Terça-feira, 04.10.11
Perceves

Terminamos o mês de Agosto com mais um petisco de esplanada, talvez o mais desconhecido de todos, o perceve.

 

De facto, o perceve é um alimento com uma forte carga enigmática relativamente ao seu valor nutricional. Quer pela sua relativa precocidade nas nossas mesas (apenas a partir dos anos 1960 começou a ter valor comercial), quer pela sua fraca expansão gastronómica (quase só em Portugal e Espanha tem apreciadores), existem muitos poucos estudos realizados sobre a composição nutricional do perceve e sobre os seus efeitos na saúde.

 

No entanto, este virar de costas da ciência não é acompanhado pelos consumidores. Há cada vez mais apreciadores deste crustáceo de tal modo que se foi verificando a sua sobrexploração o que, em 2006, levou à criação de legislação bastante restritiva à apanha do perceve.

 

É interessante constatar que os poucos dados disponíveis sobre a composição nutricional do perceve oferecem excelentes notícias. O perceve é um alimento muito pouco calórico (menos de 100kcal/100g), sendo essencialmente composto por proteínas (cerca de 20 por cento) e água. A pouca quantidade de gordura que possui é maioritariamente polinsaturada com uma grande proporção de EPA e DHA, dois ácidos gordos muito conhecidos pelo seu papel benéfico na saúde cardiovascular, se bem que com ingestões superiores às existentes no perceve.

 

Tal como a maioria dos crustáceos, o perceve possui um teor razoável de colesterol. No entanto, não se pode estabelecer uma relação directa entre o colesterol dos alimentos e o colesterol sanguíneo, pois muitos outros factores, como a ingestão de gordura total (particularmente a saturada) e de ácidos gordos trans, entram nesta equação.

 

É no entanto na sua riqueza em vitaminas e minerais que o perceve encerra os seus maiores benefícios. Riquíssimo em todas as vitaminas do complexo B, possui igualmente elevados teores de magnésio, ferro, zinco e selénio, um potente antioxidante que não é muito fácil de encontrar nos alimentos.

 

Fica assim desvendado o mistério nutricional do perceve. Mais saudável do que agradável à vista, é sem dúvida uma das melhores opções a ter em conta no roteiro gastronómico deste Verão!

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 08:27 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Diccionário dos alimentos...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
links
blogs SAPO
subscrever feeds