Sábado, 3 de Dezembro de 2011
Manoel de Oliveira: a Literatura 'é muito superior' ao Cinema
O cineasta Manoel de Oliveira afirmou hoje que a literatura é «muito superior» ao cinema e assumiu-se como um «homem de fé» num encontro com o realizador brasileiro Nelson Pereira dos Santos, em Guimarães.

O primeiro encontro entre os dois realizadores foi em Paris, em 1956, durante o 'Primeiro Encontro Internacional de cineastas'. Depois encontraram-se «algumas vezes» em Cannes, França.

 

«Foi o primeiro realizador brasileiro que conheci», esclareceu Manoel de Oliveira.

 

Hoje, voltaram a cruzar-se para uma «conversa intimista» em Guimarães, a convite da Capital Europeia da Cultura Guimarães 2012.

Do cinema dos «velhos tempos» ao analógico, da Fé às «coisas da vida», estes dois realizadores contaram histórias, partilharam visões do cinema.

 

Sobre o «digital», os dois cineastas, o português com 102 anos e o brasileiro com 83 anos, afirmaram-se «agradecidos» pela introdução tecnológica no cinema.

 

«Facilita a realização», valorizou Nelson Pereira dos Santos. «É o progresso e traz conforto», além de que «ajuda o negócio», apontou o português.

 

Se para o brasileiro a génese do «cinema novo» do Brasil «está na literatura, Manoel de Oliveira encara a literatura como «algo mais».

«A literatura é muito superior ao cinema. É a máxima da expressão humana», afirmou.

 

Passando da literatura até à vida contemporânea e à religião, para o realizador português «Abel e Caim estão instalados na sociedade».

«Todos querem o poder e para o terem matam tudo o que está à frente sem dó nem piedade», explanou.

 

Questionado sobre se é um «homens de fé», Nelson Pereira dos Santos afirmou «ter fé» no «ser humano».

 

O realizador português declarou que é um homem de fé: «Não tenho outro remédio».

 

Em comum ambos têm uma motivação: «O que nos leva a trabalhar nos filmes é a fé», adiantou Manoel de Oliveira, seguindo da anuência do realizador brasileiro.

 

Refugiando-se nas «partidas da memória», o cineasta português não revelou o que «anda a fazer», apenas declarando que anda «a escrever o que vai fazer».

 

«Só temo não ter vida para fazer os meus projectos», afirmou, a uma semana de completar 103 anos.

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 10:17 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
posts recentes

Morreu Eusébio

Unesco consagra Dieta Med...

Morreu Nelson Mandela: A ...

Alejandro Sanz: 'A música...

Dulce Félix vice-campeã e...

Teatro, Festival de Almad...

Festim recebe Kimmo Pohjo...

Curta portuguesa entre as...

ARRISCA DEZ ANOS DE PRISÃ...

Maioria das mulheres alem...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Posts mais comentados
links
blogs SAPO
subscrever feeds