Terça-feira, 07.02.12

Contador: “Vou continuar no ciclismo de forma limpa, como sempre”

Suspenso por dois anos pelo Tribunal Arbitral do Desporto, o ciclista espanhol garantiu que não pensa abandonar o ciclismo e reafirmou que está convicto da sua inocência.


“Vou continuar plenamente no ciclismo. Vou continuar a praticá-lo de uma forma limpa, como fiz toda a minha vida”, garantiu Alberto Contador em conferência de imprensa realizada nesta terça-feira em Madrid. O ciclista espanhol reagiu assim à sentença do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), que o condenou a dois anos de suspensão por um controlo antidoping positivo por clembuterol na Volta a França de 2010

Contador confessou sentir uma “desilusão enorme”. “Há um ano e meio que começou isto e não há um dia que não me levante e questione como posso encontrar-me nesta situação. Não o desejo a ninguém”, disse o ciclista espanhol, descrevendo como “um calvário” este ano e meio que levou à espera de uma sentença.

O ciclista espanhol, único corredor em actividade que já ganhou as três grandes corridas velocipédicas (Tour 2007, Tour 2009 e Tour 2010; Giro 2008 e Giro 2011; Vuelta 2008) manifestou “total desacordo” com a sentença do TAD e disse “não poder entender” o castigo que lhe foi aplicado.

“Com a sentença na mão, o sentimento claro com que fico é de inocência, de que não tomei doping”, vincou Alberto Contador. “Estes processos não se podem arrastar tanto tempo. Para bem do ciclismo e do desporto, que a justiça funcione mais rápido”, acrescentou o ciclista espanhol, que cumprirá suspensão até dia 5 de Agosto.

“Não sei como o meu corpo vai responder a todo o stress a que fui submetido durante este tempo”, apontou Contador, que mantém a vontade de continuar no ciclismo ao mais alto nível. “É verdade que em Agosto termina a suspensão, mas tenho de analisar tudo, organizar-me. O meu futuro não depende só de mim. Quando voltar [ao activo] é claro que gostaria de disputar as melhores provas”, frisou.

Contador reforçou ainda que vai “continuar a lutar até ao final” e não descartou a possibilidade de recorrer da decisão do TAD na justiça civil. “Algo está errado na legislação antidoping”, continuou o ciclista espanhol, que quer continuar na SaxoBank quando terminar o castigo: “Será a minha primeira opção”, garantiu.

Ao lado de Contador na conferência de imprensa esteve o director desportivo da SaxoBank, Bjarne Riis. “Quando o Alberto está impedido de andar de bicicleta, o contrato não pode continuar. Isso é óbvio”, apontou o dirigente, que no entanto sublinhou a vontade de continuar a contar com o ciclista espanhol: “Como equipa continuamos a apoiar o Alberto. Ainda falta muito tempo para Agosto. Temos de nos sentar e falar sobre o futuro. Se ele tiver vontade de continuar na equipa só posso dizer que a minha intenção será a mesma, terei todo o prazer em continuar com ele na equipa”.

 

Via Público

 



publicado por olhar para o mundo às 20:03 | link do post | comentar | ver comentários (1)

mais sobre mim
posts recentes

Contador: “Vou continuar ...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Posts mais comentados
links
blogs SAPO
subscrever feeds