Segunda-feira, 11.06.12

A aldeia austríaca chinesa

 

A China inaugurou uma aldeia austríaca. Soa estranho, mas é verídico: na província de Guangdong, uma empresa inaugurou uma cópia de Hallstatt, aldeia dos Alpes austríacos integrada em Património classificado pela UNESCO. E a Hallstatt chinesa já abriu a visitas, entre parque de diversões e condomínio de luxo.

Hallstatt é uma pitoresca aldeia austríaca com séculos de história, célebre pela sua mina de sal, postal ilustrado perfeito de montanhas e lago -  já lhe chamaram "a mais bela aldeia do mundo" -, localizada na Alta Áustria e cuja área (Hallstatt-Dachstein) está integrada na lista de Património Mundial da UNESCO. Por outro lado, Hallstatt é uma novíssima aldeia chinesa, recentemente inaugurada no sul do país, e que decalca ao detalhe a aldeia original, lago e montanhas incluídos.

 

A Hallstatt versão China fica perto de Huizhou, na província de Guangdong, na margem de um lago artificial e além de ruas onde se perfilam as típicas casas não falta sequer uma cópia integral da igreja da terra austríaca, com a sua torre e estátuas de anjos. Um conceito tão Disney que, na verdade, até recorre aqui e ali a alguns dos célebres personagens dos desenhos animados (como Mickey ou Donald).

 

O projecto, que abrange um milhão de metros quadrados, é assinado pela empresa Minmetals Land, braço imobiliário de um gigante chinês das minas, a Minmetals, e orçado em mais de 750 milhões de euros. E o desenvolvimento continua, com melhoramentos globais e novas construções.

Pelos lados da aldeia original, onde vivem cerca de 800 pessoas, o projecto começou por não ser muito bem recebido. E ainda há críticas. Mas agora até o presidente da câmara local se deslocou à China para assistir à inauguração do empreendimento. Uma das razões é prática e simples: o projecto tornou-se um passeio de sucesso para milhões de chineses; e, para muitos, a original Hallstatt tornou-se também um potencial destino turístico. Logo, o aumento do número de turistas fez a região austríaca mudar de opinião sobre o controverso projecto... Em 2005, houve 50 visitantes chineses em Hallstatt. Agora são milhares, segundo referiram responsáveis autárquicos austríacos à Reuters.

 

"Não foi assim tão controverso", desdramatizou Alexander Scheutz, presidente da Câmara da Hallstatt original. "Ficámos apenas surpreendidos por uma pequena aldeia da Áustria ter sido reproduzida. Mas agora estamos muito orgulhosos de que tenha acontecido", assegurou.

 

Para além de verdadeiro parque de atracções e atracção turística, a falsa aldeia é também uma espécie de condomínio de luxo, com casas a serem vendidas a um preço médio de 9000 yuans (cerca de 1137 euros) o metro quadrado.   

        

Junto dos turistas chineses, o projecto tem sido um êxito, uma viagem a uma certa ideia romântica da Europa sem sair da China. "No momento em que entrei aqui, senti que estava na Europa", resumiu um visitante, Zhu Bin.

 

Ainda assim, na verdadeira Hallstatt nem todos estão convencidos por este milagre da clonagem. "Na minha opinião, é inaceitável", comentou Karin Höll, habitante da aldeia que é Património da Humanidade, sublinhando: "Hallstatt é única na sua cultura e tradições. Não se pode copiar isso".

 

Entretanto, o portal oficial do turismo da austríaca Hallstatt já actualizou o seu slogan. Passou a "Hallstatt - a original. Fotografada milhões de vezes. Copiada uma vez. Nunca igualada".

 

Noticia do Público



publicado por olhar para o mundo às 17:27 | link do post | comentar

Segunda-feira, 09.04.12

As filas eram menores no sábado, mas os turistas continuam a lamentar as dificuldades para pagarAs filas eram menores no sábado, mas os turistas continuam a lamentar as dificuldades para pagar (Melanie Map's)

O sistema de cobranças, sem portageiros, revela-se um fracasso. Os turistas queixam-se: "Até para pagar se criam dificuldades"

 

Os espanhóis esperaram, e desesperaram, para entrar em Portugal, pela fronteira do Guadiana, neste período da Páscoa. O sistema de portagens, instalado na Via do Infante (A22), à saída da ponte, é "confuso, ineficaz". Muitos, mesmo sem querer, acabam na EN125, contribuindo para congestionar ainda mais esta via de elevada sinistralidade.

