Quinta-feira, 07.07.11
Não seja egoísta, faça uma lista de todos os locais onde já foi feliz e partilhe na internet
Não seja egoísta, faça uma lista de todos os locais onde já foi feliz e partilhe na internet
O site Lovingplaces.com dá-lhe a localização de mais de 7 mil locais em 37 países para fazer amor fora de casa. Em Portugal já há 209, de norte a sul
Sexo. Sexo ao ar livre. Sexo. Agora que temos a atenção do caro leitor, passamos a explicar do que se trata. Não se preocupe, não foi uma mera armadilha para que nos desse atenção: este texto é mesmo sobre sexo. Na verdade, sobre sítios ideais para a prática do amor fora de portas, experimentados e recomendados por pessoas de todo o mundo.

Chama-se Lovingplaces.com e com a ajuda do Google Maps é possível encontrar bons locais para sexo rápido e urgente. Não se esqueça que provavelmente o fará ao ar livre ou dentro do carro - óleos de massagem e velas estão fora de questão. 

Neste site não só é possível descobrir locais como adicionar os que quiser (e que já tenha experimentado), com comentários para que os casais depois de si saibam exactamente o que os espera. Mirones, ladrões, ar fresco, ervas venenosas ou observações tão pirosas como "dá para ver todas as estrelas do céu" ou "tem uma vista linda para o mar". Depende de cada um. Cada lugar pode ter um comentário de quem experimentou, grau de privacidade e paisagem. 

Como se isso não bastasse, o site disponibiliza a aplicação para iPhone e Android, para que possa decidir para onde ir mesmo em cima do acontecimento. Se não for o orgulhoso dono de nenhum destes objectos, não se preocupe: o loving places também tem Twitter, para que esteja sempre a par das últimas descobertas geográfico-sexuais.

Este site é baseado no espanhol Mis Picaderos, que conseguiu que Espanha tenha já uns redondos 7180 locais para sexo fora de casa.

São 7975 locais em 37 países diferentes. Portugal está em segundo lugar, com 209 sítios. Seja o 210.o e partilhe com os restantes utilizadores aquela clareira tão linda onde quase foi apanhado pela polícia em posições constrangedoras.


publicado por olhar para o mundo às 21:37 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quinta-feira, 16.06.11
O novo trabalho de Chico Buarque só chegará às lojas a 20 de Julho
O novo trabalho de Chico Buarque só chegará às lojas a 20 de Julho (Paulo Pimenta)

Os fãs do cantor e compositor Chico Buarque poderão, a partir da próxima segunda-feira, adquirir o direito ao novo álbum do artista, que será lançado no Brasil em 20 de Julho.

 

O direito, que corresponde à venda antecipada do disco em produção, dará ao fã-patrocinador o privilégio de ouvir antecipadamente a primeira faixa na internet, mas sem a possibilidade de a descarregar. 

Nos dias seguintes, quem investir no músico brasileiro terá acesso também a vídeos que mostram os bastidores da gravação do álbum. 

O direito custará 29,90 reais (13 euros) e será vendida pelo site www.chicobastidores.com.br.

A assessoria de imprensa do cantor disse à Agência Lusa que não é certo que os fãs estrangeiros de Chico Buarque tenham a opção de encomendar o disco por correio internacional caso adquiram o direito, já que “o foco da promoção é o território brasileiro”. 

O novo álbum do cantor, porém, deverá ser lançado também em Portugal. 

A venda de direitos pela internet é o instrumento da moda para o financiamento de bandas independentes. 

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, Chico Buarque adotou o conceito como uma tentativa de diminuir o impacto da pirataria, não por precisar de dinheiro para lançar o disco. 

Nas vésperas do lançamento do disco no Brasil, o sítio na Internet sobre os bastidores da gravação deverá divulgar um vídeo por dia com as novas composições de Chico. 

O endereço na Internet já foi compartilhado por mais de 400 mil utilizadores da rede social Facebook. 

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15.06.11
Sexo na internet ele e elas têm desejos diferentes

 

 


Um estudo realizado na Inglaterra resultou em um livro, "A Billion Wicked Thoughts". O conteúdo é o resultado de uma pesquisa sobre os interesses de homens e mulheres na internet. Foram apuradas as pesquisas mais populares de conteúdo de sexo na internet, mais de um bilhão de acessos foram estudados.

 

O resultado foi bastante surpreendente.

 

Foi revelado que homens têm um gosto diferente do que imaginamos. Um número significativo deles acessou vídeos adultos de mulheres acima do peso e mais velhas. Indicando um gosto mais exótico. A maioria dos conteúdos é dedicada a eles: há exibições de mulheres de 40, 50 e até 60 anos, porém as jovens ainda são preferência. Além disso, há imagens de transexuais e sexo homossexual.

 

A internet auxiliou na desmistificação dapornografia. O que antes era visto como perversão agora é mais bem visto pela sociedade. "Pela primeira vez os cientistas podem ver o que as pessoas ao redor do mundo fazem quando ninguém está olhando", afirmou Ogi Ogas, autor do livro, ao jornal "Daily Mail".

 

Uma das grandes diferenças entre homens e mulheres diz respeito ao conteúdo acessado. Enquanto o público masculino prefere vídeos e fotografias pornográficas, as mulheres gostam de histórias eróticas. Além disso, 75% dos homens se mostram dispostos a pagar para ter acesso a esses materiais. A mesma porcentagem de mulheres paga, ou pagariam, por acesso às suas preferências.

 

O autor afirma ter encontrado a resposta para a sua principal pergunta: "Qual é a diferença entre os desejos masculinos e femininos?" Segundo Ogi Ogas os desejos masculinos são definidos ainda na infância e não muda com o decorrer dos anos. Os desejos aos 75 anos são os mesmos de quando tinha 25 anos.

 

Os anseios sexuais femininos são muito volúveis. E podem variar no decorrer das décadas, meses e até mesmo dias, afirma o autor. "O interesse dela aos 25 anos pode ser completamente diferente aos 45 anos", disse o autor.

 

Via Vila Dois



publicado por olhar para o mundo às 21:05 | link do post | comentar

Sexta-feira, 10.06.11
Mudar lei dos direitos de autor para criar mercado único digital

 

 

A responsável pela Agenda Digital Europeia e vice-presidente da Comissão, Neelie Kroes, anunciou que a sua equipa está a trabalhar numa lei de Direitos de Autor que seja comum a todos os países da União Europeia, tendo em vista a criação de um mercado único para conteúdos digitais

A comissária avançou esta notícia numa intervenção na World Copyright Summit, referindo que as indústrias criativas, como a da música, dos livros e do vídeo, não devem estar sujeitas às limitações existentes nos sistemas de protecção dos direitos de autor dos estados-membros da União.

 

Com esta iniciativa Neelie Kroes pretende revitalizar o sector da criação digital, criando um mercado único através da entrada em vigor de uma legislação que simplifique a gestão colectiva dos direitos de autor e a difusão das obras culturais.

 

Na sua intervenção a comissária referiu que tem um sonho, e que esse sonho é que «os artistas possam viver da sua arte; que possam aproveitar as oportunidades da era digital; que possam espalhar a sua arte em toda a Europa e no Mundo, se o desejarem, e que cidadãos europeus possam beneficiar de tudo isto».

 

Neelie Kroes fez apelo ao pragmatismo de todos nesta matéria, porque deve ser encontrada uma solução. «Se o fizermos bem, o Mercado Único Digital pode impulsionar a economia europeia, a diversidade da nossa produção artística e as recompensas dos artistas», referiu.

