Quarta-feira, 18.05.11

A cada idade o seu prazer: sexo aos 20 anos

 

Tirar o máximo proveito do sexo em qualquer idade, experimentar as suas fantasias sexuais e dominar a etiqueta sexual são formas de superar tabus e aceitar, em pleno, o prazer do seu corpo.

 O momento de todas as loucuras

O melhor é...

... a disponibilidade. Se estamos no auge da forma, aguentamos ‘directas' e subimos três lanços de escada sem ficar ofegantes, é claro que isso traz benefícios acrescidos na cama. Do ponto de vista físico não há melhor altura para as ‘maratonas' sexuais.

...a vontade de experimentar. Há muita coisa a explorar e a curiosidade é um factor estimulante, tal como a sensação de fazer algo pela primeira vez e apreciar prazeres até aí desconhecidos.

 

O perigo é...

...tornar-se competitiva. Numa idade propensa a excessos, pode cair no erro de encarar o sexo como uma competição, com metas a alcançar, o que pode ser gerador de ansiedade. Lembre-se que quantidade não é qualidade. Não tem de entrar no livro de recordes do Guiness, basta divertir-se.

...não saber lidar com as suas inibições. É comum em mulheres jovens haver ainda dificuldades na exposição do corpo ou em explorar o seu próprio prazer, que a impedem de desfrutar do sexo em plenitude. No extremo, isto resulta em falta de interesse sexual, um problema mais mental do que sexual propriamente dito e que pode advir de factores tão diversos como "a educação repressiva ou tensões externas, problemas com o companheiro ou medicamentos", explica a terapeuta sexual Ruth Westheimer, no livro ‘Prazeres Eróticos e Sensuais.' (Europa América).

Como aproveitar ao máximo

-Conheça o seu corpo. Perceba do que gosta e não gosta verdadeiramente, por oposição ao que pensa que é suposto gostar. A masturbação pode ser uma boa via de auto conhecimento. E se há altura boa para levar à prática as posições do kamasutra (ou inventar o seu próprio kamasutra) é agora.

-Converse com o seu companheiro caso sinta que tem alguma inibição. De facto, não falar é o pior que pode fazer. Não construa tabus, muito menos no sexo. Steve Lindauer, autor do livro ‘Sedução, Amor e Sexo, Segredos para uma vida Íntima Feliz' (Europa-América) salienta a importância de aprender a "deixar-se ir". Para muitos casais isto significa ultrapassar restrições irracionais e a comunicação é uma boa forma de começar.

- Estimule o desejo sexual. O velho adágio "quanto mais se tem mais se quer" não está longe da verdade, a crer na terapeuta Ruth Westheimer. Por isso, desenvolva a sua capacidade erótica, ou seja: pratique!

A palavra delas

"Só somos jovens uma vez e aos 20 tive a minha fase de loucura, com encontros de sexo casual e muitos parceiros, mas também acho que corri alguns riscos desnecessários."

Mafalda Antunes, 29

 

"O bom de ter 20 anos é que ainda somos completamente espontâneas e não pensamos no futuro, vivemos o presente de forma mais apaixonada e isso torna o sexo mais intenso."

Soraia Isabel, 21

 

Via Activa



publicado por olhar para o mundo às 21:03 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

A cada idade o seu prazer...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
links
blogs SAPO
subscrever feeds