A Estradas de Portugal (EP) procurou, nos últimos três dias, "humanizar" o serviço de cobrança de portagens na A22, colocando na fronteira de Castro Marim/Vila Real de Santo António uma funcionária para ajudar os automobilistas a operarem a máquina de pagamento. O movimento das mini-férias da Páscoa serviu para testar o que já se sabia: até para pagar se criaram dificuldades aos turistas.

O casal João e Lola, na casa dos 30 anos, está entre os muitos espanhóis que apreciam a gastronomia portuguesa. Neste sábado, quando viram o sol a brilhar, decidiram partir de Huelva. "Como funciona?", pergunta Lola, bem disposta, ao aproximar-se da máquina de pagamento de portagens. A funcionária da EP pergunta-lhe para onde vai, mas Lola ainda não sabe, a ideia é mesmo "andar por aí". Quando o destino é incerto, aconselha a funcionária, é melhor comprar um bilhete de 20 euros, válido por três dias - pode entrar e sair da A22 as vezes que quiser. "Mas nós só vimos comer, vamos a Tavira, voltamos para casa". Para fazer o trajecto, ida e volta - diz a tabela - a portagem a pagar é de 4,60 euros. Mas a mesma tabela adverte que "o mínimo que o dispositivo cobra são dez euros".

"E se não pagarmos, o que acontece?", questiona João. A pergunta fica sem resposta e a funcionária da EP sugere que, nesse caso, para não se sujeitarem a coimas, o melhor é meterem-se na EN125. Lola não sabe se percebeu bem a resposta, uma vez que nem ela fala português nem a funcionária castelhano.

"Serviço personalizado"

Outro condutor de Madrid dirige-se com a família a Vilamoura. "Conheço bem Lisboa e Porto, venho pela primeira vez ao Algarve", diz. Mostra o dispositivo electrónico de identificação do veículo que usa nas auto-estradas espanholas e pergunta se é válido em Portugal. Após um telefonema, a funcionária da EP esclarece que não serve.

Ontem, ao contrário do que sucedeu nos dois dias anteriores, não houve filas para pagamento, mas os automobilistas continuavam a protestar, por acharem as portagens "caras e, ainda por cima, difíceis de pagar". Manuel Horta, emigrante em França, andava de um lado para o outro sem saber o que fazer: "Já fui à policia e nem eles sabem dizer-me como posso pagar as portagens". Andou pela Via do Infante, com a viatura de matrícula estrangeira, sem pagar. Nos Correios disseram-lhe "que o sistema não lia matrículas estrangeiras". A representante da EP encolhia os ombros.

A meio da manhã, chega ao local o director regional da EP. Sobre a confusão do sistema de cobranças, Luis Pinelo, disse ao PÚBLICO que o apoio de informação no local só decorreu no período da Páscoa. Para os restantes dias, existe um número de apoio, que remete para o call center da empresa, em Almada. E acrescentou que na estação de serviço de Olhão existe um "serviço personalizado, a funcionar 24 horas".

O serviço personalizado é o funcionário da bomba que, quando não está a receber os pagamentos do combustível ou a vender chocolates e bolachas, também presta informação sobre o pagamento das portagens. Anton Bergario, de mapa na mão, aproxima-se dele, adiantando que pretende ir a Faro e "talvez um pouco mais adiante". O empregado da gasolineira avisa: "Se não me disser para onde quer ir, não o posso ajudar". O espanhol pretendia, como turista, descobrir a região, sem rumo certo. "Já passou dois pórticos sem pagar", disse o empregado, passando ao lado, para atender novo cliente. Por fim, o visitante admite querer conhecer também Albufeira. "Isto é confuso, muito confuso - o normal seria passar, e no fim pagar", protesta. O empregado, sorrindo, observa: "Isto é todo o dia assim ..."