 

Via SOL



publicado por olhar para o mundo às 10:06 | link do post | comentar

Quinta-feira, 09.06.11
O sistema de reconhecimento facial torna tudo mais fácil, ao identificar os indivíduos automaticamente à medida que as fotografias vão sendo publicadas
O sistema de reconhecimento facial torna tudo mais fácil, ao identificar os indivíduos automaticamente à medida que as fotografias vão sendo publicadas (Thierry Roge/Reuters)
O Facebook está envolvido em mais uma polémica de privacidade. Desta feita está em causa o reconhecimento facial em fotografias publicadas por amigos. Se não quiser ser automaticamente identificado, não se esqueça que tem de fazer opt-out às opções pré-definidas pela rede social.

De certo que já conhece a rotina: de cada vez que um amigo nos identifica manualmente numa fotografia que não queremos que esteja à vista de todos, corremos à imagem em questão para retirarmos essa identificação.

Mas agora o Facebook tornou as coisas ainda mais refinadas: desde Dezembro que a rede social com mais de 600 milhões de utilizadores em todo o mundo tem vindo a identificar - ainda em versão teste - as pessoas presentes em determinada fotografia fazendo o reconhecimento facial dos fotografados.

O sistema de reconhecimento facial torna tudo mais fácil, ao identificar os indivíduos automaticamente à medida que as fotografias são publicadas na rede social. A explicação encontra-se no próprio Facebook: “Esta funcionalidade utiliza a comparação de fotos nas quais estás identificado(a) para sugerir que amigos te identifiquem em fotos novas”.

Os testes começaram em Dezembro nos EUA, mas rapidamente esta possibilidade foi alargada a todo o mundo sem que os utilizadores tenham dado conta destas alterações que se tornarão efectivas muito em breve. Quem não quiser fazer parte deste esquema tem de optar por sair dele, como costuma ser norma no Facebook.

Como é que se faz opt-out? No canto superior direito da sua conta de Facebook vá a “Conta” e depois a “Definições de Privacidade”. Carregue seguidamente em “Personalizar Definições” e depois faça scroll down até ao bloco “Coisas que outras pessoas partilham”. Aqui encontrará o item “Sugerir fotos de mim a amigos - Quando as fotos se parecerem comigo, sugerir o meu nome”. Carregue em “Editar Definições” e, por fim, desactive esta função.

“Mais uma vez, parece que o Facebook está a erodir a privacidade online dos seus utilizadores de forma furtiva”, indicou ao “The Telegraph” Graham Cluley, da empresa britânica de segurança online Sophos.

“Muitas pessoas sentem-se muito desconfortáveis em relação ao facto de um site como o Facebook poder saber como é que elas se parecem e usar essa informação sem a sua permissão”, acrescentou Graham Cluley.

Por seu lado, igualmente ouvido pelo “The Telegraph”, o director-executivo do Electronic Privacy Information Center, em Washington, criticou a forma como o Facebook abriu, por princípio, o sistema de reconhecimento facial a toda a gente.

“Não tenho a certeza que esta seja uma função que as pessoas queiram escolher. Uma melhor opção seria deixar as pessoas fazerem o opt-in”, disse.

Perante mais esta polémica em torno da privacidade, o Facebook reagiu, respondendo no blogue da empresa às perguntas de um repórter: “Deveríamos ter sido mais claros junto das pessoas durante este processo, quando esta função ficou disponível para elas”.

A empresa acrescentou ainda que esta função só será aplicada às fotografias novas que entretanto foram postas online depois de esta função estar oficialmente activa e para quem não tenha feito opt-out.

O Facebook já se viu envolvido numa série de polémicas relacionadas com a privacidade dos seus utilizadores, uma vez que é política da empresa pôr em marcha funções deste género em regime de opt-out e não de opt-in, como reclama a maioria dos peritos em segurança.

A polémica mais recente tinha rebentado em Agosto último, depois de o Facebook ter lançado um novo serviço de geolocalização chamado Places, que necessita que os utilizadores o desactivem se não quiserem que os outros contactos o consigam localizar. O serviço, pensado para smartphones, consegue indicar a localização exacta de pessoas da rede.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 08:11 | link do post | comentar

Quarta-feira, 08.06.11

cabo-ethernet, o que é o IPV6?

O IPv6 foi a solução encontrada para resolver o problema da falta de endereços disponíveis no padrão IPv4, vigente actualmente.

 

Enquanto o IPv4 utiliza endereços de 32 bits e pode suportar até 4,3 bilhões de dispositivos conectados à internet, o IPv6 utilizará endereços de 128 bits e suporte a um número quase ilimitado de dispositivos, cerca de 340 undecilhões de combinações possíveis (ou 3.4×10 elevado a 38), se tornando mais rápido e deixando a internet menos onerosa.

 

Porém, embora o IPv6 seja considerado mais seguro que o antecessor, sua implantação necessita de uma atualização nos equipamentos de rede e softwares, pois o padrão não é compatível com o IPv4. E essa transição pode facilitar a invasão em sites por crackers.

 

De acordo com especialistas de segurança, os cabeçalhos do IPv6 são quatro vezes maiores que os do IPv4, o que significa que roteadores, firewall e dispositivos de rede terão de processar mais dados, dando espaço para que crackers explorem o novo protocolo.

 

No Brasil, o NIC.br criou um validador para que fosse possível checar quais sites já estão acessíveis por meio do padrão IPv6. A ferramenta também permite testar o funcionamento da rede.



Retirado de Mil Coisas tecnologia



publicado por olhar para o mundo às 15:45 | link do post | comentar

Quinta-feira, 02.06.11
O Rural Value está já disponível numa versão inacabada
O Rural Value está já disponível numa versão inacabada (PÚBLICO)

Um jogo português para o Facebook vai ser lançado este mês, ainda sem data definida, e coloca o jogador na pele de um agricultor do Alentejo, com o objectivo de gerir uma propriedade de forma ambientalmente sustentável.

 

Chamado Rural Value, o jogo é inspirado no FarmVille, um jogo popular em todo o mundo e no qual os jogadores têm de administrar uma quinta, o que inclui tarefas como plantar árvores ou cereais e criar gado. A mecânica de Rural Value é semelhante, mas todos os elementos têm rigor científico, nota o professor do Instituto Superior Técnico, em Lisboa, Tiago Domingos, responsável pelo projecto e investigador na área do ambiente.

“O que temos é um simulador de uma quinta, tudo o que lá está corresponde à realidade”, explica, frisando que até os valores envolvidos nas transacções (uma das formas de fazer dinheiro virtual é vender os bens cultivados) são baseados em valores reais de mercado. “Quem trabalha na área dos jogos tipicamente não os faz com uma base científica. O realismo agrícola do FarmVille é baixíssimo” – no FarmVille é possível, por exemplo, comprar vacas cor-de-rosa ou alienígenas.

Rural Value, que foi desenvolvido em parceria com a empresa portuguesa de jogos Biodroid, não tem fins comerciais e o objectivo é ajudar a alertar para as questões de desenvolvimento sustentável. “Há uma essência pedagógica e de divulgação”, nota o investigador.

Por ora, está já disponível no Facebook uma versão de testes de Rural Value. Esta demonstração mostra um ambiente de jogo muito semelhante ao FarmVille. Porém, o jogador pode levar a cabo algumas actividades que vão para lá da agricultura e que são típicas do Alentejo, como o turismo rural.

