Quarta-feira, 5 de Outubro de 2011
O festival espanhol é um dos mais procurados na europa 
É a primeira vez que o festival espanhol se vai realizar noutro país. A Ritmos precisou de ano e meio para levar o Primavera ao Porto 
As datas já estão definidas e são quatro dias para assinalar na agenda do próximo ano, com sublinhados e pontos de exclamação. De 7 a 10 de Junho de 2012, o Parque da Cidade, no Porto, recebe o Primavera Sound, naquela que é a primeira internacionalização do evento.Ainda não é possível saber por que nomes aguardar até lá, mas José Barreiro, da Ritmos, adianta ao PÚBLICO que serão "entre 60 a 80 artistas".
Barcelona é a cidade natal deste festival de música independente que se realiza, anualmente, desde 2001, nos últimos dias de Maio ou nos primeiros de Junho. A eventual parceria com a produtora do Porto tem sido alvo de especulações nos últimos meses, mas só desde há duas semanas é certo um Primavera português, que acontece dias depois do espanhol (30 de Maio a 3 de Junho).
Por ser, além de um festival, uma "marca muito forte na música", a organização do Primavera Sound recebe ofertas de toda a Europa para que este se concretize noutras cidades. O sucesso da Ritmos - produtora responsável pela organização do Festival de Paredes de Coura - é, assim, um "orgulho muito grande", diz José Barreiros.Ao todo, foram necessários cerca de 18 meses de trabalho para que o Porto fosse escolhido, num processo em que a Ritmos precisou de "conciliar muitas partes", entre as quais a Câmara Municipal do Porto. A autarquia garante o uso do Parque da Cidade e "uma verba para apoio logístico", através da Porto Lazer. "Queremos que a câmara veja, no Primavera Sound, um evento que também vai contribuir para a melhoria do Parque da Cidade. Isso para nós é fundamental", reitera o membro da organização.
Mil bilhetes já à venda 

"O Primavera Sound decorrerá em quatro palcos e, no dia de apresentação, 7 de Junho, o conceito do festival é levado à cidade", garante José Barreiro. "Queremos que se estenda a algumas salas e praças da cidade, bem como a alguns locais não convencionais."A partir desta segunda-feira vão estar à venda os primeiros mil bilhetes, a um preço de 65 euros, "para premiar aqueles que conhecem a marca Primavera Sound e são fiéis ao nome", explica Barreiro. Mais tarde, a partir de Novembro, o preço sobe para 75 euros e, até Junho de 2012, o valor vai crescendo."
Os parceiros do Primavera Sound viram em nós, para além da honestidade, um gosto musical semelhante. Agora é preciso pôr todo o nosso 'know-how' ao serviço do festival", remata José Barreiro.


publicado por olhar para o mundo às 17:23 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Morreu Eusébio

Unesco consagra Dieta Med...

Morreu Nelson Mandela: A ...

Alejandro Sanz: 'A música...

Dulce Félix vice-campeã e...

Teatro, Festival de Almad...

Festim recebe Kimmo Pohjo...

Curta portuguesa entre as...

ARRISCA DEZ ANOS DE PRISÃ...

Maioria das mulheres alem...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Posts mais comentados
links
blogs SAPO
subscrever feeds