Quarta-feira, 20 de Abril de 2011

O primeiro canal de televisão português dedicado à cultura e criatividade, estreia na segunda-feira na posição 180 da grelha digital da Zon, com seis horas diárias de programação, foi hoje divulgado pela OSTV.

A empresa, sedeada no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto, venceu em 2010 o Prémio Nacional das Indústrias Criativas Unicer/Serralves, precisamente com o projecto de lançamento do primeiro canal de televisão colaborativo e interactivo na área da cultura.

Pensado numa lógica 'low cost', o canal 180 tem uma equipa de dez pessoas, nenhum estúdio, câmara de filmar ou apresentador, e assenta numa lógica de colaboração com as instituições culturais.

«Mais do que produzir uma grande quantidade de conteúdos, queremos procurar, encontrar e atrair conteúdos, criando um contexto qualitativo interessante. Temos uma equipa muito concentrada em criar uma boa experiência de conteúdos mais do que produzir», esclareceu João Vasconcelos, fundador e director geral da OSTV, em declarações à Lusa.

O responsável considera que «não é a captação e produção de novos conteúdos que faz falta».

A necessidade, diz, «é mais a forma» como se agrega, comunica e quais as horas de programação desses conteúdos.

A motivação da empresa é mostrar conteúdos culturais, «que não se conseguem encontrar na televisão», acrescenta João Vasconcelos.

Quando for para o ar, na segunda-feira a partir das 20 horas, o 180 chegará também a outras plataformas - website, Facebook, iPad e iPhone.

O público-alvo do canal tem entre 18 e 35 anos, das classes A, B e C1, e são pessoas «informadas e qualificadas, culturalmente activas, viajantes, artistas, criadores, cinéfilos, melómanos e apreciadores de arte».

A programação prolonga-se todos os dias até às 2 da manhã, incluindo videoclips, um magazine cultural e um destaque diário (que pode ser um documentário ou um concerto, por exemplo).

O magazine «vive muito da colaboração com as instituições» culturais, o que «permite grandes poupanças», refere João Vasconcelos.

«Depois, temos os destaques diários, sobretudo no formato documentário. Alguns são adquiridos, outros fruto de colaboração com artistas ou com marcas comerciais», acrescenta, explicando que o canal se paga «com publicidade».

Os documentários Rip: 'Remix Manifesto', 'Lusofonia a (R)Evolução', 'Uma na Bravo outra na Ditadura', '12 Histórias sobre John Zorn', 'Inside Outside' e 'We ar moving in' são alguns dos destaques para a primeira semana de programação, dedicada ao tema Revolução.

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 09:42 | link do post

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
posts recentes

Morreu Eusébio

Unesco consagra Dieta Med...

Morreu Nelson Mandela: A ...

Alejandro Sanz: 'A música...

Dulce Félix vice-campeã e...

Teatro, Festival de Almad...

Festim recebe Kimmo Pohjo...

Curta portuguesa entre as...

ARRISCA DEZ ANOS DE PRISÃ...

Maioria das mulheres alem...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Posts mais comentados
links
blogs SAPO
subscrever feeds