Rural Value estará disponível em português e inglês. “É importante divulgar isto para um cidadão de qualquer país”, argumenta Tiago Domingos. “Podemos captar a atenção de estrangeiros, que se podem tornar consumidores de eco-turismo ou de produtos tradicionais da agricultura portuguesa”.

Usar o Facebook como plataforma para este jogo permite ao projecto ter a possibilidade de chegar a muitas pessoas com um nível reduzido de recursos. “Se compararmos com o FarmVille, ou com um jogo para uma consola, a dimensão [dos recursos disponíveis] é completamente distinta”, refere Domingos. “Numa relação custo/benefício, o Facebook permite-nos chegar a mais pessoas, [o jogo] vai-se espalhando pela rede”.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 18:55 | link do post | comentar

Sexta-feira, 27.05.11

Samsung Galaxy Tab chega a Portugal

 

O novo Samsumg Galaxy Tab, o telemóvel mais fino do mundo, foi apresentado hoje no LX Factory, em Lisboa. Com um ecrã de 10.1 polegadas e uma resolução muito próxima do concorrente da Apple este telemóvel promete ser uma revolução.


Além de ser tão fino quanto o iPad2 e de ser um pouco mais leve, este telemóvel beneficia do novo sistema operativo Google Android 3.0 concebido apenas para os tablets. Uma das outras vantagens do novo Galaxy Tab em relação ao iPad é o facto de permitir utilizar Flash para ver televisão e filmes.


câmara de 8.0 megapixels é mais um atractivo por garantir uma alta qualidade tanto nas fotografias como nos vídeos.


Para ter um Samsung Galaxy novinho em folha terá de abrir os cordões à bolsa: por 589, 90 euros o telemóvel pode ser seu. Em Portugal, é a Vodafone que está a comercializar, por agora, oSamsung Galaxy, na versão com 16 GB de armazenamento

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 17:52 | link do post | comentar

Terça-feira, 24.05.11
Partido Pirata português quer downloads legais

 

 

O movimento Partido Pirata português pretende tornar legais os downloads de ficheiros através da Internet

Esta é uma das metas deste movimento que está a recolher assinaturas para se poder constituir legalmente como partido político.

 

Em declarações à Lusa, André Rosa, um dos fundadores do movimento, adiantou que o este defende «a reformulação dos direitos de autor, a abolição das patentes e a transparência política».

 

Para André Rosa «a cultura deve ser partilhada», pelo que faz sentido que os downloadas de música, de filmes e de livros sejam legais.

 

«Os artistas nunca ganharam muito dinheiro porque as editoras é que ficam com ele. Muitas vezes até quem tem os direitos de autor são as editoras e não os próprios artistas», acrescentou.

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 08:47 | link do post | comentar

Sábado, 21.05.11
Playboy disponibiliza arquivo histórico na Internet
A Playboy colocou on-line todas as edições da revista para adultos, desde a primeira edição publicada em 1953

Através do novo serviço, que se encontra disponível por subscrição e foi optimizado para iPad, passa a ser possível consultar todas as edições da Playboy, desde o primeiro número, publicado em 1953.

 

O arquivo reúne mais de 130 mil páginas da publicação, com todos os artigos originais.

 

Para Junho a Playboy pretende acrescentar novos conteúdos ao arquivo, incluindo vídeos exclusivos e artigos com recomendações em diversas áreas, desde a arte às novas tecnologias, passando pelo design e moda.

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 17:31 | link do post | comentar

Quarta-feira, 18.05.11

Versão portuguesa do site "SecondLove" bate todos os recordes de adesão. Só num mês, quase 8000 ppessoas inscreveram-se no portal de aventuras extra-conjugais.

 

O site "SecondLove.pt ", direcionado para pessoas casadas ou num relacionamento sério que queiram dar uma 'facadinha', chegou apenas há um mês a Portugal mas já conquistou 7.700 utilizadores portugueses.

 

Se em Espanha as 12 mil inscrições realizadas no espaço de dois meses tinham satisfeito os criadores do site, a "extraordinária adesão" dos portugueses está a deixar a equipa holandesa "bastante surpreendida", avança Anabela Santos, porta-voz do "Second Love" em Portugal.

 

Com uma média de 1900 inscrições por semana, o portal de relacionamentos online para gente comprometida está a registar um crescimento acima da média do obtido nos anteriores países onde o portal foi implementado (Holanda, Bélgica e Espanha).

A partir de 1 de junho começa o flirt no site

 

Lisboa é a cidade de origem de 46% dos registados, seguida do Porto com 21%. Ainda de acordo com os dados deixados pelos utilizadores nos seus perfis, 70% dos inscritos têm educação superior e a média de idades está entre os 35 e os 50 anos, Tal como nas versões belga, holandesa e espanhola do "Second Love", a predominância vai para o sexo masculino.

 

Ao longo do último mês, as mensagens têm chegado em catadupa à equipa portuguesa. "Mais do que dúvidas, chegam-nos felicitações pela ideia", conta Anabela Santos. Todos os "comentários menos simpáticos" foram banidos, mas a porta-voz garante que até agora não chegaram críticas ao conceito do portal. "As pessoas estão curiosas e têm bastantes expectativas. Querem saber o quanto antes quando é que vão poder navegar e ver os perfis dos outros utilizadores".

 

Por agora o site permanece no chamado "período janela", em que os membros apenas podem aperfeiçoar o seu perfil e tirar dúvidas. A partir do dia 1 de junho, o "Second Love" ficará finalmente ativo e os seus utilizadores poderão começar a procurar parceiros para as suas aventuras extra-conjugais online.

 

 
Reveja o vídeo Site de 'facadinhas' online chega a Portugal


publicado por olhar para o mundo às 08:03 | link do post | comentar

Sexta-feira, 22.04.11
Os famosos cartoons Happy Tree Friends ensinam o utilizador a respeitar as regras dos direitos de autor

 

 
Os utlizadores do site de partilha de vídeos YouTube vão ter de passar por uma espécie de escola onde o site, através de um vídeo dos famosos cartoons Happy Tree Friends, ensina o utilizador a respeitar as regras dos direitos de autor. No fim há ainda um questionário. E só depois de passar nesta prova o utilizador pode então usufruir dos serviços.
 

O YouTube decidiu também cancelar a conta dos utilizadores que forem apanhados várias vezes a infringir ou tentar infringir as regras de direitos de autor. Com três notificações o utilizador vai ver a conta bloqueada.

E para mostrar boa vontade, a equipa do YouTube afirma que apagará o histórico de infracções dos utilizadores, para que não fiquem bloqueados precocemente, contando os comportamentos erráticos a partir do zero, com esta nova medida.

Os utilizadores que enviarem falsas notificações sobre o comportamento de outros incorrem também em penalizações.

O YouTube afirma querer com esta medida não só actuar pedagogicamente para defender os direitos de autor, mas também contribuir para que sejam cada vez mais e de melhor qualidade os conteúdos totalmente originais publicados no site pelos seus utilizadores.

O vídeo pode ser visto aqui

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 10:48 | link do post | comentar

Segunda-feira, 18.04.11
O site tem como objectivo responder a pessoas que querem quebrar a rotina numa relação
 

Há um site a partir de hoje em Portugal que oferece um serviço original. Destina-se a pessoas comprometidas que querem conhecer outro alguém. As relações estão a mudar.

