Quarta-feira, 01.06.11
A programação variada tem início a 17 de Setembro
A programação variada tem início a 17 de Setembro (Gonçalo Santos)

A música e a vida é o lema da próxima temporada Gulbenkian, apresentada ontem pelo director do Serviço de Música Risto Nieminen. "A música conta-nos histórias de vida, por vezes apenas através das emoções, outras vezes com o auxílio das palavras ou associando-se ao teatro", referiu Nieminen durante a conferência de imprensa depois de ter feito um balanço muito positivo da temporada anterior.

 

Dois grandes fios condutores orientam uma programação variada que tem início a 17 de Setembro com um recital da soprano finlandesa Karita Mattila: "Um Outono russo, no qual se destaca a apresentação das três últimas sinfonias de Tchaikovsky e a integral dos Quartetos de Chostakovich pelo Quarteto Borodin", e uma "Primavera dedicada a Wagner, antecipando um ano o bicentenário do compositor" e propostas como o projecto de Uri Caine Wagner e Veneza, uma versão de concerto da ópera Tannhäuser e o filme Ludwig, de Visconti.

Uma novidade será o ciclo Teatro/Música em parceria com o Teatro Maria Matos e apresentado por Risto Nieminem, em colaboração com Mark Depputer. "Se os públicos dos dois espaços se irão cruzar é uma incógnita", mas os dois mentores do projecto assim o desejam. Haverá espectáculos como a encenação multimédia da ópera O Castelo de Barba Azul, de Bartók, encomendada à Philharmonia Orchestra; a peça A Portuguesa (uma desconstrução do Hino Nacional) pela companhia Cão Solteiro; a coreografia Danza Preparada, de Rui Horta; e a estreia em Portugal dos Momente, de Stockhausen.

Ao todo, a temporada contempla 142 concertos (mais 11 do que no ano passado) e um total de 165 eventos, incluindo conferências, projecção de filmes e a continuação das transmissões da temporada de ópera do Metropolitan de Nova Iorque. Mantém-se também o ciclo Músicas do Mundo, outra inovação da última temporada (a primeira da responsabilidade de Nieminem), com início a 30 de Outubro com o ensemble Yair Dalal (música sacra da antiga Bagdad). Destaca-se a presença de grupos como o Ryuichi Sakamoto Trio e a estreia na Gulbenkian de António Zambujo, que fez uma pequena actuação no final da conferência de imprensa.

Te Deum em São Roque

No âmbito da música contemporânea salienta-se o ciclo dedicado ao maestro e compositor britânico contemporâneo Thomas Adès e o início do Festival Jovens Músicos, coordenado pelo compositor Luís Tinoco, em parceria com a Antena 2. O repertório português, praticamente ausente no ano anterior, está representado pela reabilitação da tradição setecentista do grande Te Deum na Igreja de São Roque no último dia do ano - neste caso com a interpretação do Te Deum de 1769, de João de Sousa Carvalho, pelo Coro Gulbenkian e pelo Divino Sospiro, sob a direcção de Jorge Matta - e por estreias de novas obras de Carlos Caires e Pedro Amaral. 

O ciclo Grandes Orquestras inclui a visita da Deutsche Kammerphilharmonie com Maria João Pires e direcção de Trevor Pinnock e do Ensemble Orquestral de Paris, bem como o regresso da Philharmonia Orchestra, da Orquestra de Câmara da Europa e da Orquestra Juvenil Gustav Mahler. 

A música antiga tem apenas sete concertos e, mais uma vez, deixa de fora a Idade Média e o Renascimento para se concentrar no Barroco (com as presenças da Freiburger Barock Orchester, da Orquestra Barroca de Veneza, dos contratenores Philippe Jarousky e Andreas Scholl e da soprano Patricia Petibon, entre outros) e desaparece o Ciclo de Canto. A já referida participação da soprano Karita Mattila foi inserida no ciclo de Música de Câmara. Regressam pianistas como Sokolov, Kissin, Hélène Grimaud, Radu Lupu e Brendel (para uma conferência e recitais de câmara) e a Orquestra Gulbenkian será dirigida por maestros de diferentes quadrantes estéticos, como, por exemplo, Kirill Petrenko, Peter Eötvös ou Philippe Herreweghe.

 

Via Publico



publicado por olhar para o mundo às 17:58 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Temporada da Gulbenkian c...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
links
blogs SAPO
subscrever feeds