Quarta-feira, 07.12.11

Isabela já começou a movimentar o braço e a mão

 

Isabela, de dois anos, tornou-se famosa no YouTube com o vídeo "Não fecha a porta, tá? Tranquilo?". Um ano depois, as receitas de publicidade alcançadas com as imagens pagam os tratamentos a uma lesão da menina.

 

"Não fecha a porta, tá? Tranquilo?". A frase de Isabela, de dois anos, tornou-se um verdadeiro fenómeno de popularidade na Web depois do seu pai ter publicado no YouTube o vídeo onde a menina demonstra total indignação por lhe terem fechado a porta do quintal. Um ano depois, as imagens já foram vistas por mais de 11 milhões de pessoas, popularidade que acabou por ser preciosa para conseguir pagar um tratamento de saúde da própria Isabela.

 

Inesperadamente, o pequeno vídeo caseiro começou a ter uma avalanche de acessos diários. A espontaneidade de Isabela levou o pai a ir filmando mais episódios engraçados da filha e a abrir o canal "Aventuras da Menina Isabela" , no YouTube.

 

Os fãs, tal como as visitas aos vídeos, foram-se multiplicando e um dia o pai recebeu um convite da Google a propor parceria. Resumindo: a publicidade inserida tanto no vídeo de Isabela, como no canal criado para os episódios da menina, gera agora lucros que vieram ajudar a família a suportar os gastos dos tratamentos que a menina precisa para recuperar de um problema de saúde.

 

Lesão provocada pelo parto

 

Ao nascer, Isabela sofreu uma lesão grave: "Foi um parto natural complicado, que resultou numa grave lesão do plexo braquial direito. O plexo braquial é um conjunto de nervos responsável pelo movimento e sensibilidade dos membros superiores. Por isso, perdeu todos os movimentos do braço direito", explicam os pais no perfil de Facebook que criaram para os fãs da menina.

 

Para voltar a mover o braço, Isabela foi submetida a uma cirurgia em 2010, poucos meses antes do vídeo ser publicado no YouTube. "Ainda estávamos a pagar a operação quando o vídeo foi publicado", contaram os pais, em entrevista à Globo. "O seguro de saúde não cobria o tratamento e os gastos com a cirurgia foram muito altos. No fim, acabou por ser a Isabela quem pagou tudo".

 

As receitas da publicidade começaram a pingar em outubro de 2010 e, atualmente, a família recebe todos os meses o dinheiro suficiente para pagar o tratamento de Isabela e ainda as aulas de hidroterapia, fisioterapia e ballet. As melhoras saltam à vista, com  a menina a ser já capaz de fechar o braço e movimentar os dedos.

 

Apesar do sucesso dos vídeos de Isabela - cujo canal no YouTube tem quase 24 mil subscritores e mais de 30 milhões de visitas em apenas um ano - , os pais não pretendem uma carreira televisiva para a filha. "Não queremos seguir esse caminho, nem expô-la de mais. Depois do Natal, vamos parar".

 

Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 22:43 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

Sucesso no YouTube paga t...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
links
blogs SAPO
subscrever feeds