 

"A forma como encaramos as relações amorosas está a mudar." Quem o diz é Ana Alexandra Carvalheira, psicóloga, investigadora do Instituto Superior de Psicologia Aplicada e da Universidade de British Columbia, no Canadá, com uma tese de doutoramento sobre relações interpessoais e comportamentos sexuais na Internet. "Temos cada vez uma maior diversidade de tipos de compromisso. Desde as relações tradicionais com um elevado grau de compromisso, sustentadas numa família tradicional, até às relações abertas, com compromisso de menor grau, que aparecem num contexto social de transformação", afirma a investigadora.

"As pessoas estão muito preocupadas com o currículo pessoal, de vida. Preocupam-se com o trabalho, mas também em realizar-se a nível amoroso, social, cultural... Há cada vez mais pressão para nos realizarmos em múltiplas esferas, incluindo a nível sexual. E a Internet é um instrumento que auxilia esta demanda", conta a investigadora.

Foi no sentido de procurar responder a esta sede de realização em múltiplas esferas que surgiu o Second Love, um site dedicado exclusivamente a pessoas comprometidas, mas que procuram uma relação extraconjugal para se completarem.

"É um site de encontros para pessoas que procuram novas experiências e emoções, para os ajudar a fugir à monotonia das relações em que vivem. O que querem fazer depois e por quanto tempo é um assunto que deixamos ao critério do utilizador", diz Erik Drost, responsável internacional deste site que chega hoje a Portugal em secondlove.pt . 

São já 180 mil os utilizadores do Second Love na Holanda. E 20 mil na Bélgica e seis mil na vizinha Espanha. A maioria são homens - 75 por cento. O sucesso do projecto fez com que os responsáveis tentassem agora Portugal com este novo conceito. "Os nossos membros aumentam a um ritmo diário", assegura Erik Drost. E acrescenta: "Sabia que 40 por cento das mulheres e 60 por cento dos homens têm um caso fora da relação, a maioria só por um curto período de tempo?"

Terá esta questão uma base científica? De acordo com o geneticista Michael Hammer, da Universidade do Arizona, em Tucson, as mulheres passam mais genes aos filhos do que os homens. Por isso, ao longo da história humana, os homens foram mais poligâmicos, no sentido de espalhar os seus genes com mais eficácia numa lógica de evolução natural.

Longe desta visão da ciência, foi antes a perspectiva de um modelo de negócio que levou Miguel Moreira a lançar em Portugal, em 2005, o primeiro site de speed dating. Mas aqui falamos de um assunto só para solteiros.

"Os utilizadores registam-se e nós organizamos eventos de speed dating, com homens e mulheres, numa faixa etária definida, onde as pessoas conversam entre si. No princípio foi complicado, ninguém sabia o que era isto e há um certo conservadorismo. As mulheres tinham maior desconfiança. Mas hoje a maioria dos utilizadores do nosso site são mulheres", conta Miguel Moreira sobre o serviço que regista já 13 mil seguidores. "As pessoas não têm tempo para uma relação e encontram na Net o que lhes falta. Nós privilegiamos o encontro olhos nos olhos. Já fizemos casamentos e namoros." Mas há uma regra de ouro: ali só entram solteiros.

Já para os responsáveis do Second Love o modelo de negócio mais interessante estava em promover a hipótese de uma segunda relação. "Depois de analisarmos o mercado em que o Second Love opera, percebemos que não tínhamos muita concorrência. A maioria dos sites dedica-se a solteiros que procuram alguém para uma relação estável. Por isso achámos que o nosso conceito preenchia uma falha no mercado", diz Erik Drost. "Estudos indicam que um em cada três adultos comete adultério pelo menos uma vez na vida", remata.

E não teme encontrar a barreira do conservadorismo em Portugal. "A experiência com outros países prova que o mercado precisa de nós." E apostam na discrição. "Acreditamos que os casais modernos querem fugir à rotina e viver novas experiências. Mas essas fantasias muitas vezes acontecem com pessoas no emprego ou grupo de amigos. E isso é a causa do fim de 35 por cento dos casamentos. Aqui tratamos do assunto com cuidado."Ana Alexandra Carvalheira desvaloriza o grau de conservadorismo em Portugal. "As pessoas querem sentir-se realizadas em qualquer parte do mundo. Somos conservadores, sem dúvida, mas a procura dessa realização é maior. E procura-se o imediatismo, quer-se encontrar alguém e já. A Internet responde a isso, sem fronteiras geográficas."

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 12:07 | link do post | comentar

Quinta-feira, 14.04.11
Tribunais não podem impor bloqueio e filtragem de conteúdos
 
Os tribunais não podem obrigar os prestadores de serviços de Internet a usar sistemas de bloqueio e de filtragem de conteúdos com o objectivo de proteger os direitos de autor
 

Esta é a opinião do advogado-geral do Tribunal de Justiça da União Europeia, Pedro Cruz Villalón, que considera que tal sistema representa uma limitação ao direito de confidencialidade das comunicações e de protecção dos dados pessoais.

 

Pedro Cruz Villalón afirma que estes direitos estão consagrados na Carta dos Direitos Fundamentais, o mesmo acontecendo com o direito à informação que também fica diminuído com esta imposição.

 

Para este responsável apenas é admissível o recurso aos sistemas de bloqueio e de filtragem se tal estiver consagrado, de forma clara e acessível, na legislação nacional dos vários países da União Europeia.

 

A opinião do advogado-geral não é vinculativa, mas em 80 por cento dos casos o Tribunal de Justiça da União Europeia segue as suas recomendações.

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 20:57 | link do post | comentar

Quarta-feira, 23.03.11

 Fotos comprometedoras de actrizes de Hollywood circulam na Internet

 

Várias estrelas de Hollywood viram as suas fotografias mais comprometedoras serem divulgadas nainternet, após terem sido roubadas por hackersVanessa Hudgens foi a primeira vítima, mas agora também Scarlett Johansson tem fotos em que aparece despida.

 

Vanessa Hudgens, actriz de "High School Musical" fez queixa da ocorrência ao FBI, sendo que a polícia federal já se encontra a investigar. As fotografias roubadas a Hudgens estavam no seu telemóvel, suspeitando-se que os hackers conseguiram acesso privilegiado ao conteúdo do smartphone da actriz.

 

Também Scarlett Johansson foi alvo de hackers que tiveram acesso a uma foto da actriz totalmente nua. À semelhança de Hudgens, as fotografias foram roubadas do telemóvel pessoal e também já estão a circular na internet.

Jessica Alba e Miley Cyrus foram igualmente "assaltadas" mas as fotos ainda não foram divulgadas pelos hackers. O FBI já afirmou que está perto de apanhar os culpados.

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 15:21 | link do post | comentar

Segunda-feira, 21.03.11

Logotipo da campanha Censos 2011

Os Censos realizam-se de 10 em 10 anos, são obrigatórios (Lei 22/2008 de 13 de Maio) e permitem obter uma melhor noção em Portugal de quem é quem e como é. Isto porque provavelmente a Segurança Social não os consegue contar ou o Governo não aprendeu a somar as contas das pessoas que fazem Bilhetes de Identidade e o Cartão de Cidadão versus as pessoas que entram nos cemitérios, e ver quantos ainda estão por cá.
Neste texto falo problemas na linha telefónica, no site e na informação falsa colocada no RIPE.net.

 

site

 

site censos2011.ine.pt esteve offline até perto da uma da manhã conforme anunciei no meu Twitter. O mais engraçado é que no dia 20 o site estava online. Hoje, pelas 9h o site encontra-se online mas lento. É de notar que houve há uns meses um problema grave em que no dia de Eleições para a Presidência da República o estado teve problemas informáticos semelhantes. Se o Governo veio a público dizer que as pessoas responsáveis já tinham sido “despachadas”, penso que nem para despachar pessoas o Governo consegue fazer um bom trabalho. Estará talvez na hora do segundo round?

