Segunda-feira, 16.04.12

Dr. House atua no Coliseu dos Recreios

 

Ator chega a Lisboa em julho para um concerto acompanhado da Copper Bottom Band.

 

O ator Hugh Laurie, conhecido por desempenhar o papel de Gregory House na série de TV "House", chega a Portugal no dia 31 de julho para fazer um concerto no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.

 

Laurie editou, durante 2011, o álbum "Let Them Talk", uma homenagem ao blues de Nova Orleães e atuará em Lisboa acompanhada da Copper Bottom Band.

 

Os bilhetes custam entre €30 e €75.

 

Retirado do Expresso 

 



publicado por olhar para o mundo às 08:24 | link do post | comentar

Segunda-feira, 13.02.12

Petra Von Kant, poder e decadência em cena

 

A condição humana dissecada através da relação entre duas mulheres. O clássico "As Lágrimas Amargas de Petra Von Kant", de Rainer Werner Fassbinder, sobe ao palco do Auditório Carlos Paredes.


É o amor um jogo de poder e interesses? Está em cena até domingo, no Auditório Carlos Paredes, em Benfica, a peça "As Lágrimas Amargas de Petra von Kant", do autor alemão Rainer Werner Fassbinder, com adaptação da companhia FMT- Forever Mesmo Teatro.

Petra, uma estilista reconhecida internacionalmente, cai em decadência física e psicológica depois de pedir o divórcio e vai afundar-se num amor destrutivo por uma mulher, Karin Thimm. Uma jovem aspirante a modelo, de nível social e moral inferiores, cuja ambição falará mais alto do que a verdade dos sentimentos. Se for preciso amar, então fá-lo-á, sem pudor.

Marlene, a empregada e secretária da protagonista completa o triângulo de "quem não merece melhor, é feliz assim", numa procura de identidade sob a qual gravitam mais três personagens: Sidónia von Grasenabb (a amiga baronesa), a mãe Valéria von Kant e a filha Gabriela von Kant.

Retratos... a mulher e o capitalismo

"Não tem nada a ver comigo a nível de sentimento e posturas", revela ao EXPRESSO a atriz Susana Rodrigues. "Tive de criar uma personagem do zero. Vi filmes, tentei descobrir em mim algo que se pudesse assemelhar àquilo que a Petra sentia. Não foi realmente nada fácil mas está a ser maravilhoso representá-la".

A peça data dos anos 70 e deu origem ao filme homónimo de Fassbinder, considerado um dos mais importantes cineastas alemães do pós-guerra.

O autor utiliza a mulher para "despir" as relações de dependência, o papel do homem e da mulher, o casamento, o amor não correspondido, o conservadorismo, deambulando entre o ser, o estar e o parecer, num retrato também de análise crítica ao capitalismo na sociedade alemã dividida.

"Atualidade e irreverência"

"É uma peça sublime. Está entre os melhores textos que eu já li", revela ao EXPRESSO a encenadora Manuela Passarinho, justificando a escolha pela sua "atualidade" e "irreverência" até do próprio autor, "um homossexual assumido". "Ainda hoje muitas pessoas são amadas por interesses".

 

A moral do texto, defende Manuela Passarinho, é acabar com os "preconceitos" e "desafiar no bom sentido" para que sejamos "mais visionários". "Devem vir ver o espetáculo para pensarem na vida que têm, nas suas limitações e rotinas que podem ser quebradas, como deixar de alimentar um amor de quotidiano". E remata: "Dar coragem para saírem da falta de qualidade de vida e serem felizes. Estamos a profanar a vida".

 

Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 17:08 | link do post | comentar

Quarta-feira, 25.01.12

 

"Old Ideas" é o disco de Leonard Cohen que será lançado na segunda-feira. O Expresso disponibiliza em antecipação todo o disco para audição em streaming

 

Amor, morte, sofrimento e perdão são alguns dos temas presentes em "Old Ideas". O disco de Leonard Cohen será lançado segunda-feira, mas o Expresso disponibiliza em antecipação todo o disco para audição.