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 30.03.12

Porto escolhido como 'Melhor Destino Europeu' 2012

Porto foi eleito 'Melhor destino Europeu' numa competição online onde participaram outras 19 cidades europeias, entre as quais Lisboa, oitava classificada

 

A cidade do Porto foi, hoje, distinguida pela European Consumers Choice como o 'Melhor Destino Europeu 2012', após três semanas de concurso online que contou com a participação de mais de 212 mil votantes.

 

A Invicta foi escolhida entre outras 19 cidades europeias, seguida como melhores destinos para férias por Dubrovnik, Viena, Praga, Bruxelas, Berlim, Budapeste, Lisboa, Florença e Edimburgo.

 

"Com a variedade de recursos disponíveis, o Porto conquista todos os seus visitantes, desde os que o procuram pela história e autenticidade àqueles que o buscam para explorar uma nova cidade, mais cosmopolita e contemporãnea", diz o site da organização.

 

O Vinho do Porto, o centro histórico Património Mundial, museus, lojas de moda de designers nacionais e internacionais são outras das atrações da melhor 'city-trip' do ano a nível europeu.

Procura do Porto sobe dois dígitos

Para o vice-presidente e vereador do Turismo da Câmara do Porto, Vladimiro Feliz, este prémio vem aumentar a responsabilidade da cidade enquanto destino turístico, ao mesmo tempo que "reforça o seu posicionamento como elemto âncora na promoção do país e da região".

 

Segundo Vladimiro Feliz, em 2011 a procura de informação nos postos de turismo municipais cresceu 19%, o número de passageiros no Aeroporto Fancisco Sá Carneiro aumentou 13,4%, "valores que foram acompanhados por um crescimento também de dois dígitos no número de hóspedes e dormidas no Porto".

 

Via Expresso



publicado por olhar para o mundo às 17:33 | link do post | comentar

Sexta-feira, 09.03.12

As 70 praias candidatas às 7 Maravilhas de Portugal

Já são conhecidas as 70 pré-finalistas na eleição das 7 Maravilhas - Praias de Portugal. Sem surpresas, Algarve lidera. Entretanto, foram substituídas três prais de rios.

 

Alguns dias após divulgar as 70 pré-finalistas, a organização "rectificou" a lista de praias nomeadas, substituindo três praias de rio, retiradas por "incumprimento dos critérios", "através do seu Conselho Científico". Saíram Fraga da Pena, Cascata de Cabreia e Rio Homem, substituídas pelas "candidatas imediatamente a seguir mais votadas pelo painel de 70 especialistas: as praias de Ferragudo, de Avô e Fragas de S. Simão. A razão: para serem nomeadas, as praias têm que estar classificadas como balneares e as três retiradas "não constam nas propostas do Inag (Instituto da Água) para zonas balneares em 2012".

 

A região algarvia soma agora 14 praias candidatas a maravilhas. Seguem-se a região de Lisboa e Setúbal com 11 praias, Alentejo com 9, Estremadura e Ribatejo também com 9, Beira Litoral com 7, Açores com 6, Beira Interior com 5 praias, Entre o Douro e Minho, Madeira e Trás-os-Montes e Alto Douro com 3 praias pré-finalistas cada. 

 

A apresentação das praias seleccionadas à próxima eleição 7 Maravilhas de Portugal, desta feita dedicada aos areais lusos, decorreu segunda-feira no Hotel Vila Galé Ópera, em Lisboa. Segundo a organização, “para chegar a esta lista das 10 melhores praias por cada uma das 7 categorias, as 294 nomeadas foram votadas por um painel de 70 especialistas indicado pelo Conselho Científico do projecto”. Este conselho engloba sete entidades: Marinha Portuguesa, Agência Portuguesa do Ambiente, Associação Bandeira Azul da Europa, GEOTA, Liga para a Protecção da Natureza, Quercus e SOS – Salvem o Surf. 

