Terça-feira, 01.11.11
O ponto G deles

 

Que o corpo do homem é cheio de zonas erógenas que adoram ser estimuladas, isso a gente já sabe. Mas você sabia que eles também têm um pontinho que funciona quase como o nosso ponto G, ao alcance das mãos? Fico pertinho da próstata, logo abaixo da bexiga, um pouco atrás dos testículos e, ao que tido indica, se bem provocado, aumenta ou facilita a excitação e o prazer.

 

O problema é que há certo preconceito com relação a esse ponto, porque seu estímulo remeteria a uma atividade homossexual. Imaginar que o homem que gosta da estimulação na próstata é gay assusta muitas mulheres, que deixam de explorar a região anal masculina. Mas é lá mesmo que o "ponto G" deles se localiza. "A próstata apenas pode ser alcançada através do ânus, introduzindo o dedo", explica o psicoterapeuta sexual Oswaldo M. Rodrigues Jr., diretor do Instituto Paulista de Sexualidade. "O estímulo, massageando a próstata, facilitará a ereção ser obtida e mantida através de um mecanismo neurológico simples, reflexivo", explica.

 

A estimulação não vai proporcionar a prolongação do orgasmo, mas facilita que a excitação seja mantida forte e por mais tempo. Isso porque a área é comprovadamente uma aglomeração de terminações nervosas ligadas ao prazer. A dica de Oswaldo é estimular no início do contato sexual, com a finalidade de favorecer a excitação e o desejo do homem.

 

Mas é fundamental que o casal tenha muita intimidade para que a relação não fique estremecida. "Um casal sintonizado e que não se preocupe com a homossexualidade, provavelmente fará bom uso do prazer e excitação que podem ser obtidos com este tipo de estimulação", completa Oswaldo. Como não há uma cartografia sexual para encontrar e tocar esse "ponto G" masculino, as formas de estimulá-lo são muitas. Haja sensibilidade feminina na procura do tesouro.

 

Via Vila dois



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 18.04.11
Ginseng ajuda no desempenho sexual

 


Não é de hoje que os casais procuram na culinária receitas infalíveis para apimentar a relação sexual. E para aumentar a lista de alimentos, um estudo da Universidade de Guelph, em Ontário, no Canadá, fez uma revisão dos chamados afrodisíacos naturais e descobriu que o ginseng e oaçafrão não poderiam ser descartados.

 

Os resultados foram divulgados na edição online do Food Research International. E além do açafrão e do ginseng, o estudo concluiu que uma substância chamada ioimbina, extraída de uma árvore nativa da África Ocidental, melhora o desempenho na cama.
 

O objetivo da análise, conduzida pelo professor de ciência alimentar Guelph Massimo Marcone, era encontrar alternativas naturais que pudessem substituir as drogas sintéticas. Entre os efeitos colaterais apontados por quem ingere remédios como Viagra estão dores de cabeça e dores musculares. "Mesmo os jovens que não têm problemas com a atividade sexual estão perguntando aos seus médicos sobre remédios contra disfunção erétil", preocupa-se Marcone.

 

Segundo o professor, o ginseng é eficaz no tratamento de disfunção erétil, além de aumentar a libido e os níveis de satisfação entre as mulheres na menopausa. A nutricionista funcional e diretora da Clínica Nutri DNA, Elaine de Pádua, explica que esta erva tem efeito vasodilatador, ou seja melhora a irrigação do sangue. "Desse modo, o órgão masculino funciona melhor, facilitando a ereção e a manutenção da mesma. Na mulher, a função vasodilatadora auxilia na lubrificação da vagina".

 

Segundo o professor, açafrão pode ser eficaz no tratamento da disfunção erétil, além de aumentar a libido e o desempenho. Dra. Eliane completa: "Este tempero tem ação anti-inflamatória e de modulação hormonal, ou seja, equilibra os níveis de hormônios, incluindo testosterona e estrogênio. Com isso, se a pessoa produzir estes hormônios de maneira correta terá uma vida sexual mais ativa e satisfatória."

 

Para gerar o efeito esperado, Dra. Elaine recomenda que os dois ingredientes sejam consumidos de três a quatro vezes por semana. "O ginseng é encontrado em chás e sopas. No caso do açafrão, a dica é colocar uma colher de café no arroz ou temperar o frango com ele".

 

Ao mesmo tempo, o estudo definiu como discutível a ação do chocolate e do vinho no desempenho sexual. Já o álcool, em determinadas quantidades, pode facilitar a atividade sexual por reduzir inibições. Porém, em demasia pode prejudicar a capacidade física na hora do sexo.

 

Marcone ainda advertiu contra algumas substâncias definidas como afrodisíacas, entre elas, a mosca espanhola e sapo Bufo. Embora haja evidências de que estas iguarias podem aumentar a excitação sexual, elas também são tóxicas para os seres humanos e pode levar a doenças graves ou morte em alguns casos.

 

Via Vila dois



publicado por olhar para o mundo às 21:21 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Eles também tem um ponto ...

Dicas para melhorar o des...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
links
blogs SAPO
subscrever feeds