Visualização do relógio e da informação do site do Censos 2011 offline(clica na imagem para ampliar)

Uma das minhas preocupações é ter um site acessível. O facto de o ter acessível para mim, é simplesmente ter a possibilidade de navegar no site sem qualquer problema, mas que isso se estenda a qualquer tipo de deficiente que tente navegar no site: seja visual, físico, cognitivo, etc.
O Governo decidiu colocar o Símbolo da Acessibilidade na Web e ao lado o ícone do nível AA do WCAG 1.0. De notar que o WCAG 2.0, as normas mais recentes de acessibilidade, são recomendadas desde 2008. Em 2011, o INE decidiu usar algo que está obsoleto há três anos. E mesmo assim, usando um validados chamado de Examinator, encontramos erros de validação porque a página remete para um “302 found” em vez de remeter para a página que devia. Ou seja, mais um showoff do nosso Governo que tanto diz que gosta de ajudar os mais necessitados. No entanto, os problemas com ajudas técnicas continuam. Querem ajudar? Assinem a petição.

 

O telefone

 

Ontem dia 20 tentei contactar telefonicamente os Censos 2011 pelo 800 22 20 11. Escolhi uma opção e fui encaminhado para um operador. Esperei mais de meia hora a ouvir música. Quando fui ver o horário de funcionamento descobri que era só nos dias úteis. Ou seja, acho que andei a pagar uma chamada grátis desnecessariamente durante meia hora. Não entenderam? Eu explico: a chamada é grátis, não havia um aviso do horário de funcionamento e por isso, mais tarde, eu como contribuinte irei de certa forma pagar esta chamada e a incompetência do aprovisionamento de uma linha telefónica. Podia estar à espera uma hora, se calhar ia dar ao mesmo.

Hoje tentei contactar várias vezes desde as 9h da manhã, o número não se encontra disponível nem da rede fixa nem da rede móvel.

 

A falsa informação no RIPE.net

 

RIPE é a entidade Internacional responsável pela atribuição e pelo “label” dos IPs em Portugal, ou seja, é lá que obtemos a informação de quem é quem na Internet ou a quem é que um determinado IP ou uma determinada range de IPs pertence. Neste caso como sou geek, decidi ir ao RIPE pesquisar os contactos oficiais. Primeiro, fiquei realmente espantado pelo INE ter o seu próprio netblock, ou seja, um bloco de IPs só para eles. E depois,fiquei horrorizado: o contacto telefónico estava inválido. Relembro que nos domínios de Internet colocar falsas informações em domínios de Internet significa que podemos perder o domínio se o registar for muito rígido – ou as informações muito graves. Será que o INE poderá perder o seu range de IPs por isto? Claro que não. É Governo, e o Governo está imune a tudo e todos!

O facto é que continuo sem poder tirar dúvidas sobre o Censos, não é claro se o site é realmente acessível após o login porque a minha senha não funciona (daí ter que tirar dúvidas) e que uma entidade Governamental colocou falsa informação – seja por erro ou não – nos seus IPs.  Contra factos, não há argumentos. Já passaram 10 horas e meia do dia 21, o dia oficial do lançamento de algo que me parece ter sido um fracasso, tal como as Eleições. E agora a quem vamos atribuir as culpas?

 

Rui

 

Via Rui Cruz Weblog



publicado por olhar para o mundo às 13:45 | link do post | comentar | ver comentários (19)

Quarta-feira, 16.03.11

Twitter: das mensagens sobre o pequeno-almoço até às revoluções

 

Foi muitas vezes rotulado como uma ferramenta para escrever sobre irrelevâncias, mas agora até ajuda a lançar revoluções. A caminho dos cinco anos, o Twitter divulgou várias estatísticas: por dia, os utilizadores escrevem 140 milhões detweets.

 

A 21 de Março de 2006 foi enviada a primeira mensagem no Twitter (a palavra inglesa para chilreio). O autor foi um dos fundadores, Jack Dorsey. Dorsey trabalhava na empresa depodcasts Odeo, juntamente com os outros dois fundadores, Biz Stone e Evan Williams, ambos com um passado de empreendedorismo online (Williams foi o fundador do Blogger, comprado pelo Google).

Uma das principais componentes do Twitter era então a possibilidade de comunicar com um grupo de pessoas via SMS, o que determinou o limite de 140 caracteres que se tornou a imagem de marca do serviço.

A ferramenta é conhecida por ser usada para todo o tipo de mensagens: desde reflexões e descrições sobre o quotidiano até promoção de produtos e mensagens oficiais de empresas. Serve de canal de comunicação para marcas, celebridades e políticos e como plataforma de microblogging para milhões de pessoas.

Segundo os dados agora divulgados pela empresa, no mês passado foram criadas 460 mil novas contas por dia; o recorde de tweets por segundo é de 6939 (no quarto segundo após a meia-noite do Ano Novo no Japão); e a empresa tem 400 funcionários – tinha oito em Janeiro de 2008. O número de pessoas a usar o serviço através de dispositivos móveis aumentou 182 por cento ao longo do último ano.

A empresa começou a desenvolver um modelo de negócio assente em publicidade e emtweets cujos autores (tipicamente, empresas) pagam para surgirem em destaque. O financiamento provém essencialmente de investidores de risco.

Recentemente, o Twitter teve um papel importante como ferramenta de comunicação em revoltas em vários países onde o Estado exerce controlo sobre a Internet. O primeiro grande caso deu-se em Junho de 2009, na sequência das eleições no Irão, que provocaram uma onda de protestos.

Com a Internet e o trabalho dos jornalistas controlado, muita da informação que saía do país vinha de mensagens publicadas no Twitter, que era também usado como ferramenta de comunicação interna pelos manifestantes. O Governo dos EUA chegou na altura a pedir aosite para não fazer uma operação de manutenção que estava programada e que implicaria a interrupção do serviço.

O Twitter, a par do Facebook, tem também sido usado nas mais recentes revoltas no norte de África.

Em Portugal, um estudo levado a cabo por vários institutos de investigação e apoiado pela UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento, estima que, em 2010, 12 por cento dos cibernautas usava o Twitter pelo menos uma vez por semana e três por cento faziam-no diariamente.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 08:01 | link do post | comentar

Sábado, 12.03.11

Jennifer Aniston faz 'vídeos de sexo'

 

Actriz protagoniza a campanha de uma marca de água e brinca com todos os assuntos que fazem furor na Web.

 

 

Jennifer Aniston é a protagonista da nova campanha de publicidade da marca de água mineral Smartwater. No vídeo agora lançado, e propositadamente intitulado Vídeos de sexo de Jennifer Aniston, a actriz e a marca decidiram brincar com o mundo da Internet e fazem tudo para chamar a atenção.

 

Tanto o título da campanha, como o conteúdo insólito do anúncio, como animais, bebés a dançar, sensualidade, violência e sexo... tudo vale "para ter o máximo de cliques e visualizações desta campanha", brinca a actriz.

 

No final do vídeo, Aniston pergunta. "Como vamos chamar este vídeo?". Os seus acessores respondem: "Vídeos de sexo de Jennifer Aniston". Ao que a actriz remata: "Adoro isso".

 

Quem também faz uma participação especial no vídeo é Keenan Cahil, o adolescente-sensação do Youtube, que publica vídeos a interpretar êxitos da pop em playback.