 

“Estas 70 praias representam o que o país tem de melhor, de norte a sul, do litoral ao interior, e que cabe agora a todos divulgar para preservar”, afirmou Luís Segadães, presidente das 7 Maravilhas.

 

Na próxima fase, um painel de 21 personalidades vai seleccionar as 21 finalistas que irão a votação pública. A representatividade geográfica, segundo comunicado da organização, “é assegurada através da presença no mínimo de um finalista de cada uma das dez regiões do país e todo o processo de selecção e votação é auditado pela PricewaterhouseCoopers & Associados". 

 

As 21 praias finalistas poderão ser votadas pelo público entre 7 de Maio e 7 de Setembro e as vencedoras serão reveladas a 8 de Setembro, em directo na RTP, a partir de Tróia.


As 70 pré-finalistas


1. PRAIAS DE RIOS
Praia de Ferragudo - Lagoa - Algarve
Pego Fundo - Alcoutim - Algarve
Penedo Furado - Vila de Rei - Beira Interior
Praia das Furnas de Vila Nova de Milfontes - Odemira - Alentejo
Praia Fluvial da Relva da Reboleira - Manteigas - Beira Interior
Praia Fluvial de Côja - Arganil - Beira Litoral
Praia Fluvial de Loriga - Seia - Beira Interior
Praia Fluvial de Avô - Oliveira do Hospital - Beira Litoral 
Praia Fluvial de Fragas de S. Simão - Figueiró dos Vinhos - Beira Litoral
Quinta do Alamal - Gavião - Alentejo

(Esta lista foi actualizada: saíram Fraga da Pena, Cascata de Cabreia e Rio Homem, entraram Ferragudo, Avô e Fragas de S. Simão).


2. PRAIAS DE ALBUFEIRAS E LAGOAS
Albufeira do Ermal - Vieira do Minho - Entre Douro e Minho
Praia de Foz do Arelho - Lagoa, Caldas da Rainha - Estremadura e Ribatejo
Praia da Castanheira - Lago Azul - Ferreira do Zêzere - Estremadura e Ribatejo
Fraga da Pegada - Albefeira do Azibo - Macedo de Cavaleiros - Trás-os-Montes e Alto Douro
Praia Fluvial da Albufeira do Azibo - Macedo de Cavaleiros - Trás-os-Montes e Alto Douro
Praia Fluvial de Aldeia do Mato - Abrantes - Estremadura e Ribatejo
Praia Fluvial de Piódão - Arganil - Beira Litoral
Praia Fluvial de Valhelhas - Guarda - Beira Interior
Vale do Rossim - Gouveia - Beira Interior
Albufeira da Tapada Grande - São Domingos - Mértola - Alentejo


3. PRAIAS URBANAS
Baleal - Peniche - Estremadura e Ribatejo
Praia da Caloura - Lagoa - São Miguel - Açores
Praia da Costa Nova - Ílhavo - Beira Litoral
Praia da Figueirinha - Setúbal - Lisboa e Setúbal
Praia da Nazaré - Nazaré - Estremadura e Ribatejo
Praia da Rocha - Portimão - Algarve
Praia da Zambujeira do Mar - Odemira - Alentejo
Praia das Maçãs - Sintra - Lisboa e Setúbal
Praia de Porto Pim - Horta - Faial - Açores
Praia de Troia-Mar - Grândola - Lisboa e Setúbal


4. PRAIAS DE ARRIBAS
Berlenga - Peniche - Estremadura e Ribatejo
Porto Moniz - Porto Moniz - Madeira
Praia da Adraga - Sintra - Lisboa e Setúbal
Praia da Arrifana - Aljezur - Algarve
Praia da Marinha - Lagoa - Algarve
Praia de Almograve - Odemira - Alentejo 
Praia de Galapinhos - Lisboa e Setúbal
Praia de Odeceixe - Aljezur - Algarve
Praia do Meco - Sesimbra - Lisboa e Setúbal
Zona Balnear dos Biscoitos - Praia da Vitória -Terceira - Açores


5. PRAIAS DE DUNAS
Ilha do Pessegueiro - Sines - Alentejo 
Praia da Amoreira - Aljezur - Algarve
Praia da Bordeira - Aljezur - Algarve
Praia da Comporta - Grândola - Alentejo 
Praia da Ilha de Tavira - Tavira - Algarve
Praia de São Jacinto - Aveiro - Beira Litoral
Praia do Carvalhal - Grândola - Alentejo
Praia do Guincho - Cascais - Lisboa e Setúbal
Praia do Osso da Baleia - Pombal - Estremadura e Ribatejo
Praia do Porto Santo - Porto Santo - Madeira


6. PRAIAS SELVAGENS
Almagreira - Peniche - Estremadura e Ribatejo
Canto Marinho - Entre Douro e Minho
Fisgas de Ermelo - Mondim de Basto - Trás-os-Montes e Alto Douro
Ilhéu de Vila Franca do Campo - Vila franca do Campo - São Miguel - Açores
Lagoa do Fogo - Ribeira Grande - São Miguel - Açores
Praia Cacela/ Fábrica - Vila Real de Santo António - Algarve
Praia da Estaquinha - Lagoa - Algarve
Praia da Fajã do Cabo Girão - Ribeira Brava - Madeira
Praia da Ursa - Sintra - Lisboa e Setúbal
Praia do Ribeiro do Cavalo - Sesimbra - Lisboa e Setúbal


7. PRAIAS DE USO DESPORTIVO
Praia da Arrifana - Aljezur - Algarve
Praia da Cordoama - Vila do Bispo - Algarve
Praia de Ribeira d'Ilhas - Mafra - Lisboa e Setúbal
Praia de Santa Bárbara - Ribeira Grande - São Miguel - Açores
Praia do Amado - Aljezur - Algarve
Praia do Cabedelo - Figueira da Foz - Beira Litoral
Praia do Cabedelo - Viana do Castelo - Entre Douro e Minho
Praia do Guincho - Cascais - Lisboa e Setúbal
Praia Grande - Sintra - Lisboa e Setúbal
Supertubos - Peniche - Estremadura e Ribatejo

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 12:49 | link do post | comentar

Domingo, 20.11.11
Pasteis de nata

Já con­tei aqui algu­mas coi­sas a pro­pó­sito da cam­pa­nha Prove Por­tu­gal que o Turismo está a fazer, com o apoio da Aca­de­mia Por­tu­guesa de Gas­tro­no­mia, pre­si­dida por José Bento dos San­tos. A ideia (explico tudo num texto que sai no pró­ximo Fugas, no sábado) é pro­mo­ver no estran­geiro cinco “ícones” da gas­tro­no­mia naci­o­nal: o peixe, a cata­plana, o pas­tel de nata, o vinho do Porto, e os che­fes por­tu­gue­ses. Numa entre­vista que fiz a Bento dos San­tos ele explica as razões por detrás de cada uma des­tas esco­lhas e defende que uma cam­pa­nha só é efi­caz se nos con­cen­trar­mos em pou­cas ideias — a dis­per­são é ini­miga da eficácia.

 

O pas­tel de nata, por exem­plo, é uma esco­lha que Bento dos San­tos sabe que é polé­mica por­que deixa de fora toda a doça­ria con­ven­tual por­tu­guesa. Mas argu­menta que esta é um pouco pesada (mui­tos ovos, muito acú­çar) e que o pas­tel de nata é já reco­nhe­cido em todo o mundo como algo pro­fun­da­mente por­tu­guês. Dias depois, a pro­pó­sito de outro assunto, tive uma con­versa com Ana Soeiro (res­pon­sá­vel da Qua­li­fica, de quem já falei aqui), e a pers­pec­tiva dela é dia­men­tral­mente oposta. O pas­tel de nata é uma coisa que pode ser feita (e já é) em mui­tos sítios do mundo, pode facil­mente ser imi­tada e, como não é um pro­duto cer­ti­fi­cado, pode ser adul­te­rado, feito com um recheio dife­rente, acres­cen­tado com cho­co­late ou qual­quer outra coisa do género. Ou seja, não é pre­ciso vir a Por­tu­gal para comer um ver­da­deiro pas­tel de nata.

