Domingo, 02.10.11

Dde  Dióspiro

 

Existem alimentos cujo aparecimento pode ser encarado quase como uma premonição para os tempos futuros. O dióspiro é um deles.

 

A capacidade de prever o futuro já é associada ao dióspiro desde tempos antigos quando os nativos americanos cortavam as sementes deste fruto de modo longitudinal para prever a gravidade do Inverno que se seguiria, consoante a forma de colher, garfo ou faca existente no interior da mesma.

 

O dióspiro tem assim um bouquet nutricional feito à medida para nos proteger da diminuição das temperaturas sentida nesta fase ao reforçar o nosso sistema imunitário.

 

Embora a possua em razoáveis quantidades, não é primordialmente na vitamina C que o diospiro se alicerça quanto ao fortalecimento das nossas defesas, mas sim na sua riqueza em carotenos e na sua capacidade antioxidante. De resto, ao nível dos frutos frescos, apenas a manga e o damasco possuem níveis superiores deste pigmento com uma enorme capacidade de protecção das nossas células dos danos provocados pelos radicais livres.

 

São estes mesmos beta-carotenos, juntamente com outros potentes compostos fenólicos (idênticos aos encontrados no chá verde e vinho tinto) que fazem do diospiro um super-fruto no que ao seu poder antioxidante diz respeito e que apenas é superado pela romã e pela anona. Todo este potencial consegue ainda ser enriquecido quando no momento do consumo se opta pelo excelente hábito de lhe adicionar canela, outro potente antioxidante.

 

Nos alimentos, como em tudo na vida, não existe a perfeição e no caso do dióspiro a sua doçura e elevada palatibilidade tem justificação no seu alto teor de açúcar. Não há no entanto razões para discriminar o consumo de dióspiro por este facto, até porque, se por um lado se trata de um fruto sazonal que apenas está presente nas nossas mesas num período muito limitado de tempo, por outro, existem frutos mais “comuns” e com valores de açúcar mais elevados (como é o caso das bananas e uvas). Existem mesmo alguns estudos promissores que revelam que a pele do dióspiro, rica em antioxidantes e fibra, poderá ter um efeito benéfico no controlo glicémico de pacientes diabéticos, tal como na diminuição dos níveis de triglicerídeos e colesterol.

 

Em conclusão, os dióspiros têm um pouco de açúcar a mais, mas face a todas as outras vantagens que aportam, o melhor é aproveitá-los enquanto pode. Se possível com canela!

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 11:57 | link do post | comentar

Segunda-feira, 18.07.11

Como fazer durar a fruta portuguesa de Verão até ao próximo Inverno

 

No Verão a fruta portuguesa é deliciosa e a um preço mais convidativo. Aproveite para a fazer durar até ao Inverno

Quando eu era pequena a minha família tinha um grande pessegueiro no jardim e uma das coisas que mais gostava de fazer com a minha mãe era compota de pêssego. Recordo-me como era divertido e... delicioso.

 

Talvez hoje em dia já não seja tão fácil ter uma árvore de fruta praticamente dentro de casa, mas com a época de crise que atravessamos é necessário colocar a imaginação a trabalhar e encontrar novas formas de poupar.

 

No Verão a fruta portuguesa é de facto deliciosa e a um preço mais convidativo. Maçãs, pêras, pêssegos, ameixas, melão, figos... a oferta é extensa e variada para todos os gostos. Se tiver filhos, ainda lhes vai proporcionar uma fantástica tarde em família a fazer algo que poderão usufruir em futuros pequenos-almoços ou lanches de inverno.

 

Pode encontrar inúmeras receitas na Internet apurando a forma como faz a sua compota favorita, no entanto, deixo-lhe aqui algumas dicas úteis e uma receita base que funciona muito bem para quase todas as frutas.

 

Tão simples que todos podem participar!

 

- Utilize frascos de vidro e tampas que vedem bem e devidamente esterilizados (coloque-os dentro de um tacho de água a ferver por 5/10 minutos. Cuidado para não se queimar!)

- Escolha a fruta do seu agrado bem madura mas ainda firme

- Lave e descasque a fruta e corte-a em pequenos pedaços

- Num tacho grande que possa ir ao lume coloque 350 gramas de açúçar por cada 600 gramas de fruta e envolva bem. Deixe ferver em lume brando durante cerca de 30 minutos (depende da quantidade que estiver a fazer) até evaporar todo o sumo e a consistência ser do seu agrado. Não se esqueça de mexer para não pegar no fundo.

- Coloque o doce nos frascos enquanto o mesmo ainda estiver quente, para solidificar já dentro do frasco.

- Feche bem e conserve-os num local fresco e seco.

- Se os seus filhos gostarem de trabalhos manuais poderão ainda decorar as tampas ou fazer etiquetas personalizadas!

E já agora não se esqueça do título deste texto e de como é importante consumir fruta... nacional!



Via A Vida de Saltos Altos




publicado por olhar para o mundo às 08:09 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25.03.11
A vida de saltos altos - O mito da banana

 

É um dos alimentos prontos a comer mais soberbos que a natureza nos dá, e é injustamente rotulado como hipercalórico. Tantas dúvidas, questões e desconfianças se criaram em torno deste fruto. Vamos desmistificar este assunto.

É muito recorrente em prática clínica colocarem questões dos mais variados temas, sendo a fruta, e em especial a banana, a que levanta mais dúvidas.

 

A banana é um alimento muito rico, especialmente em potássio, magnésio e fibra, para além de conter outras substâncias, tais como, ferro, vitamina B6, vitamina C, zinco e ácido fólico.

1. A banana engorda ?

Não. O que irá engordar será o consumo diário de calorias da dieta (desde que acorda até quando se deita), e não a caloria individual de cada alimento. De entre as várias frutas, a banana pode ser uma das mais calóricas, mas não é necessário ser eliminada da nossa dieta, o importante na fruta é variar o mais possível, e optar pelas frutas da época, de modo a conseguir um aporte de vitaminas e minerais bastante interessantes. Se é daquelas pessoas que lhe apetece uma banana mas em vez disso vai optar, por exemplo, por um iogurte de aromas normal, que podem rondar as 140 calorias.

 

Em termos práticos se olharmos para as calorias de várias frutas, temos:

 

 

2. Qual a fase de maturação da banana mais recomendada?

O ideal é consumir a banana, ou qualquer outra fruta, no seu estado mais verde. Isto porque, quando ela está nesta fase mais é essencialmente constituída por água e amido (proporciona mais saciedade e controla melhor a fome), e à medida que a fruta vai amadurecendo, o amido vai-se transformar em açúcares mais simples (frutose - açúcar da fruta).

3. É verdade que os sumos de banana (ou outros frutos) engordam mais do que comer a própria fruta ?

Sim. Isto porque, normalmente, para fazer um sumo colocam-se várias peças de fruta, por exemplo, se fizer um sumo de laranja e este levar 3 laranjas estamos a falar de aproximadamente de 250 calorias, enquanto se comer uma laranja grande apenas ingere 84 calorias. Assim sendo, vai ter um produto rico em açúcar de fruta (frutose, glicose ou sacarose), com pouca fibra (a maior parte fica no espremedor), e se não consumir o sumo de imediato vai encontrar uma redução do teor de vitaminas, nomeadamente da vitamina C, que é facilmente oxidada.

4. É verdade que comer banana à noite não é recomendado ?

Não existe horários melhores ou piores para consumir fruta, esta pode ser consumida em qualquer horário, tudo depende do seu dia alimentar, o que já consumiu durante todo o dia, se irá logo dormir, mas acima de tudo há que ter em atenção se sofre de alguma patologia, nomeadamente a diabetes, o que será desaconselhado.

5. Comer banana reduz as cãibras ?

Sim pode reduzir, mas não evitar totalmente, isto porque as cãibras podem surgir por vários motivos: falta de cálcio, produção de ácido láctico (quando se faz força muscular), má hidratação durante o exercício físico, ou pela falta de potássio. A banana sendo uma fonte bastante rica em potássio pode realmente contribuir para o desaparecimento de cãibras (se este for o motivo das mesmas).

Esta fruta é um bom alimento para se consumir antes de fazer exercício (cerca de 40 a 50 minutos antes), pois a presença de amido vai aumentar a energia de uma forma mais prolongada, ao passo que outras frutas apresentam apenas frutose, que é um hidrato de carbono simples, de rápida absorção, com a libertação de energia momentânea.

Pode, por exemplo, fazer um batido antes dos treinos com: 1 banana pequena (tipo da madeira) + Frutos secos (cerca de 15 g, por exemplo, 3/4 nozes) + 200 ml de bebida de soja natural = 300 calorias

E esclarecendo alguns mitos sobre este maravilhoso fruto, penso que será altura de o deixar de culpar pelos quilinhos a mais na balança, tal como citou Antoine de Saint-Exupéry "A verdade não é, de modo algum, aquilo que se demonstra, mas aquilo que se simplifica".

 

Via A vida de saltos altos



publicado por olhar para o mundo às 19:24 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

D de Dióspiro

Como fazer durar a fruta ...

O Mito da banana

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
links
blogs SAPO
subscrever feeds