Quinta-feira, 24.05.12
Bárbara Reis foi ouvida nesta quinta-feira na ERC
Bárbara Reis foi ouvida nesta quinta-feira na ERC (Foto: Dário Cruz/Arquivo)

A directora do PÚBLICO, Bárbara Reis, reiterou nesta quinta-feira de manhã, na ERC, que Miguel Relvas “fez uma pressão” sobre o jornal com diversas ameaças, e contou que o ministro lhe disse depois ter “humildade suficiente para pedir desculpa” pelo telefonema que fizera à editora de Política.

 

Bárbara Reis esteve a ser ouvida na Entidade Reguladora para a Comunicação Social durante duas horas e meia, em conjunto com o director-adjunto Miguel Gaspar.

No telefonema que fez à editora de Política depois de ter recebido por e-mail uma pergunta da jornalista Maria José Oliveira, “o ministro disse que ia fazer queixa à ERC, aos tribunais, ia dizer aos membros do Governo para não falarem com o PÚBLICO e iria revelar dados da vida privada da jornalista”. Questionada pelos jornalistas, a directora afirmou que o ministro especificou os dados, mas Bárbara Reis adiantou que não é “o momento” para os identificar.

“Na sequência dessa pressão, a direcção entendeu por correcto e importante protestar formalmente junto do ministro [dizendo-lhe] que o telefonema e a pressão tinham sido inaceitáveis”, contou Bárbara Reis. Nessa conversa, “o ministro respondeu a uma série de coisas e disse que tinha humildade suficiente para pedir desculpa à Leonete Botelho e foi o que foi fazer”.

Questionada sobre se Miguel Relvas teria razão para se sentir pressionado por a jornalista lhe ter dado 32 minutos para responder a uma pergunta, Bárbara Reis negou e respondeu que se trata de “um objectivo” temporal que a jornalista deu. O ministro acabaria por responder à pergunta colocada no prazo. 

No final da sua audição desta manhã, Miguel Relvas disse aos jornalistas que a única ameaça que fez foi queixar-se à ERC e aos tribunais e deixar, ele próprio, de falar com o PÚBLICO. Bárbara Reis mantém que existiram igualmente ameaças à jornalista e de blackout de todo o Governo ao jornal. “O ministro sabe o que disse, nós sabemos o que o ministro disse”, respondeu a directora do PÚBLICO, acrescentando: “Que ninguém tenha dúvidas sobre o que se passou: que houve pressão e que nós não cedemos à pressão. Nunca nos deixámos intimidar em 22 anos.”

Sobre o facto de o telefonema de Miguel Relvas ter acontecido na quarta-feira e a reacção da direcção ter sido só na sexta-feira, Bárbara Reis disse que o jornal tem “por princípio não reagir a quente nem de forma imponderada”. “Não conseguimos, por diferentes razões, nesse dia, discutir o tema, reunir, pensar. Ponderámos que resposta, se alguma, deveria ser dada, se, oral, escrita ou uma não resposta”, descreveu, garantindo que em momento algum a direcção e o jornal se sentiram “intimidados pela pressão”.

Bárbara Reis explicou que a notícia que estava a ser escrita pela jornalista Maria José Oliveira, para a qual precisava da resposta do ministro, “não foi publicada pelo facto de num processo normal de filtro e verificação que existe nas redacções foi considerado que não tinha informação nova e relevante para ser publicada naquele dia”. 

 

Retirado do Público



publicado por olhar para o mundo às 22:36 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Segunda-feira, 10.10.11
Viaturas da Empresa de Electricidade da Madeira transportam ilegalmente eleitores

Viaturas da Empresa de Electricidade da Madeira (EEM) estão a transportar ilegalmente eleitores para as mesas de voto no concelho da Calheta, acompanhados de autarcas. “A situação é grave e por isso já solicitámos a intervenção da PSP para por termo a esta irregularidade”, declarou ao PÚBLICO o juiz Paulo Barreto, delegado da Comissão Nacional de Eleições (CNE) na região.