 

O que devía­mos pro­mo­ver, defende Ana Soeiro, são os pro­du­tos que estão pro­fun­da­mente liga­dos a Por­tu­gal, às regiões, aos sabe­res locais, e que, de pre­fe­rên­cia, sejam fei­tos com pro­du­tos naci­o­nais. Assim, a pro­mo­ção de um pro­duto arrasta outros. E con­si­dera que a dis­per­são não é um pro­blema. Por isso, sim, doça­ria con­ven­tual, o mais pos­sí­vel — e, garante, os estran­gei­ros não fogem dos ovos e do açú­car a sete pés, desde que não lhes sejam ser­vi­dos em doses gigantescas.

 

E pronto, ficam aqui duas pers­pec­ti­vas opos­tas de como se deve pro­mo­ver a gas­tro­no­mia por­tu­guesa (o pas­tel de nata é só um exem­plo, a Ana Soeiro dis­corda de várias outras coi­sas, mas tal­vez isso fique para outro post).

 

Via Mais Olhos que barriga



publicado por olhar para o mundo às 10:47 | link do post | comentar

Quinta-feira, 01.09.11
<p>Lisboa foi reconhecida como o "melhor destino de curta duração" da Europa em 2009 e 2010</p>

Lisboa foi reconhecida como o "melhor destino de curta duração" da Europa em 2009 e 2010

 (Hélder Olino)

A Cidade de Lisboa a Transportadora Aérea Portuguesa (TAP), e vários hotéis de luxo nacionais estão nomeados para os World Travel Awards 2011, conhecidos também como os “Óscares do Turismo”. Amanhã serão conhecidos os vencedores europeus.

 

Os World Travel Awards realizam-se uma vez por ano e destinam-se a “reconhecer, premiar e celebrar a excelência em todos os sectores da indústria do turismo” à escala global, explica a organização no site do evento, onde divulgou a lista dos candidatos.

No ano da 18ª edição do evento, Portugal conta com 28 representantes, nomeados para 21 categorias europeias.

Lisboa está nomeada para a categoria de “melhor destino de curta duração" da Europa, prémio que arrecadou nas duas últimas edições. A capital portuguesa está ainda seleccionada para a categoria de “melhor destino de cruzeiro” do velho continente, que venceu em 2009. 

O aeroporto de Lisboa pode vir a sagrar-se o “melhor aeroporto da Europa” – categoria em que marca presença pelo terceiro ano consecutivo - caso consiga a façanha de obter mais votos do que a concorrência, onde desfilam candidatos de peso como o aeroporto londrino de Heathrow, ou os aeroportos de Hamburgo ou Munique.

A TAP está nomeada para a categoria de “companhia aérea líder da Europa”, disputando o lugar com 10 congéneres europeias, onde se incluem nomes como a British Airways ou a Turkish Airlines. A companhia lusitana está ainda seleccionada para o segmento de “melhor classe executiva de transporte”.

Portugal concorre ainda nos segmentos de turismo de luxo e destino balnear, com os seguintes representantes nacionais: Da Balaia Club Med (“melhor complexo turístico”); praia da Dona Ana, em Lagos (“melhor destino balnear”); Praia d’El Rey Marriott Golf & Beach Resort (“melhor complexo turístico de praia”). 

Cinco hotéis nacionais estão nomeados para o prémio de “melhor boutique hotel da Europa”: Aquapura Douro Valley, Areias do Seixo Charm Hotel & Residences, Choupana Hills Resort & Spa, Hotel Quinta da Bela Vista e Vila Joya. 

A gala de apuramento dos vencedores europeus decorrerá amanhã (2 de Setembro) em Antália, na Turquia. As votações são realizadas por profissionais do turismo e agentes de viagens localizados em mais de 200 países de todo mundo. 

 

Via Público



publicado por olhar para o mundo às 16:37 | link do post | comentar

Domingo, 03.07.11
Tróia, a 'Vilamoura dos tempos modernos'
O presidente da Turismo do Alentejo apelidou hoje a Península de Tróia como a «Vilamoura dos tempos modernos» no panorama turístico português, destacando a sua «qualidade» e o desenvolvimento que vai criar na região.

