Domingo, 20 de Fevereiro de 2011

Uma gravidez sem estrias é possível?
Entre 50% a 90% das mulheres grávidas ficam com estrias, sendo as mulheres mais jovens as mais afectadas. Há como escapar a esta perseguição?

Primeiro veio o sentimento avassalador ao descobrir que estava grávida. Depois os planos para o bebé – o nome, as roupas, o quarto. Preocupa-se em fazer os exames todos necessários a uma gravidez bem sucedida; leva a cabo uma alimentação saudável. Depois? Depois vêm as estrias! Entre 50% a 90% das mulheres grávidas ficam com estrias, sendo as mulheres mais jovens as mais afectadas. Há como escapar a esta perseguição?

Estrias – um problema que afecta a maioria das mulheres, sendo que as grávidas não fogem à regra. Muito pelo contrário. Uma gravidez provoca grandes transformações no corpo da mulher, sendo que as estrias são uma das que mais incomoda. Não fique deprimida com este facto. Faça um esforço para prevenir esta situação e aceite-a se ela acontecer. Mais importante que umas riscas no corpo é o bebé que vai segurar nos braços.

Durante a gravidez, as estrias vão localizar-se sobretudo na barriga e nos seios

 

 

O que são afinal as estrias?

 

Não são mais do que lesões da pele, devido a pequenas “fracturas” causadas à derme, por motivos de distensão da mesma.
Estão associadas a alterações hormonais episódicas – a puberdade ou a gravidez – ou ao aumento de peso. Todas as mulheres as sabem reconhecer: marcas cor-de-rosa ou vermelhas nas estrias recentes, que se desvanecem e se tornam prateadas ou esbranquiçadas como tempo. Durante a gravidez, as estrias vão localizar-se sobretudo na barriga e nos seios, o que é de fácil compreensão, dado o grande aumento do tamanho do abdómen e do peito nesta fase. Na barriga, situam-se em redor do umbigo e nos seios em direcção à auréola. Nas coxas, distribuem-se de forma oblíqua. Uma vez formadas, as estrias tendem a ficar no seu corpo indefinidamente, podendo diminuir ligeiramente de tamanho ou atenuar a cor.

 

Como prevenir o seu aparecimento?


As estrias aparecem de repente e sem aviso, pelo que deve começar cedo a sua prevenção na gravidez. Mesmo que elas acabem por surgir, se a sua pele estiver macia e não aumentar muito de peso, acabam por não ter muita importância.
Hidratar a pele é fundamental, sobretudo nos lados da barriga, os seios e as coxas. A hidratação da pele ajuda a manter a elasticidade da mesma bem como a sua capacidade de sofrer distensões sem que haja ruptura dos tecidos. Sem dúvida que o surgimento de estrias varia muito de pessoa para pessoa. Umas mulheres podem tê-las devido a uma pequena distensão da pele, e outras não as desenvolverem apesar de terem sofrido uma grande distensão cutânea. Experimente usar óleo para bebé ou um creme bem hidratante. Beba bastante água e faça uma alimentação saudável. O aumento de peso é inevitável na gravidez, mas muitas vezes é também excessivo. O ideal é ganhar entre 9 a 12 quilos durante toda a gestação. Controle o que ingere. Evite o sal, doces e fritos e opte por alimentos ricos em vitamina C, que estimula a produção do colágeno. Escolha roupa adequada ao seu estado, que lhe proporcione conforto e proteja a pele. Os soutiens devem ser reforçados, com alças largas que permitem uma maior sustentação. Não deixe a sua pele sofrer!
Na maioria das grávidas, as estrias surgem por volta do 4º mês de gravidez, sendo que a pele se apresenta mais fragilizada no 7º ou 8º mês. Para algumas mulheres, as estrias só surgem após o parto. É imprescindível começar o tratamento o mais cedo possível, de modo a atingir melhores resultados. Se esta não é a sua primeira gravidez, e se teve a sorte de não ter criado estrias, fique a saber que isso não é garantia de não as ter desta vez. É necessário prevenir o aparecimento das estrias em cada gravidez.

 

 

Via Sapo Família



publicado por olhar para o mundo às 10:03 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
posts recentes

Morreu Eusébio

Unesco consagra Dieta Med...

Morreu Nelson Mandela: A ...

Alejandro Sanz: 'A música...

Dulce Félix vice-campeã e...

Teatro, Festival de Almad...

Festim recebe Kimmo Pohjo...

Curta portuguesa entre as...

ARRISCA DEZ ANOS DE PRISÃ...

Maioria das mulheres alem...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Posts mais comentados
links
blogs SAPO
subscrever feeds