhor na sua vida e no seu estilo?

Vilamiga, vamos combinar, tem uma frase popular que diz, "sexo é como pizza, mesmo quando é ruim, é bom". É claro, que se você está pensando, em realizar manobras mais cuidadosas, o que levaria mais tempo, entraria no quesito qualidade.

 

Se for daquelas rapidinhas que você faz até em pé atrás da porta, aí sim, entraria no quesito quantidade. Começa na despensa e termina na cama, o que já seriam duas. E aí, esse quesito de sexo, fica a critério de cada um.

 

Depende também do nível de envolvimento e emoção. Podemos citar aqui algumas cenas de filme que explicam bem o caso da quantidade e da qualidade. Dois deles me lembram bem a situação, "Atração Fatal" e "Infidelidade", os personagens transavam onde dava e intensamente. O lance todo era sofrido, o que parecia ser um ingrediente a mais.

 

Citamos aqui o caso dos homens com dor de cabeça, que estão se negando a transar sempre. Muitos deles, certamente preferem ter mais qualidade do que quantidade. Mas se você está há um mês sem transar porque seu parceiro está estressado, certamente, a quantidade vai começar a te preocupar. O meio termo é uma boa nesse caso. O mais importante é ter uma vida sexual gostosa e diversificada, com quantidade e qualidade. E isso somente cada pessoa sabe o que pode significar.

 

Agora na voz de um especialista, Dr. Eduardo Bertero, urologista do Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo - HSPE e especialista em medicina sexual pela Universidade de Boston, "costumo dizer aos meus pacientes que o sexo não é ensinado como uma ciência exata. Cada pessoa é única e como tal tem suas preferências individuais durante um relacionamento íntimo. Cabe ao casal descobrir estas variações e deixar que o tempo se encarregue de trazer a experiência necessária, que tornará a relação cada vez mais satisfatória".

 

Via Vila dois



publicado por olhar para o mundo às 21:34 | link do post | comentar


Zinedine Zidane exibe a tira com o nome de Portugal

 

Holanda, Alemanha e Dinamarca, todos ex-campeões da Europa, são os adversários da selecção portuguesa no Grupo B do Europeu de futebol de 2012.


Portugal terá, assim, um grupo bastante difícil (não havia muitas hipóteses piores, a não ser ter a Espanha e a França como rivais).

A equipa de Paulo Bento vai estrear-se na competição frente à Alemanha, a 9 de Junho (19h45), em Lviv (Ucrânia).

A selecção portuguesa já defrontou a Alemanha por 16 vezes, somando apenas três vitórias, além de cinco empates e oito derrotas. 

Os alemães, aliás, derrotaram Portugal no Euro 2008 (3-2 nos quartos-de-final) e no Mundial 2006 (3-1 no jogo do 3.º e 4.º lugares). Em contrapartida, a equipa das “quinas” bateu os germânicos, por 3-0, na fase de grupos do Euro 2000.

O segundo jogo de Portugal no Euro 2012 será novamente em Lviv, a 13 de Junho (17h) frente à Dinamarca, uma selecção bem conhecida dos portugueses, já que partilharam o grupo na qualificação para o Euro 2012.

Frente à Dinamarca, a equipa portuguesa soma oito vitórias, dois empates e duas derrotas em 12 jogos, tendo perdido recentemente em Copenhaga (2-1) e vencido no Dragão por 3-1 (curiosamente na estreia de Paulo Bento como seleccionador).

A selecção encerra a fase de grupos a 17 de Junho, frente à Holanda (19h45), em Kharkiv, também na Ucrânia.

Portugal também tem uma história positiva com os holandeses, somando seis vitórias, três empates e apenas uma derrota em dez jogos.

A selecção portuguesa, aliás, eliminou a Holanda no Mundial 2006 (1-0 nos oitavos-de-final) e no Euro 2004 (2-1 nas meias-finais).

O agrupamento de Portugal é aquele que mais se aproxima do chamado "grupo da morte", já que todos os outros parecem menos complicados.

No Grupo A, a Polónia discute o apuramento com Grécia, Rússia e República Checa. Caso Portugal siga em frente para os quartos-de-final, terá pela frente precisamente uma destas equipas.

A Espanha, campeã europeia e mundial, terá de medir forças com Itália, Croácia e Irlanda.

O Grupo D junta França e Inglaterra com Ucrânia e Suécia.

A prova inicia-se a 8 de Junho e termina a 1 de Julho.

Grupo A
Polónia
Grécia
Rússia
Rep. Checa

Grupo B
Holanda
Dinamarca
Alemanha
Portugal

Grupo C
Espanha
Itália
Irlanda
Croácia

Grupo D
Ucrânia
Suécia
França
Inglaterra

Grupo B (Kharkiv e Lviv, Ucrânia)

1.ª jornada (sábado, 9 de Junho) 
Holanda - Dinamarca (17h), Kharkiv. 
Alemanha -- Portugal (19h45), Lviv. 

2.ª jornada (quarta-feira, 13 Junho) 
Dinamarca - Portugal (17h), Lviv
Holanda -- Alemanha (19h45), Kharkiv

3. ª jornada (domingo, 17 Junho) 
Portugal - Holanda (19h45), Kharkiv
Dinamarca - Alemanha (19h45), Lviv 

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 19:37 | link do post | comentar


A capital portuguesa surge na 41ª posição do ranking anual das cidades do mundo com maior nível de qualidade de vida. Saiba aqui quais são elas.

 

Lisboa está entre as 50 melhores cidades do mundo para se viver. A Mercer, consultora internacional de gestão e investimentos, acaba de lançar o estudo "Quality of Living 2011", no qual revela o ranking das cidades com maior nível de qualidade de vida e a capital portuguesa surge na 41ª posição a lista, à frente de cidade como Madrid, Roma e Los Angeles.

 

No topo da lista, que contabiliza 221 cidades tendo Nova Iorque como termo de comparação., surge Viena, na Áustria, seguida de Zurique, na Suiça, e Auckland, na Nova Zelândia. As piores classificadas são N'Djamena, no Chade, Bangui, na República Centro-Africana, e Bagdade, no Iraque.

 

As condições de vida são analisadas de acordo com 39 critérios, agrupados em 10 categorias, que vão desde o ambiente social, político, económico e cultural, aos fatores médicos e sanitários, passando pelas condições de educação e também de habitação.

Este ano, para além das cidades com maior classificação de qualidade de vida, o estudo da Mercer identifica também as cidades com segurança pessoal mais elevada, tendo por base critérios como estabilidade interna, níveis de criminalidade, eficácia da política de segurança e das relações internacionais do país.

 

Neste contexto, o Luxemburgo encontra-se em primeiro lugar, seguido de Berna, Helsínquia e Zurique. Lisboa, a única cidade portuguesa a figurar nos dois estudos, volta a fazer parte do ranking, desta vez em 47º lugar. Em termos de segurança, a nossa capital surge à frente de cidades como Londres, Paris e Washington.


Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 17:35 | link do post | comentar

Tabatha McCourt, de 17 anos, acabou por morrer
Tabatha McCourt, de 17 anos, acabou por morrer
Poderá uma simples tinta para o cabelo pôr a sua vida em risco? Para muitos de nós, a resposta seria algo como "Oh, que disparate, há anos e anos que em todo o mundo se faz coloração". Mas no último mês, os casos de lesões graves, e até mesmo morte, provocadas por uma simples mudança da cor do cabelo multiplicam-se. Inclusive, em Portugal.

 

Há um mês, a história de Tabatha McCourt correu mundo. Como tantos outros saltos altos (e também rasos!), a adolescente britânica, de 17 anos, gostava de pintar o cabelo. Da última vez que o fez, foi mesmo a última. Cerca de 20 minutos depois de aplicar a tinta, teve uma reação alérgica fortíssima e ficou em coma, acabando por morrer algumas horas depois.

 

Há menos de uma semana foi a vez de Julie McCabe, de 38 anos, entrar em coma pelos mesmos motivos. A história parece um cliché: aplicou a tinta e 20 minutos depois estava a lutar pela vida frente a uma reação alérgica. Dizem os médicos que, se sobreviver, os danos cerebrais serão irreversíveis.

 

As autoridades de saúde inglesas estão a investigar os casos, ainda sem conclusões, mas acredita-se que um químico chamado PPD (p-Phenylendiamine), presente em 99% das tintas de cabelo comercializadas, tenha sido a causa da reação alérgica. Pus-me a ler sobre estas três letrinhas em vários sites, blogues e afins, e pelo que percebi o PPD já foi banido de todos os produtos de beleza vendidos na Alemanha, França e Suécia. Nos restantes países da UE, apenas é permitido o uso de 6% deste químico. Já num estudo realizado nos EUA, a substância está diretamente ligada ao aumento de casos de cancro da bexiga. Mesmo sendo controverso, o que é certo, é que as marcas continuam a usá-lo. Sem pudor.

 

Somos apenas distraídos... ou inconscientes?

 

Ambas as histórias anteriores remetem para reconhecidas marcas de produtos de beleza. Mas os casos avançam também em marcas menos conhecidas e em território português. Nisa Gonçalo, de 20 anos, foi parar ao hospital após ter ficado com graves queimaduras na cabeça, resultado de tinta comprada numa "loja do chinês". O Infarmed já está a investigar e diz que o produto, oriundo de Espanha, está à venda em Portugal de forma irregular.

 

Hoje fui ao surpermercado e dei por mim a fazer algo que não fazia há imenso tempo: a olhar para a composição dos produtos que comprava. Todos nós sabemos de alguns dos perigos químicos eminentes nas caixinhas que nos sorriem nas prateleiras, mas pouco de nós paramos para pensar nisso quando os metemos no cesto.

 

Poucos de nós também "perdem tempo" a fazer os tais testes de segurança com um bocadinho do produto numa pequena zona da pele, antes de o usar na área total. Assumo a minha culpa e admito que, em inúmeras "tardes de gaja" em que ajudei amigas a pintarem o cabelo (sim, o mundo dos saltos altos de vez em quando gosta de brincar aos cabeleireiros caseiros), nunca, repito, nunca me lembro de termos feito tal teste. O mesmo posso dizer de loções depilatórias ou cremes auto bronzeadores, que tantas vezes acabam com cenários dantescos de peles cheias de reações alérgicas. Somos apenas distraídas... ou inconscientes? Quando a vida pode ser o preço a pagar, isto dá que pensar. 

 


 

Via A Vida de Saltos Altos



publicado por olhar para o mundo às 11:32 | link do post | comentar

Os crimes que vitimaram três prostitutas já prescreveram
Os crimes que vitimaram três prostitutas já prescreveram (Foto: Adriano Miranda)
A Polícia Judiciária deteve um homem de 46 anos que se suspeita ser o assassino em série que entre 1992 e 1993 matou três mulheres na capital, ficando conhecido como “estripador de Lisboa”.

Estes crimes que vitimaram três prostitutas e que têm em comum o facto de o assassino as ter esventrado, levando parte dos intestinos, fígado e coração, já prescreveram em 2008 mas há pistas sobre outros mais recentes que conduziram à detenção, avança o semanário Solna sua edição online.O homem em causa chama-se José Guedes e tem 46 anos. O suspeito, que na altura dos primeiros crimes era operário na construção civil, estava agora desempregado e vivia em Matosinhos.

José Guedes foi detido há uma semana pela PJ e ficou preso preventivamente por ordem do juiz de instrução, escreve o mesmo jornal, concretizando que em causa estão novas ameaças feitas pelo suspeito e não os crimes do início da década de 1990. O Sol falou com o suspeito, que se confessou responsável pela prática de outros crimes, na Alemanha, para onde emigrou uns anos, e em Aveiro, em 2000. Já o Correio da Manhã, na sua edição de hoje, diz que a informação chegou à PJ através de dois filhos do suspeito, após conflitos familiares.

Os crimes cometidos entre 1992 e 1993 já prescreveram e o caso foi arquivado, mas estes novos que o suspeito agora refere ainda podem ir a tribunal. No final de Julho de 1992, num barracão de armazenamento de produtos químicos, em Odivelas, surgiu o cadáver da primeira mulher. Tinha 22 anos, estava praticamente nua e havia sido rasgada e esventrada com uma lâmina. Não fora roubada. Exames periciais indiciaram estar-se em presença de um homicida com grande força física.

Algum tempo depois o corpo de outra prostituta era encontrado num barracão sob a linha férrea em Entrecampos, Lisboa. Em comum com a primeira vítima tinha o facto de ser toxicodependente, de estar infectada com o vírus da sida e de não ter sido roubada. No palco deste crime a PJ recolheu os indícios que lhe permitiram suspeitar que o culpado fosse um homem corpulento. O assassino calcou sangue, deixando um rasto, e algum cabelo. A existência de um banco de ADN teria ajudado então a resolver o caso. Meses mais tarde, novamente em Odivelas, outra mulher, com as características das anteriores, foi assassinada pelo mesmo método.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 00:30 | link do post | comentar

Quinta-feira, 1 de Dezembro de 2011

Portugueses gostam de sexo no carro

 

Estudo diz que 71% já experimentou, mas apenas metade usa preservativo

 

Um site dedicado à venda de automóveis, o «Standvirtual» realizou um estudo inédito em Portugal sobre a utilização dos veículos para encontros «amorosos». Aproveitando que amanhã, 1 de Dezembro, se celebra o Dia Mundial contra a Sida, os dados foram revelados esta quarta-feira. 

E não há dúvida, os portugueses gostam de sexo dentro do carro: 71% já experimentou. Infelizmente, apenas metade destes utiliza preservativo quando o faz. Destes, 60% dos indivíduos acima dos 50 anos, assume que não usa protecção. O valor desce nos inquiridos com menos de 30 anos (apenas 36% esquece o preservativo).

O estudo, realizado entre dia 24 e 29 de Novembro, abrangeu um universo de 810 utilizadores.

Mas o estudo vai mais longe. Quem conduz um BMW, um Mercedes-Benz ou um Renault tem mais sexo dentro da viatura, cerca de 80%. Já os donos de viaturas Audi, Volkswagen, Opel e Citroen ficam-se pelos 60%.

Já as mulheres invertem a tendência e as que gostam de sexo no carro preferem as marcas: Audi (22%), BMW (16%), Mercedes-Benz (6%), Mini (4%) e Volkswagen (4%).

 

Via TVI



publicado por olhar para o mundo às 21:20 | link do post | comentar

Pauta original de Inglês Técnico, sem assinatura do "responsável pela classificação", e de Projecto, assinada pelo professor António José Morais – <a href="http://imagens.publico.pt/imagens.aspx/363564?tp=UH&db=IMAGENS&">clique para aumentar</a>
A totalidade dos originais do processo individual relativo à licenciatura de José Sócrates na Universidade Independente (UnI), que o PÚBLICO viu e fotografou na segunda-feira, encontra-se na posse de Rui Verde, um antigo vice-reitor daquele estabelecimento. Rui Verde, que está a ser julgado, juntamente com 23 outros arguidos, pela alegada prática de numerosos crimes na gestão da UnI, diz que tem o dossier de Sócrates desde “muito antes” da abertura do inquérito judicial que, em Agosto de 2007, concluiu não ter havido “qualquer crime de falsificação de documento autêntico” na obtenção da licenciatura do então primeiro-ministro.

A ser verdade que este conjunto de 17 documentos já estava com o antigo vice-reitor quando o Procurador-Geral da República determinou, em Abril de 2007, a realização de um inquérito para averiguar se aquele crime tinha ou não sido praticado, a conclusão a que chegaram a procuradora-geral adjunta Cândida Almeida e a procuradora-adjunta Carla Dias, responsáveis pela investigação, terá tido como fundamento, entre outros, a análise de fotocópias e não de documentos originais.

A afirmação de que as peças originais do dossier do aluno não são aquelas que em Março de 2007 foram divulgados pela imprensa surge pela primeira vez num livro escrito por Rui Verde que hoje começa a chegar às livrarias. Intitulada O Processo 95385 - Como Sócrates e o poder político destruíram uma universidade, a obra é editada pelas editoras D. Quixote e Exclusivo Edições e reproduz todos os documentos do dossier, identificando-os como originais, mas sem nada dizer sobre o local onde se encontram, nem sobre o facto de serem, ou não, os mesmos que o DCIAP investigou.

O PÚBLICO tentou saber, na terça-feira de manhã, junto da directora do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), a procuradora Cândida Almeida, se os documentos analisados no decurso do inquérito foram os originais ou as cópias. Em resposta, o DCIAP informou, ao fim da tarde, que “os documentos que serviram de base à investigação e ao despacho de arquivamento” se encontram junto ao processo no Tribunal de Instrução Criminal, que o PÚBLICO tentará consultar nesta quarta-feira.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 11:31 | link do post | comentar

Já se pode urinar e marcar pontos ao mesmo tempo

 

Já se pode urinar e marcar pontos ao mesmo tempo

 

Empresa britânica criou um videojogo para urinóis e não é necessário inserir moedas para jogar. Só é preciso estar aflitinho

 

Em casa podemos sempre levar connosco a consola portátil. Mas, pensando melhor, isso só seria adequado para a necessidade número dois. No caso da necessidade número um e das casas de banho públicas, a dificuldade é maior. Ou será mais sensato dizer: “era”?

 

A empresa britânica Captive Media considerou o tempo que os homens passam em frente ao urinol – uma média de 55 segundos – e deu-lhes algo para se distraírem (e competirem): urinóis com videojogos. Apesar de ainda não haver jogos de tiros, já se sabe quais são, nesta aplicação, as balas e a pistola.

 

Com efeito, alguns bares voluntariaram-se para a experiência e colocaram, em cima de cada urinol, um ecrã LCD de 30 centímetros, que serve para os jogos correrem e serem visualizados.

 

A interface de jogo está integrada nos próprios urinóis, através de marcas assinaladas com “Start” (começar), “Left” (esquerda) e “Right” (direita). O “jogador” só tem de direccionar a sua urina para as marcas correspondentes, que um dispositivo de infra-vermelhos faz a leitura e aplica a acção no jogo.

 

A característica positiva do sistema, para os potenciais compradores, é o facto de não ser necessário mexer na canalização nem comprar novos urinóis para o instalar, revelou Gordon MacSween, um dos criadores, à BBC. Basta o acoplamento, ao urinol, de uma consola externa.

 

Aliviar a bexiga e resolver um “quiz”

Agora, com o produto da Captive Media, a competição entre o público masculino, na ida aos lavabos, é outra. A empresa desenvolveu, para já, três jogos. Num deles, o propósito é desviar uma mota-de-neve dos pinguins que sobem a montanha; noutro, o objectivo consiste em responder correctamente a um “quiz”; o terceiro é o famoso “Breakout”.

 

Em todos eles, consoante o tempo e sucesso da performance, é atribuída ao “visitante” do urinol uma pontuação, imediatamente posicionada no "ranking" (visível no ecrã) de quem por ali urinou. Além disso, é possível partilhá-la nas redes sociais.

 

Um estudo feito pela Captive Media, durante quatro meses, nos estabelecimentos equipados à experiência com o sistema de videojogos nos lavabos, permitiu concluir que, entre 160 entrevistados, 27% passou a frequentar o local por causa dos urinóis, 45% ficava durante mais tempo para jogar (ou seja, bebia mais para poder jogar) e 87% ia dizer aos amigos o que é que tinham visto.

 

Para além destes números positivos, segundo gerentes de alguns bares e restaurantes do Reino Unido, a higiene das casas de banho masculinas aumentou, visto que, agora, existe uma maior preocupação em fazer pontaria para dentro do urinol.

 

Via P3


publicado por olhar para o mundo às 10:33 | link do post | comentar

Sabíamos que o homem mais rico de Portugal não era rico. Era apenas um trabalhador, nas suas próprias palavras. As Finanças foram ver as contas deste humilde trabalhador - o mesmo que, ainda a crise não tinha a começado, já estava a fazer despedimentos preventivos nas suas empresas - e descobriu umas irregularidades. Quer-lhe cobrar mais 750 mil euros de IRC. E ele, claro, que é apenas um trabalhador, recusa-se a pagar.

 

Parece que os Serviços de Inspeção da Direção de Finanças de Aveiro descobriram centenas de milhões de euros em despesas pessoais na empresa Amorim Holding2. Entre elas, viagens da família a destinos turísticos, massagens, contas de mercearia e tampões higiénicos que, só não sabe quem não passou por isso, são fundamentais para o desempenho profissional de Américo Amorim. Na empresa mãe deste simples trabalhador encontrou 3,1 milhões de despesas indevidas.

 

Quero manifestar aqui a minha solidariedade com Américo Amorim. É escandaloso que, com tanta gente rica a fugir aos impostos, vão atrás da arraia miúda. E nada escapa a este espírito pidesco. É que um homem nem pode passar por dias difíceis? Diz-se que os artigos de higiene feminina que usou para fugir ao fisco são de boa qualidade quando não se sentem e não se veem. É como os impostos do senhor Amorim: ele não os sente e nós não os vemos.

 

Publicado no Expresso Online

 

Via Arrastão

 



publicado por olhar para o mundo às 00:29 | link do post | comentar

A noite em que se bebeu o lendário Vintage Noval Nacional 1963

Alguns dos melhores "sommeliers" do mundo estiveram três dias no Norte para provar e falar sobre os vinhos portugueses. Um dos pontos altos foi o jantar de gala na Quinta do Noval, com "smoking" e barbatanas e grandes vintages, incluindo o Noval Nacional 1963. Pedro Garcias participou nesse momento único em que se provou um vinho que custa 5570 euros cada garrafa.

Dia 13 de Novembro. A noite promete na Quinta do Noval, anfitriã de um grupo muito especial e influente, os Mad Wine Lovers Of The World. Daquela propriedade do Douro têm saído alguns dos melhores vinhos portugueses de sempre. Um deles, o Porto Vintage Noval Nacional 1931, foi considerado pela revista Wine Spectator como o segundo melhor vinho do mundo do século XX. Não devem existir mais do que umas poucas dezenas de garrafas espalhadas por alguns coleccionadores. Há uns anos, provar uma dessas garrafas ainda continuava a ser a ambição da vida de Christian Seely, o director geral da Axa Millésime, proprietária da Quinta do Noval. Não sabemos se já a cumpriu.

 

A mesa já está posta quando os sommeliers começam a chegar impecavelmente vestidos de smoking e caminhando como pinguins. Ao segundo dia da excursão a Portugal, preparam-se para o seu tradicional jantar de gala. As barbatanas que todos trazem calçadas mostram o lado “louco” do grupo. Depois de quase um ano a sugerir e a provar diariamente dezenas ou centenas de vinhos, alguns dos melhores sommeliers do mundo viajam até um país vitícola para conhecer novos vinhos, revisitar outros e comer e beber quase sem regra (este ano, o grupo escolheu Portugal). Só param tombados pelo sono e pelo cansaço de tanto rir com as histórias, as cantorias, os discursos humorados e as “palhaçadas” — daí o nome Mad Wine Lovers Of The World.

 

São cerca de uma dúzia de sommeliers reputadíssimos e com grande poder e influência no negócio do vinho. Um deles, o francês Olivier Poussier, responsável pelos vinhos do grupo Lenôtre, ostenta o título de MelhorSommelier do Mundo, obtido em 2001, no Canadá. E outros três já venceram o concurso de Melhor Sommelier da Europa: o alemão Bernard Kreis e os franceses Eric Duret e Eric Beaumard. Este, actual director do Restaurante Georges V, no Hotel Four Seasons, em Paris, também já foi vice-campeão do mundo. Do grupo faz parte também João Pires, o único master sommelierportuguês e considerado um dos melhores do mundo da actualidade.

 

Ninguém sabe que vinhos vai servir Corine, funcionária da Axa Millésime e também ela sommelier. O Noval Nacional 1931 não será, obviamente. O Noval não Nacional do mesmo ano, que dizem não ser inferior, também estará interdito. E o Noval Nacional 1963, talvez a mais lendária colheita de Porto Vintage, não passa de um sonho. Pelo menos, para nós. Cada garrafa custa na loja de Gaia da Noval 5570 euros! É um daqueles vinhos para beber como último desejo. Sobra a expectativa, suficientemente empolgante, de se provar algum Colheita histórico (Porto Tawny de uma só colheita envelhecido em cascos por um período mínimo de sete anos) ou um outro grande Noval Nacional (exclusivo vintage que a quinta produz a partir de uma vinha velha de dois hectares plantada com videiras não enxertadas).

 

 

 

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 00:03 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Morreu Eusébio

Unesco consagra Dieta Med...

Morreu Nelson Mandela: A ...

Alejandro Sanz: 'A música...

Dulce Félix vice-campeã e...

Teatro, Festival de Almad...

Festim recebe Kimmo Pohjo...

Curta portuguesa entre as...

ARRISCA DEZ ANOS DE PRISÃ...

Maioria das mulheres alem...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Posts mais comentados
links
blogs SAPO
subscrever feeds