 

Esta situação anómala tem sido registada em anteriores actos eleitorais em que os partidos da oposição se têm queixado não só do transporte condicionado de eleitores em viaturas do governo madeirense e de empresas públicas regionais, particularmente da Empresa de Electricidade, como também o acompanhamento dos votantes até as mesas de voto por parte de membros das juntas de freguesia. Em relação a esta empresa, a respectiva comissão de trabalhadores tinha denunciado, em plenário realizado na semana passada, a utilização abusiva de recursos da EEM na propaganda partidária durante a campanha eleitoral e no transporte de eleitores, num momento de dificuldades financeiras que levou a empresa a restringir direitos adquiridos pelos trabalhadores.

Com excepção deste caso, que até agora não tinha sido objecto de queixa por parte de qualquer partido concorrente, o acto está a decorrer com normalidade, adiantou Paulo Barreto. O representante da CNE no arquipélago adiantou que apenas tinha recebido pedidos de esclarecimento do Estreito de Câmara de Lobos e Curral das Freiras, onde funcionam mesas de voto nos centros cívicos das respectivas localidades, num espaço aberto onde estão funcionários das juntas de freguesia estão a ajudar os eleitores.

Com encerramento marcado para as 19h, estão a funcionar 270 mesas de voto, pelas quais se distribuem os 256.481 eleitores recenseados, mais 24 mil do que nas eleições regionais antecipadas de 2007. Concorrem nove partidos, um número recorde na região, que apresentaram 845 candidatos, entre efectivos e suplentes. Para a X Legislatura da Assembleia Legislativa da Madeira são hoje eleitos 47 deputados.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 00:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 28.06.11
Fãs choram à porta do Hospital, onde está o ex-D'ZRT
Fãs choram à porta do Hospital, onde está o ex-D'ZRT (Nelson Garrido)

O Hospital de Santo António deverá confirmar ao início da noite desta terça-feira o óbito do músico e cantor Angélico Vieira, vítima de um violento acidente de viação na madrugada do passado sábado.

 

Ao princípio da tarde, a equipa médica que acompanhou o actor nos últimos dias declarou morte cerebral a Angélico Vieira, de 28 anos, após verificar que tinha deixado de respirar espontaneamente.

“De manhã Angélico Vieira estava estável, mas os sinais vitais começaram a desaparecer”, disse esta tarde fonte hospitalar, sem adiantar mais pormenores. Uma outra fonte garantia que o actor permanecia ligado ao ventilador e que ia ser sujeito a um derradeiro teste antes de o hospital confirmar o óbito. 

Muitos fãs do actor continuam concentrados junto à entrada principal do Hospital de Santo António, na Baixa do Porto, e muitos acreditam que ainda possa ocorrer “um milagre”. Para além dos familiares mais próximos, têm passado pelo Santo António amigos pessoais do ex-vocalista dos D’ ZRT. 

Esta tarde, Edmundo Vieira, que fez parte da banda, esteve no hospital onde Angélico se encontra internado na Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente desde sábado, na sequência de um grave acidente de viação na A1.

Na viatura, conduzida pelo músico, que se despistou na sequência do rebentamento de um pneu, seguiam também Hélio Danilson Filipe, 25 anos, que teve morte imediata, e cujo funeral foi hoje, e Arminda Leite, 17 anos, que ficou ferida com gravidade e que permanece internada com prognóstico reservado.

O quarto ocupante da viatura, Hugo Mendonça Pinto, o único que na altura do acidente seguia com o cinto de segurança colocado, sofreu ferimentos ligeiros.

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 22:18 | link do post | comentar | ver comentários (4)

mais sobre mim
posts recentes

Directora do PÚBLICO reit...

Viaturas da Empresa de El...

Angélico Vieira

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Posts mais comentados
links
blogs SAPO
subscrever feeds