 

O disco celebra os 40 anos de carreira e surge após o músico canadiano, em 2008, ter sido forçado a voltar a fazer grandes digressões por ter sido enganado pela sua empresária, que lhe roubou 5 milhões de dólares, deixando Leonard Cohen numa complicada situação financeira.

 

O Expresso esteve presente numa audição do disco com a presença do músico, que respondeu em seguida às perguntas dos jornalistas.

 

O artigo sobre o novo disco de Leonard Cohen será publicado no caderno Atual do Expresso de 4 de fevereiro.

 

1 - "Going Home"

2 - "Amen"

3 - "Show Me the Place"

4 - "Darkness"

5 - "Anyhow"

6 - "Crazy to Love You"

7 - "Come Healing"

8 - "Banjo"

9 - "Lullaby"

10 - "Different Sides"


Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 20:51 | link do post | comentar

Quarta-feira, 16.11.11

Oiça aqui o novo disco de Pedro Osório (áudio e vídeo)

Oiça aqui o novo disco de Pedro Osório (áudio e vídeo)

 

"Cantos da Babilónia", o novo disco do maestro Pedro Osório baseado em cantos tradicionais de diversos lugares do mundo, é disponibilizado para audição integral no site do Expresso


"Cantos da Babilónia" é um disco de Pedro Osório que reúne cantos tradicionais dos mais diversos pontos do mundo, do Quénia ao Vietname, passando pela China ou por Portugal.

 

O disco resulta das pesquisas e experiências levadas a cabo ao longo de dois anos e meio por Pedro Osório.

 

Maestro, orquestrador e diretor musical, conhecido pelos inúmeros trabalhos desenvolvidos em diversas áreas da música pourtuguesa, do Fado à Música Clássica ou à Música Ligeira do Festival da Canção, ao longo do seu percurso Osório colaborou com Carlos Paredes, Simone de Oliveira, Sérgio Godinho, Fernando Tordo ou Herman José.

 

O Expresso disponibiliza para audição integral os 10 temas do seu disco que é editado esta semana.


1 - Kerekeria

2 - "As Mãos que Cantam"

3 - "Da Terra se Faz a Vida"

4 - "Memórias com Todas as Cores"

5 - "O Beijo do Sol"

6 - "Flores de Pedra"

7 - "Mensagem dos Espíritos Distantes"

8 - "Dança em Sol Menor"

9 - "O Segredo da Terceira Visão"

10 - "O Arame que Conta Histórias"



Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 11:34 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sábado, 22.10.11

Os Buraka Som Sistema explicam o significado e o motivo por que batizaram o disco que lançam segunda-feira de "Komba", um trabalho que em novembro vão apresentar ao vivo nos coliseus 

 

Os Buraka Som Sistema atuam pela primeira vez nos Coliseus do Porto e de Lisboa em novembro, algo "muito especial", mesmo para uma banda que já teve uma plateia de mais de cem mil pessoas na Colômbia.

 

"Claro que tem [um sabor especial atuar nos Coliseus]. Obviamente que tocar no Rock al Parque [em julho deste ano em Bogotá, Colômbia] para 110 mil pessoas foi espetacular, mas é um 'feeling' completamente diferente de tocar no Coliseu, no país onde vivemos. Os Coliseus continuam a ser uma coisa muito especial em Portugal", afirmou um dos membros da banda, Riot (Rui Pité), em entrevista à agência Lusa.

 

Nos concertos será apresentado o mais recente trabalho da banda, "Komba", a editar na segunda-feira.

 

"Por norma as bandas fecham a tour [digressão] no Coliseu, nós, como somos do contra, preferimos começar", disse Riot.

 

Em Lisboa e no Porto, a ideia dos Buraka Som Sistema é, nas palavras de outro dos membros, Kalaf Ângelo, "fazer as canções brilharem em todo o seu esplendor".

"Vamos preocupar-nos em dar um bom concerto"

"Não vamos estar com grandes subterfúgios, não vamos estar a exagerar, que é isso que se espera de uma banda que chega ao Coliseu: pirotecnia, balões. Se bem que balões são uma boa ideia, mas vamos tentar fazer com que as canções tenham o seu espaço. Vamos preocupar-nos em dar um bom concerto", garantiu.

 

Os Buraka Som Sistema, uma das mais sólidas bandas portuguesas no circuito internacional, estarão no dia 10 de novembro no Coliseu de Lisboa e no dia 19 desse mês no Coliseu do Porto.

 

Nos últimos meses, o grupo tem estado entre cá e lá, em festivais portugueses e estrangeiros. Em julho atuaram, além de Portugal, na Colômbia e na Hungria, em setembro estiveram na Alemanha e em Itália e este mês já passaram pelo Brasil e pelos Estados Unidos da América.

No currículo, a banda conta ainda com atuações em países tão díspares como Espanha, Japão ou Cabo Verde.

 

Os Buraka Som Sistema são J-Wow (João Barbosa, DJ), Conductor (Andro Carvalho, MC), Riot (Rui Pité, DJ) e Kalaf (Kalaf Ângelo, MC).


 


Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 10:57 | link do post | comentar

Terça-feira, 23.08.11

Festival do Crato 2011

 

O tango eletrónico dos Gotan Project e as atuações de Gabriel o Pensador e do fadista Marco Rodrigues são alguns dos destaques da edição deste ano do Festival do Crato, que arranca quarta-feira, naquela vila do norte alentejano.

 

O festival, que decorre até sábado, é promovido pelo município local e apresenta, além do "prato forte" da música, o melhor do artesanato e da gastronomia daquela região alentejana.

 

Em declarações à agência Lusa, o vice-presidente do município, Fernando Gorgulho, classificou a edição deste ano do certame como sendo "excelente" e "bastante equilibrada".

 

Da "banda sonora" do primeiro dia do festival, na quarta-feira, destacam-se o concerto dos Expensive Soul e a apresentação do novo álbum, "Tantas Lisboas", do fadista Marco Rodrigues, acompanhado pela fadista Alexandra Martins.

 

Os Homens da Luta e os Deolinda sobem ao palco na quinta-feira, sendo a vez, na noite seguinte, dos Clã e do brasileiro Gabriel o Pensador, que abre no Crato a sua nova digressão por Portugal.

 

A última noite do Festival do Crato, sábado, está reservada para o rock e os blues do Legendary Tigerman e para o regresso aos palcos nacionais do tango eletrónico dos Gotan Project, "um dos grupos mais aclamados pelo público de todo o mundo", segundo a organização.

 

Guitolão World Project, David Almeida "Grupe", Jominho e Filarmónica do Crato são outras das propostas musicais, distribuídas pelas várias noites do festival.

DJ's pelas madrugadas

As madrugadas também não foram esquecidas pela organização e vão ser animadas por "importantes" DJ's nacionais e internacionais: DJ Glue, que atua com o ex-Da Weasel MC Virgul, Marcelinho da Lua, o coletivo Bailarico Sofisticado e DJ Moreno.

 

O Festival do Crato inclui ainda vários momentos de animação de rua e, a pensar nos mais novos, programou também diversos ateliers.

 

De acordo com Fernando Gorgulho, o programa deste festival é "equilibrado", uma vez que reúne projetos musicais à escala regional, nacional e internacional.

 

Com o país a atravessar problemas financeiros, o autarca sublinhou que a realização do certame só é possível porque "se faz uma programação orçamental", a qual "não se pode exceder".

 

Ainda que sem mencionar o valor envolvido para montar o festival, o autarca assegurou que o relatório de contas do certame será apresentado publicamente no fim da iniciativa, à semelhança do que foi feito em 2010.

 

Retirado do Expresso



publicado por olhar para o mundo às 09:48 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Dr. House atua no Coliseu...

Petra Von Kant, poder e d...

Oiça aqui o novo disco de...

Oiça aqui o novo disco de...

Buraka regressam com a eu...

Festival do Crato 2011

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Posts mais comentados
links
blogs SAPO
subscrever feeds

Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: