Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2012

Fachada da Casa de Serralves enche-se de graffiti

Instalação já está a causar polémica

 

A Fundação de Serralves, no Porto, em parceria com a Samsung, inaugura, no próximo sábado, a instalação “Walls to the People”, que tem como base a icónica fachada da Casa de Serralves. A obra, da autoria de João Paulo Feliciano, inclui inscrições de graffiti como os que se encontram nas paredes do espaço público.

 

Porém, não se pode levar o título da instalação assim tanto à letra: trata-se, na realidade, de projecções, escritos virtuais, que não existem de facto nas paredes da casa. João Paulo Feliciano foi desafiado pela Fundação Serralves a criar um projecto artístico capaz de envolver o público numa acção interactiva através da utilização de recursos tecnológicos como os smartphones e os tablets, seguindo a tecnologia de “realidade aumentada”, ou seja, pinturas e imagens virtuais.

 

O projecto, que ainda não foi inaugurado, já começou a dar que falar e nas redes sociais têm-se multiplicado as críticas, que defendem a escolha do artista. Para muitos, as inscrições que aparecem na Casa de Serralves não podem ser consideradas graffiti. Mas a Fundação Serralves explica a escolha: a instalação incide sobre “diversas expressões visuais e linguísticas espontâneas e populares que normalmente podemos encontrar nas paredes do espaço público”.

 

As inscrições não estão visíveis à partida e por isso a Fundação Serralves convida o público, até 3 de Junho, a explorar e descobrir cada inscrição ao percorrer a Casa, por dentro e por fora, apontando os seus aparelhos (smartphone ou tablet) para as paredes.

 

Segundo o comunicado da Galeria Cristina Guerra, que representa o artista, esta é uma “recontextualização” que, apesar de virtual, confere um novo carácter às intervenções gráficas: subversivo, por um lado, mas não isento de humor e de sentido lúdico”.

 

João Paulo Feliciano nasceu nas Caldas da Rainha, em 1963, e da sua obra constam abordagens muito variadas. Nos últimos anos, o artista tem trabalhado muito a ligação da arte à tecnologia.

 

A instalação abre ao público no sábado às 15h e tem entrada gratuita. 

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 17:54 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Morreu Eusébio

Unesco consagra Dieta Med...

Morreu Nelson Mandela: A ...

Alejandro Sanz: 'A música...

Dulce Félix vice-campeã e...

Teatro, Festival de Almad...

Festim recebe Kimmo Pohjo...

Curta portuguesa entre as...

ARRISCA DEZ ANOS DE PRISÃ...

Maioria das mulheres alem...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Posts mais comentados
links
blogs SAPO
subscrever feeds