Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2012

O ridículo na sua máxima expressão

Adele foi a grande vencedora da 54º edição dos Grammy Awards, que decorreu ontem em Los Angeles. Mas não foi apenas a música que esteve em destaque. Muitos dos olhares centraram-se no desfile de estrelas na passadeira vermelha que dividiram os looks entre a elegância dos “Óscares” e a irreverência dos MTV Awards.

 

Desde o muito clássico ao totalmente louco viu-se de tudo um pouco na passadeira vermelha dos Grammys – a cantora de origem russa Sasha Gradiva surgiu com um braço carregado de metralhadoras a invocar os Transformers. Ainda assim, o look mais provocatório foi o de Nicki Minaj. Depois de no ano passado Lady gaga ter feito furor ao chegar dentro de um ovo, este ano a faixa de Mais Irreverente vai para a rapper norte-americana que escolheu um longo vestido/capa vermelho-sangue com o logótipo da Versace incrustado em pedras semi-preciosas. Para reforçar a alusão religiosa Nicki Minaj fez-se acompanhar por um figurante vestido de Papa.

 

Do excêntrico para o clássico, Giorgio Armani foi um dos criadores a vestir várias estrelas. Com um simples vestido preto com o corte irrepreensível que tão bem caracteriza o criador de moda italiano, a cantora britânica Adele começou por arrasar na passadeira vermelha, antes de arrebatar os seis prémios para os quais estava nomeada. Também Rhianna escolheu um vestido preto Armani, mas, a pedido da cantora, o criador optou por um corte muito sensual. 

 

Numa das primeiras aparições públicas após o divórcio com o comediante britânico Russel Brand, Katy Perry vestiu um Elie Saab azul-celeste que condizia com a sua mais recente cor de cabelo. Já Fergie, a vocalista dos The Black Eyed Peas, manteve o estilo sexy ao escolher um vestido de renda laranja de Jean Paul Gaultier que evidenciava a lingerie.

 

Em destaque pela elegância com que se apresentaram nos prémios maiores da música estiveram Paris Hilton e Taylor Swift. A herdeira da fortuna Hilton vestiu um Basil Soda branco com apontamentos dourados, enquanto a doce Taylor Swift optou por um modelo do criador de moda libanês Zuhair Muhad, todo ele composto por lantejoulas em tons dourados.

 

Fora deste universo hollywoodesco, os pais de Amy Winehouse subiram ao palco com Tony Bennet em representação da filha para receber o galardão na categoria de melhor dueto pela música Body And Soul.

 

Ridiculo Rídiculo Ríduculo 
     

 

 Retirado do Público



publicado por olhar para o mundo às 08:45 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Morreu Eusébio

Unesco consagra Dieta Med...

Morreu Nelson Mandela: A ...

Alejandro Sanz: 'A música...

Dulce Félix vice-campeã e...

Teatro, Festival de Almad...

Festim recebe Kimmo Pohjo...

Curta portuguesa entre as...

ARRISCA DEZ ANOS DE PRISÃ...

Maioria das mulheres alem...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Posts mais comentados
links
blogs SAPO
subscrever feeds