 

Via DN



publicado por olhar para o mundo às 21:03 | link do post | comentar

Quarta-feira, 02.03.11
O iPad vai chegar às lojas também em branco
 
Steve Jobs, que está de baixa médica, surpreendeu ao subir ao palco para apresentar a segunda geração do iPad, que passa a ter câmaras integradas e mais capacidade de processamento. Chegará à Europa a 25 de Março.
 
O iPad vai chegar às lojas também em branco (Beck Diefenbach/Reuters)

O novo iPad é significativamente mais fino, mais leve e tem um processador mais rápido (com dois núcleos). O design faz lembrar uma versão grande do iPod Touch.

Como esperado, o novo modelo tem uma câmara frontal e uma câmara traseira. Está também equipado com um giroscópio (como já acontece com o iPhone e o iPod Touch), que poderá ser usado pelos produtores de aplicações (é usado em muitos jogos, por exemplo).

O iPad 2 estará desde início à venda em duas cores: branco e preto (a Apple era para ter lançado uma versão branca do iPhone 4, que nunca se materializou). Chega à Europa a 25 de Março, duas semanas depois de ser introduzido no mercado dos EUA. Os preços e as diferentes capacidades de armazenamento vão manter-se.

Na conferência de apresentação, em S. Francisco, Steve Jobs referiu ainda que a Apple pagou um total dois mil milhões de dólares (1,4 mil milhões de euros) aos produtores de aplicações (a empresa fica com 30 por cento das receitas de vendas na sua loja). E acrescentou que foram descarregados 100 milhões de livros electrónicos através da loja iBooks e que a loja do iTunes já conta mais de 200 milhões de contas.

Jobs – cujo aparecimento foi uma surpresa, após semanas de especulação intensa sobre o seu estado de saúde – não perdeu oportunidades para argumentar que a Apple está à frente da concorrência. É uma frase feita dizer que 2011 será o “ano dos tablets”, depois de 2010 ter sido amplamente descrito como o “ano do iPad”. O patrão da Apple, porém, chamou a 2011 “o ano das cópias”, referindo-se aos muitos modelos de tablets que este ano vão chegar às lojas, boa parte equipados com o sistema Android.

O Xoom (da Motorola, que também já comercializa vários smartphones com Android) é tido como um dos grandes concorrentes do iPad para 2011. Está equipado com a versão 3.0 do Android – a primeira concebida para tablets – e tem especificações técnicas de um topo de gama. Mas o preço de 800 dólares surpreendeu e tem sido apontado como excessivo para concorrer com o iPad.

Para além disto, a Samsung já anunciou a segunda geração do Galaxy Tab, o único aparelho que no ano passado surgiu como uma alternativa viável ao iPad. Uma das novidades do novo modelo é ter um ecrã de dez polegadas (o anterior era de apenas sete), semelhante ao tamanho do ecrã do iPad.

O primeiro iPad chegou às lojas americanas em Abril de 2010 e ao longo dos meses seguintes foi posto à venda no resto do mundo. A Apple vendeu no ano passado cerca de 15 milhões de unidades e deu início a um novo segmento de mercado.

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 19:53 | link do post | comentar

Concebido para iPad, o Flipboard permite criar uma revista digital feita a partir dos conteúdos que os amigos colocam nas redes sociais
 
A aplicação Flipboard, que permite aos utilizadores criarem a sua própria revista digital personalizada, recebeu o galardão máximo na primeira edição dos prémios Appys, que premeiam o melhor softwarecriado para dispositivos móveis.
 
Concebido para iPad, o Flipboard permite criar uma revista digital feita a partir dos conteúdos que os amigos colocam nas redes sociais (DR)

Durante o evento, que decorreu ontem à noite em São Francisco, a aplicação Flipboard foi nomeada best in show.

Um dos organizadores do evento, Sergei Kogut, disse que os Appys - que aspiram a transformar-se num evento anual - são a oportunidade ideal para os programadores pequenos e independentes brilharem.

“Só é preciso criatividade e uma boa ideia”, disse Kogut à BBC World Service. “A beleza deste mundo de pequenas e médias aplicações é que qualquer um, realmente, pode criar uma”, disse.

Concebido para iPad, o Flipboard permite criar uma revista digital feita a partir dos conteúdos que os seus amigos colocam nas redes sociais. A ideia desta aplicação é muito simples: as fotografias, recomendações, vídeos e textos que os nossos amigos e conhecidos vão colocando ou as recomendações que vão deixando pelas redes sociais (como o Facebook e o Twitter) ficam todas disponíveis num único sítio: o Flipboard, que acaba por actuar como uma revista digital, com um excelente design e óptima navegabilidade.

O Flipboard só mostra, porém, uma parte dos conteúdos agregados. Para se ter acesso aos conteúdos completos - por exemplo para uma notícia recomendada por um amigo - é preciso navegar para a respectiva página exterior à aplicação.

Os criadores do Flipboard são Mike McCue, fundador da empresa TellMe Networks, e Evan Doll, antigo engenheiro da Apple. Entre os investidores desta empresa contam-se o co-fundador do Twitter, Jack Dorsey, e o co-fundador do Facebook Dustin Moskovitz, bem como o actor e popular utilizador do Twitter (onde foi a primeira pessoa a ultrapassar o milhão de seguidores) Ashton Kutcher.

Outro dos vencedores da noite foi a aplicação Goby, na categoria mapas e localização, que oferece aos utilizadores o seu posicionamento geográfico e lhes dá a lista de locais interessantes em redor da sua posição.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 14:17 | link do post | comentar

Sábado, 26.02.11

Antivirus gratuitos

 

 

Os principais antivírus grátis do mercado ganharam, nos últimos meses, importantes atualizações, a ultima foi o Avast que esta na sua 6 edição.

 

Elas resultaram em várias mudanças nos sistemas de varredura contra vírus e no recurso de proteção em tempo real desses programas. As mudanças, para o bem ou para o mal, também incluíram a adoção de novas tecnologias, recursos e até a reformulação total da interface – caso emblemático do Avast, com o visual totalmente remodelado.

 

O Antivírus é hoje um software indispensável para qualquer usuário de computador, mas qual o melhor ?

 

Alguns profissionais, dizem, que o melhor antivírus é o atualizado, pois surgem vírus todos os dias, com isso a atualização é tão indispensável como o próprio antivírus. As desenvolvedoras de Antivirus gratuitos estão criando cada vez mais produtos de ótima qualidade para o usuário, e estão concorrendo em pé de igualdade com os pagos.

 

Mas você esta na duvida em qual instalar ?

 

Preparamos um resumo dos principais antivírus gratuitos :

Avast! Free Antivirus 6.0.1000 Final

 

o Avast! chega à sua sexta edição com a qualidade e a eficiência de sempre, e trazendo ainda mais novidades e facilidades para os usuários. Avast! já possui tradução para o português, facilitando ainda mais a vida dos usuários e permitindo um maior aproveitamento dos recursos oferecidos pelo programa.

Para saber mais sobre o programa clique aqui .

Para fazer o download clique aqui.


Avira AntiVir Personal Edition Classic 2010 10.0.0.611

 

O software conhecido pela proteção completa que fornece ao computador, sem que seja preciso pagar nada por isso e se destaca em relação aos concorrentes pela rapidez com que conquistou espaço no concorrido mercado de antivírus gratuitos. O programa, que foi evoluindo aos poucos, já pode ser considerado uma das melhores opções na hora de proteger o computador contra ameças

Para saber mais clique aqui

Para fazer o download clique aqui.


Microsoft Security Essentials 2.0.657.0

 

A primeira versão do Microsoft Security Essentials surpreendeu todos pela qualidade, e em agosto de 2010 foi apontado como um dos dez melhores programas antivírus pela AV-Comparatives, órgão especializado em realizar este tipo de avaliação. Fácil de usar,a ferramenta gratuita para a proteção de seu computador contra ameaças virtuais, com o selo de qualidade da Microsoft. A interface segue os moldes de elegância da marca, além de ser muito prática devido à qualificação das opções de maneira limpa e funcional

Para saber mais clique aqui

Para fazer o download clique aqui.


AVG Anti-Virus Free 2011 10.0.0.1153

 

Esta versão conseguiu ser mais rápida, ainda mais simples e, principalmente, mais eficiente contra ameaças. São mais módulos de proteção, mas isso não quer dizer que eles pesem no computador. Um grande mérito desta versão é aliar bom desempenho sem sugar recursos do sistema.

Para saber mais clique aqui

Para fazer o download clique aqui.


BitDefender Free Edition 2010

 

Apesar de não trazer anti-spyware, anti-spam e nem firewall, o antivírus gratuito da BitDefender garante um bom nível de proteção para os arquivos do PC. Mas software não é muito leve, o que pode gerar um longo tempo de carregamento do sistema operacional.

Para saber mais clique aqui

Para fazer o download clique aqui.

 

Via Mundo Connectado



publicado por olhar para o mundo às 10:03 | link do post | comentar

Sábado, 19.02.11

Expulsa do convento por utilizar o Facebook

 

Vivia num convento de Toledo há mais de 35 anos, mas o Facebook veio ditar a sua expulsão. María Jesús Galán recebeu ordem de saída por parte das outras freiras por causa do clima de tensão criado pelos hábitos online de Galán, que no ano passado lhe valeram um prémio da junta de Castilla-La Mancha.

 

Tudo começou quando, ao cabo de 24 anos frente ao arquivo, María Jesús Galán conseguiu vencer a resistência das suas companheiras e adquiriu um computador. Daí à Internet e às redes sociais foi um passo. Com recurso às novas tecnologias conseguiu catalogar e digitalizar quase todo o arquivo do convento, que conta 119 livros e mais de 3000 documentos, indica o ABC.

Graças a este seu labor, o governo regional tinha reconhecido em Maio no ano passado os méritos de Galán - conhecida por “soror Internet” -, pelo seu trabalho de catalogação de documentos e livros da biblioteca conventual, pela contribuição para a difusão destes documentos pela Internet e pela introdução de tecnologias num ambiente tradicional.

Numa das suas múltiplas entrevistas após ter recebido o prémio, María Jesús Galán dizia sentir-se “muito orgulhosa” de ser freira no convento Santo Domingo el Real e dizia ainda sentir-se “plenamente realizada” como religiosa. 

Acontece, porém, que onde outros viram interesse e diligência, as companheiras de mosteiro de María Jesús Galán viram uma tensão insuportável e um mal-estar crescente.

Na passada terça-feira, chegou a notícia, no próprio mural do Facebook de María Jesús Galán: “Expulsaram-me. Umas quenianas tornaram a minha vida impossível. A inveja pregou-me uma partida e elas ganharam. Hoje, o delegado da Vida Religiosa, junto com a madre prioresa e outras duas freiras, decidiram que eu teria que sair para que ficassem tranquilas as quenianas. Não têm vocação, mas vêm buscar dinheiro para as famílias. Não vale a pena meter o dedo na ferida. Estou em paz e sem nenhum tipo de rancor”.

Sabe-se que no mosteiro vivem 14 freiras estrangeiras, algumas oriundas de África e da Ásia.

O arcebispado de Toledo recusou-se a comentar o caso, considerando-o um assunto da “vida interna” da comunidade religiosa.

A notícia da expulsão da freira provocou protestos nas redes sociais e muitos internautas, de diferentes partes do mundo, deixaram no mural de María Jesús Galán mensagens de apoio.

Sabe-se que, depois da expulsão, María Jesús Galán, que cumpriu 54 anos no passado dia 1 de Janeiro - segundo o ABC - já foi inscrever-se no instituto de emprego.

A freira diz agora que poderá finalmente conhecer Londres e Nova Iorque, viagens que não poderia cumprir se tivesse continuado a viver no convento de Santo Domingo el Real, fundado no século XIV.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 17:11 | link do post | comentar

Sexta-feira, 18.02.11

Sitios com internet à borla em Lisboa e Porto

 

Já se sabe que a previsão meteorológica é mais ou menos como as análises de Rui Santos na SIC Notícias: raramente estão certas. Mas, nunca fiando, resolvemos acreditar nos cálculos do Instituto de Meteorologia - que, a partir de quarta-feira, apontam para um sol radioso e temperaturas máximas de 30º C em Lisboa e no Porto - e fazer um guia de esplanadas e cafés com internet à borla. Para quê? Para pegar no computador portátil e ir trabalhar - ou estudar - fora de casa (ao sol, de preferência).


Nestes espaços, só lhe é feita uma exigência: consumir. Já os downloads continuam a ser proibidos. 

Num ano, o número de hot- spots - locais de acesso grátis à internet - em Portugal praticamente duplicou. Segundo a JiWire, a entidade internacional que os identifica, existem 2853 em todo o país. Escolhemos oito. 

Lisboa
Colectivo Cultural dos Bacalhoeiros
Morada: Rua dos Bacalhoeiros, 125
Horário: 10h00 à 1h00
Telefone: 218 864 891
Todos os dias há uma expressão artística. Concertos, exposições e cinema num bar sem formalismos. 

Noobai Café
Morada: Miradouro do Adamastor, em Sta. Catarina 
Horário: 12h00 às 20h00 (sextas e sábados até às 24h) 
Telefone: 213 465 014
Uma das melhores vistas de Lisboa. Ideal para passar um fim de tarde solarengo. Sumos naturais, saladas e sopas são as especialidades da casa.  

Passion Fruit
Morada: Av. Elias Garcia, 137
Horário: 08h00 às 20h00
Telefone: 210 129 946
A fruta é a imagem de marca deste espaço e o conceito da ementa é comida rápida e saudável. 

Quinta do Conventinho
Morada: Museu Quinta do Conventinho, Loures
Horário: 10h00 à 1h00
Telefone: 219 839 600
É possível deixar as crianças na horta pedagógica deste museu que já foi convento. Há estacionamento gratuito.

Porto
Casa de Chá, Jardins de Serralves
Morada: R. D. João de Castro
Horário: 10h00 às 20h00 (sáb. e dom. das 10h00 às 19h00). Fecha às segundas. 
Telefone: 808 200 543
Tem serviço de buffet e fica no meio dos Jardins de Serralves.

Coffee Break
Morada: R. Helena Vieira da Silva, 300, Leça da Palmeira
Horário: 9h00 às 2h00
Telefone: 226 151 264
Bar jovem com música chill out e duas grandes esplanadas sobre o mar. 

Bar dos Artistas, Casa da Música 
Morada: Av. da Boavista, 604
Horário: 10h00 às 19h00
Telefone: 220 120 220
Todos os artistas que actuam na Casa passam por este espaço.

Café Ceuta
Morada: Rua Ceuta, 20
Horário: 7h00 às 23h00, fecha aos domingos
Telefone: 222 009 376
Muito frequentado pelos clientes das livrarias próximas, ainda se sente o ambiente de quando era um importante espaço de tertúlias literárias.

 

Via ionline

 

Já agora, o site onde podem verificar todos os locais em Portugal, é a Jwire



publicado por olhar para o mundo às 17:24 | link do post | comentar

Quarta-feira, 16.02.11

Espanha aprova lei que permite encerrar sites

 

O Congresso de Deputados espanhol aprovou hoje, depois de mais de um ano de polémica, a controversa lei que permite fechar páginas da Internet com descargas de conteúdos ilegais sujeitos a direitos de autor.

 

A lei, conhecida como Lei Sinde (nome da ministra da Cultura, Angelez Gonzalez-Sinde), permite que as páginas sejam encerradas apenas com ordem judicial, eliminando assim um dos obstáculos à sua aprovação.

 

Inicialmente, o Governo pretendia que as páginas da Internet fossem encerradas apenas com uma ordem administrativa, o que levou a oposição a rejeitar a proposta de lei que faz parte da Lei de Economia Sustentável, um texto mais amplo que abrange vários sectores de actividade.

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 10:01 | link do post | comentar

Segunda-feira, 14.02.11

Digsby

 

Certamente é do conhecimento geral que cada empresa proprietária de um programa de instant messaging tem o seu próprio protocolo de comunicação, diferente de cada outra empresa que basicamente faz a mesma coisa. Por exemplo, o WLM e o ICQ têm o mesmo fim, mas são de empresas diferentes. Este cliente, chamado deDigsby permite ligação a mais de meia dúzia de protocolos de comunicação instantânea e a configuração num cliente que corre à base de Java e consome poucos recursos.

Arquitetura

O produto tem um ótimo design. É multiplataforma e permite gravar as configurações para usar noutra máquina apenas usando o login password da conta de acesso principal. Essa conta guarda também todas as configurações da conta do utilizador, pelo que só precisamos de introduzir o login password de cada conta que queremos configurar.

Visual

O visual é apelativo, permite costumização através de vários skins. Como o produto é multiplataforma os skins são iguais em qualquer Sistema Operativo, o que torna a experiência igual e simples.

Organização

A organização podia ser melhor, uma vez que os contactos ficam por defeito todos juntos e só através do menu View podemos alterar para serem agrupados por rede. E mesmo assim, os contactos aparecem com foto, podia haver uma forma de por defeito ter uma vista mais abrangente como no cliente oficial do WLM.

Comodidade

Tentei correr a Timeline do Twitter, os Updates do FaceBook e ainda o pessoal do MSN a entrar. Resultado: o ecrã todo com popups que irritaram um bocado. Existe forma de controlar a situação colocando ou removendo popups ou sons, mas os mesmos para cada rede vêm sempre ativados. É necessário algum trabalho.

Instalação.

Ao instalarem, cuidado. Na instalação ele pede para instalar dois softwares como freeware, cliquem em Decline. E a janela contém publicidade. Para a peça de software que é, considero que a publicidade é aceitável

Cobertura de servidores de e-mail

Suporta ligação ao GMail, HotMail entre outros e permite verificação de mensagens e links directos para as mesmas.

Outras notas

Embora pareça uma crítica negativa, apenas deixei os pontos maus. Podem acreditar, mas no dia de hoje testei vários programas e este é sem dúvida o melhor. Além do site com bastante informação dispõem de um Wiki, um fórum e um blog.
A lista de redes que este programa suporta é: AIM, MSN, Yahoo, ICQ, Google Talk, Jabber, Twitter e Facebook.

download pode ser feito no site e está disponível para Mac OS, Windows e Linux.
Definitivamente, recomendo!

Rui

 

Via Rui Cruz



publicado por olhar para o mundo às 08:02 | link do post | comentar

Sexta-feira, 11.02.11

Mulher a amamentar

 

 

A história é simples: Leslie Power Labbe, uma psicóloga clínica de Santiago do Chile, tinha colocado como imagem de perfil no Facebook uma fotografia sua a amamentar o filho. Quando a rede social soube disto apagou-lhe o perfil. Mas o caso provocou tanta polémica que o Facebook voltou atrás

 

Tudo começou no dia 31 de Janeiro, quando a chilena recebeu um e-mail do Facebook dizendo que a sua fotografia era considerada ofensiva e que violava as condições de uso de imagens da empresa. “Eles mandaram-me uma notificação, na qual me informavam que a conta tinha sido encerrada por ter uma fotografia que atentava contra indivíduos e grupos e que o Facebook zela por aquilo que está dentro do seu domínio”, explicou Leslie Power Labbe ao “La Tercera”.
A política do Facebook no que toca à eliminação de contas indica expressamente que serão submetidas a ela todos os perfis que sejam denunciados como infractores da política de conduta estabelecida.
As condições de uso da rede social proíbem o upload de imagens consideradas obscenas e pornográficas. No tópico Termos e Condições (no fundo da página, à direita) pode ler-se, no ponto 3, que os utilizadores não poderão publicar conteúdo que “incite ao ódio, ameaçador, pornográfico, que incite à violência ou que contenha nudez ou violência gráfica ou gratuita”.
“Fotos que contêm um peito completamente exposto, por exemplo, violam esses termos (sobre material obsceno, pornográfico ou sexualmente explícito) e devem ser retiradas”, avisou a rede social na nota enviada à chilena.
O que não se percebe é porque é que o Facebook considerou que uma cena de aleitamento, com um peito parcialmente exposto, é considerada uma cena de nudez.
Prontamente, a jovem reenviou um e-mail para o Facebook argumentando que usava o perfil do Facebook para o seu trabalho. “A minha conta não é pessoal. Publicava aí notícias e investigações relacionadas com as neurociências e com o aleitamento”, disse ao “La Tercera”.
Leslie exerce há mais de 14 anos como psicóloga clínica e é perita em desenvolvimento infantil. 
Os argumentos de Leslie parecem ter surtido efeito. Apesar de o Facebook não a ter contactado novamente nem ter explicado porque decidiu reabrir a conta, o que é certo é que a chilena voltou hoje a ter Facebook, noticiou a rádio chilena Bio-Bio.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 13:01 | link do post | comentar

Segunda-feira, 07.02.11

Fraude com o prilampo mágico

Circula na Web um e-mail que encaminha os internautas para um site onde, a pretexto de donativos para a campanha do Pirilampo Mágico, são pedidos dados relativos ao cartão de crédito. A FENACERCI avisa que se trata de uma fraude.

 

 

FENACERCI , federação que organiza a campanha do Pirilampo Mágico, enviou hoje um comunicado às redações onde alerta para uma tentativa de fraude que anda a ser cometida.

De acordo com a nota, circula na Internet um e-mail que encaminha os internautas para um site onde, a pretexto de donativos para a campanha do Pirilampo Mágico, são pedidos dados relativos ao cartão de crédito.

"Trata de uma situação fraudulenta à qual a FENACERCI é totalmente alheia", diz o comunicado. A FENACERCI lembra os utilizadores que podem ser "vítimas de fraude através do acesso às contas ou captação de outros dados que tenha guardados no seu computador".

 

Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 23:08 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

ARRISCA DEZ ANOS DE PRISÃ...

MAIS DE 6 MILHÕES DE PASS...

Sexo, O que fazer com aqu...

O vírus Flame é uma das a...

Qualquer pessoa pode comp...

Árbitro Bruno Paixão admi...

Emprego: Queres trabalha...

Responsável da campanha "...

Rui Cruz, Eu arguido

Internet: Setor livreiro ...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Posts mais comentados
links
blogs SAPO
subscrever feeds

Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: