Quinta-feira, 23.02.12

Villas-Boas tem apoio de Abramovich? “Sim, claro”


O português André Villas-Boas insistiu nesta quinta-feira que continua a ter o apoio do proprietário do Chelsea, apesar de Roman Abramovich lhe ter feito chegar que não gostou do resultado da equipa em Nápoles (derrota por 3-1).


Questionado sobre se ainda tem o apoio de Abramovich, Villas-Boas respondeu prontamente: “Sim, claro.”

O português admitiu, porém, que o milionário russo não gostou do que viu em Nápoles.

“Falei com pessoas próximas dele. Ele está desiludido e fez perguntas sobre a forma como montámos a equipa, o que lhe foi explicado”, contou Villas-Boas, salientado não estar arrependido das escolhas que fez nesse encontro.

Villas-Boas deixou Lampard, Cole e Essien no banco, o que lhe valeu muitas críticas.

Numa fase em que o Chelsea está afastado da luta pelo título em Inglaterra e tem vida complicada nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, surgem cada vez mais rumores sobre uma possível troca de treinador no clube, com Rafael Benítez a ser agora o nome especulado.

“Isso não me afecta. No ano passado [no FC Porto], ligaram-me a diferentes clubes. E agora é o mesmo, quando os resultados não aparecem, fala-se de treinadores para este clube”, disse o português, não deixando de enviar um recado pelo facto de Guus Hiddink ter assinado pelo Anzhi.

“O vosso favorito foi para outro clube, por isso agora vão escolher outro e agora será esse”, referiu.

O momento do Chelsea, aliás, tem proporcionado muita contra-informação e especulação. De um lado, surgem nomes de treinadores para substituir Villas-Boas e por outro surgem notícias de apoio ao técnico, como uma notícia hoje publicada pelo tablóide "Sun": "Quando os jogadores questionam o treinador estão a questionar uma decisão do dono e Villas-Boas é uma escolha pessoal do sr. Abramovich. No passado, os jogadores mais velhos conseguiram impor a sua vontade sobre um treinador impopular, mas desta vez o sr. Abramovich está farto das suas pieguices", disse ao jornal uma fonte próxima do milionário russo, referindo-se às críticas de jogadores como Cole, Lampard e Essien, que podem estar de saída.

Na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Bolton, Villas-Boas assumiu ainda total responsabilidade pelo que tem acontecido no Chelsea.

“Há um caminho e há uma pessoa que assume a responsabilidade: eu. Os jogadores não o devem fazer, nem têm de o fazer. São jogadores de topo e sabem o que podem fazer em prol da equipa, mas só há uma pessoa que é responsável [pelos resultados], que sou eu.”

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 20:04 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Villas-Boas e Abramovich

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
links
blogs SAPO
subscrever feeds