«É a Vilamoura dos tempos modernos no panorama turístico português e não tenho dúvidas de que será uma grande aposta de qualidade», disse António Ceia da Silva, em entrevista à agência Lusa.

 

Para o responsável, a Península de Tróia «irá trazer atrás de si desenvolvimento global de todo o território do Alentejo, porque toda a região (distritos de Portalegre, Évora e Beja) irá beneficiar pelo facto de poderem vir turistas atraídos pela qualidade das praias do Alentejo», sublinhou.

O presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo considera que o litoral alentejano tem, actualmente, na Península de Tróia, um «destino turístico de excelência».

 

«A Península de Tróia tem hoje uma qualidade fantástica e terá que ser considerada, desta forma, um destino turístico de excelência», declarou.

Considerada por Ceia da Silva como uma das «grandes apostas para este verão» por parte da entidade que tutela, a Península de Tróia tem ainda outras valências para serem exploradas, uma vez que a região «não se esgota no mar».

 

«A Península de Tróia tem uma qualidade de oferta muito considerável, tem uma beleza paisagística enorme, não se esgota no mar», afirmou.

Para sustentar estas afirmações, o presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo sublinhou que a Península de Tróia possui ainda «ruínas romanas, campo de golfe, uma potencialidade enorme para desportos náuticos e observação de golfinhos».

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 10:28 | link do post | comentar

Quinta-feira, 28.04.11

Portugal é o melhor destino turístico para o World Travel Guide

 

Portugal é o melhor destino turístico do momento para o site World Travel Guide.

 

O país é descrito como “um dos diamantes em bruto da Europa”, combinando “cidades vibrantes” com “aldeias tradicionais e tesouros históricos espalhados pela paisagem”, além de um vasto conjunto de locais que são Património da Humanidade, refere a página.

 

Além de Lisboa e do Porto, o World Travel Guide destaca as cidades de Évora, Coimbra, Guimarães e Braga como pontos a visitar em Portugal.


Croácia, Canadá, Austrália e Florida são os outros dos destinos que integram a lista dos cinco melhores destinos.

 

Via Ionline



publicado por olhar para o mundo às 08:03 | link do post | comentar

Quinta-feira, 07.04.11
Campanha acabou com mito de que férias nos Açores são caras
 
A campanha turística VisitAzores com voo incluído , que gerou 3.470 dormidas na época baixa, atingiu o objectivo de desmistificar o custo das férias nos Açores, afirmou hoje Sandro Paim, presidente da Câmara de Comércio e Indústria dos Açores.
 

«A campanha permitiu desmistificar no mercado nacional a questão do elevado custo das férias nos Açores, tendo também permitido aumentar o fluxo de reservas através da Internet», frisou Sandro Paim, num balanço desta campanha, que decorreu entre 15 de Outubro e 31 de Março.

 

Os dados hoje divulgados indicam que, entre as 3.470 dormidas que gerou no arquipélago, «99 por cento foram compradas através da Internet», o que representa um enorme aumento num mercado onde as reservas online representam apenas cinco por cento do total.

Para Sandro Paim, esta campanha também permitiu «acabar com a mistificação» de que as férias nos Açores na época baixa só podiam durar um fim de semana, tendo a sua realização levado alguns operadores turísticos a disponibilizar pacotes de cinco e sete noites.

 

«Foi muito positivo», considerou o presidente da Câmara de Comércio e Indústria dos Açores (CCIA), apesar de admitiu que o número de dormidas obtido nesta campanha «ficou aquém» do que se pretendia, que era atingir cinco mil dormidas.

 

Entre os turistas que vieram aos Açores no quadro desta campanha, 79 por cento eram oriundos de Lisboa, 17 por cento do Porto e quatro por cento de Faro.

 

Relativamente aos destinos destes turistas, 81 por cento ficaram em S. Miguel, 12 por cento na Terceira, cinco por cento no Faial, um por cento em S. Jorge e um por cento no Pico.

 

Por outro lado, em S. Miguel e na Terceira, cerca de 90 por cento ficaram alojados em hotéis de cidade, enquanto apenas 10 por cento ficaram em alojamento rural.

 

Pelo contrário, em S. Jorge e no Pico, a quase totalidade dos turistas optou pelos hotéis rurais.

 

Sandro Paim salientou que todos estes dados vão ser analisados por um grupo de trabalho para perceber onde pode esta campanha ser melhorada em próximas edições.

 

O presidente da CCIA admitiu que, na próxima época baixa, poderá ser lançada uma nova campanha deste género, voltando a lançar o desafio aos operadores turísticos para aderirem à iniciativa.

 

A campanha turística VisitAzores com voo incluído incluía viagem aérea e alojamento, disponibilizando pacotes de viagens a partir de 260 euros por pessoa para cinco noites nos Açores.

 

Esta iniciativa da CCIA contou com a participação das transportadoras aéreas TAP e a SATA e pretendeu aumentar o fluxo turístico nos Açores durante a época baixa, altura em que as unidades hoteleiras registam habitualmente taxas de ocupação muito baixas.

 

«Conseguimos atingir os objectivos de aumentar o notoriedade do destino turístico Açores e o fluxo de turistas na época baixa», frisou Sandro Paim.

 

Via Sol



publicado por olhar para o mundo às 17:50 | link do post | comentar

Terça-feira, 01.03.11
Abriu o hotel mais alto do Mundo
 
O hotel mais alto do Mundo já abriu ao público. Localizado no topo do Centro do Comércio Internacional, em Hong Kong, este é 4.º edifício mais alto do Mundo.
 

«É o culminar de muitos anos de trabalho duro e dedicação para oferecer o melhor produto, instalações e serviços nesta grande cidade», disse Hervé Humler, presidente e da The Ritz-Carlton Hotel Company.

 

Humler disse ainda que este novo hotel pretende não ser somente o mais alto do Mundo como também um dos mais luxuosos de sempre.«Estamos a elevar o luxo a outro patamar, em todos os sentidos».

 

Veja a fotogaleria na área multimédia do SOL


O hotel encontra-se localizado frente à baía Victoria e oferece uma prespectiva única da cidade. Assim que os hóspedes chegam ao hotel entram pelo 9.º andar e seguem para o 103.º andar onde podem ver a cidade de uma forma preveligiada.

 

O edifício é composto por 312 quartos e os preços variam entre os 410 euros por noite no Quarto Deluxe (50 metros quadrados) ou 2179 na suite Ritz-Carlton (365 metros quadrados).

 

Para além dos quartos espaçosos, o hotel é composto ainda por seis salas de jantar com a assinatura dos nomes mais reconhecidos no mundo do design.

 

Um salão de baile com 930 metros quadrados, um spa, um centro de fitness, uma piscina interior coberta por um ecrã com 28 metros por 7, um lounge temático, uma pastelaria e um restaurante contemporâneo completam um dos melhores hotéis do Mundo.

 

Via SOL



publicado por olhar para o mundo às 17:00 | link do post | comentar

mais sobre mim
posts recentes

China clona Pequena Aldei...

Automobilistas estrangeir...

Porto escolhido como 'Mel...

As 70 praias candidatas à...

A polémica dos pastéis de...

Lisboa, TAP e hotéis de l...

Tróia, a 'Vilamoura dos t...

Portugal é o melhor desti...

Campanha acabou com mito ...

Abriu o hotel mais alto d...

arquivos

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Dezembro 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

comentários recentes
Ums artigos eróticos são sempre uma boa opção para...
Acho muito bem que escrevam sobre aquilo! Porque e...
Eu sou assim sou casada as 17 anos e nao sei o que...
Visitem o www.roupeiro.ptClassificados gratuitos d...
então é por isso que a Merkel nos anda a fo...; nã...
Soy Mourinhista, Federico Jiménez Losantos, dixit
Parabéns pelo post! Em minha opinião, um dos probl...
........... Isto é porque ainda não fizeram comigo...
Após a classificação de Portugal para as meias-fin...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
links
blogs SAPO
subscrever feeds

Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: